Coloque a sua foto aqui: seja um seguidor do Santa Luzia Online

Archive for Junho 2009

Show

O show mais esperado do ano em Capanema, com a banda Forró do Muído remarcado para a próxima quinta-feira dia 2, parece [escrevi parece] que "babou". A nova data [a primeira era 24 de maio] foi retirada da agenda de eventos do Portal Capanema, e entre os internautas ninguém sabe, ninguém viu e ninguém sabe explicar nada.

Conversei com amigos forrozeiros, daqui e de Capanema. A confusão é geral: uns acham que o show vai acontecer, outros acham que não e a maioria não sabe dizer nada.

Fofocódromo

Segundo fontes fidedígnas do blogger muito bem relacionadas com os comandantes da municipalidade, tem muita gente insatisfeita no chão estrelado petista por que os acordos firmados nos refrigerados gabinetes do Palácio Municipal durante a campanha passada não estão sendo cumpridos.

Por conta disso, alguns dos luas pardas da lesiva administração vermelha, estariam se esquivando do projeto de conduzir o parasita-mor dos recursos municipais [aquele advindo de Mãe do Rio] à Assembleia Legistiva depois de ter sido defenestrado do Palácio da Cabanagem há três legislaturas.

Promessas

Por ocasião da "Conferência Municipal de Educação" realizada ontem em Santa Luzia do Pará, o apedeuta, aquela figura de notórias limitações intelectuais e desprovida de preocupações éticas, afirmou em discurso que um dos seus projetos era pagar os funcionários da educação hoje dia 30, com o adicional de férias [30% do salário base] incluído no contra-cheque e previsão de pagamento de 50% do 13º salário dia 11 de julho.

Vale lembrar sua excelência, que isso não é e nunca foi projeto. É sua obrigação enquanto chefe do executivo municipal, muito mal conduzido diga-se de passagem, e ordenador de despesas do erário. Veremos se o discurso se transforma em prática, já que em junho o funcionalismo só começou a receber no dia 15, mesmo a prefeitura tendo recebido 1 milhão de reais desde o dia 4.

Ana Júlia e suas obras de R$ 1,99

Na coluna Repórter 70, de O LIBERAL edição de hoje:

ALÇA

Vistoria

"Na falta de verba para compromissos oficiais no exterior, o vice-governador Odair Correa botou o pé na estrada para ver a operação tapa-buraco da Secretaria de Transportes na Alça Viária. Não gostou do que viu, nem do que ouviu dos moradores da região. Para ele, que não tem papas na língua, a operação “é do tipo R$ 1,99 e não deve resistir ao próximo inverno”. Quanto à informação de que a empresa responsável pela obra gasta 150 toneladas de asfalto por dia, também não acredita. “Mas quando?”, indaga".

Impunidade

É o que parece que vai acontecer com o assassino do Kley. Até agora o bandido não foi preso e não se tem nenhuma informação de como andam as investigações apesar de muitos afirmarem que ele não saiu da cidade.

Enquanto a família sofre com a perda, o assassino continua livre e impune colocando outras vidas em risco, já que representa um grande perigo para sociedade depois desse ato extremamente violento o que evidencia seu desapreço pela vida humana.

Deputado Adamor Aires inaugura repetidora da TV Liberal - primeiras fotos


No último sábado, dia 27, o deputado Adamor Aires [PR/G], inaugurou a repetidora da TV Liberal, devolvendo aos seus conterrâneos o direito ao acesso à informação de qualidade lhes retirado há mais de três anos pelo governo petista de Ana Júlia.
Foi um grande acontecimento popular com direito à sorteio [através de bingo] de sete aparelhos de TV para a população que agora pode ver as notícias do estado do Pará sem a marca do governo do estado como acontece na TV Cultura.
NOTA: Mais fotos desse evento serão postadas ao longo da semana.

* Fotos gentilmente cedidas por Paulo Monteiro [Paulo C. C.].

Tributo ao amigo Kley

Texto enviado [via email] por Joana D'arc Vieira- Júnia do seu Feliciano

"Bela morena, tu já vem chegando, já estou gostando de te ver assim, o povo na praça está te esperando que é pra mudar essa vida tão ruim"....

Ainda lembro da época em que brincávamos de cemitério nas ruas da pequena vila do Km 47. A rua era lugar de criança brincar. Ali, a vida nos permitia conhecer todos que moravam naquele interior. Menino correndo atrás de pipa, jogos de petecas, arraial, gente que ficava feliz quando chegava o parque para a festividade de Santa Luzia. Carrosséis, espalha-brasa, roda gigante. Brinquedos enferrujados que substituíam a velha barquinha de madeira feita artesanalmente por um senhor morador de lá. Luzes que embelezavam as nossas noites, jogos de pescarias, bozó, bingos e barracas de cachorro-quente que ficavam às margens da BR 316, um luz única.

Nós éramos felizes... mesmo com aqueles brinquedos velhos e enferrujados. Autopistas antigos mas que eram sensação para aquelas crianças acostumadas a brincar de pira na grama da praça, esconde-esconde com olhares brilhantes e pulsação de moleque levado em sábados de missa das crianças. Ninguém dizia que aqueles coroinhas, meninos santos ao redor do padre Otacilho, seriam os mesmos ao redor dos bancos quebrados da velha praça. Obedecíamos ao sino na chamada para a Matriz, íamos à igreja, ao catecismo, mas depois virávamos verdadeiras pestes no corre-corre e escorregões nas únicas ruas asfaltadas com paralelepípedos.

Tempos das festas tradicionais, da dança Luziense e do SALUDOPA. Não éramos crianças com nome, tínhamos, todos, apelidos... Junia Pupunha, Neguinha da Gorete, Tatá da Albertina, Nego e Naldo da padaria, Fia, Santa e Melque do seu Bebé, Cacá da Dôra, Batata do Feliciano, Japonês da padaria, Jeová, Beijinho, Celson, Ednaldo do Manuel Pinto, Hélia, Lisandra, Jorginho, Leley, Nega e baixinha da Gorete, Jorge, Norinha do Neguinho do Côco, Ció do Pitonho, Francisquinha do seu Pedrinho, Cris, Charles do Manelão, Elon, Soaraya, Leck, Régia, Reinaldo e tantos outros que fizeram histórias na Florentina Damaiceno. Época da famosa e tão esperada Festa das Flores, época em que a piscina "bombava" aos domingos. Época em que os bingos de moto eram o acontecimento do ano, dos agitos, do house, do João Borracheiro, danceteria do Alonso. Época de gente feliz e inocente. Época em que morte só mesmo por acidente, velhice ou doença.

Lá no nosso interior, a gente pouco ouvia falar em tiro, assalto, sequestro... Criança andava de calcinha pelas calçadas e não era estuprada, eu nem sabia o que era pedofilia. Padre era respeitado, almoçava na casa da gente e a família ficava toda orgulhosa. Professor era autoridade, a gente não levantava a voz nem por reza, nota vermelha era motivo de surra, castigo e vergonha. Boletim rendia dinheiro, passar de ano rendia presente. A gente usava uniforme da escola pública e estufava o peito, cantava hino antes de entrar em sala com a mão no peito, desfilava no sete de setembro, arrasava em festa junina na quadra da escola e fazia a primeira comunhão.

Adorávamos o arraial, íamos para o leilão, morríamos de medo do seu Antonio Mineiro da fazenda Boa Esperança e nos pelávamos de pavor do Ozório, o fazendeiro era temido pelas bandas de lá. No 47, nossa mãe ensinava a respeitar os mais velhos, em tempo de Semana Santa, pedíamos a benção de joelhos. Na quaresma íamos para as Santas Missões e a cidade ficava sem festa durante os quarenta dias, apanhávamos milho, fazíamos pamonha, assistíamos teatro no Salão Paroquial. Época das grandes professoras: Nadir, Benezinha, Dide, Graças Souza e Araujo, Vanda, Socorro e Nazaré Farias. Época em que comprávamos pano pra fazer roupa, dona Adalgiza, costureira de primeira mão, ela e sua máquina Singer de pedal davam vida à roupa que a gente escolhia no catálogo velho e amassado, modelos copiados que viravam moda nas festas dos grandes temas: Preto e Branco, Preto e Vermelho, Sex Appeal, Flores, Debutantes, Dos Namorados, Festival do Chopp.

Época em que a gente era feliz e não sabia. Hoje, a vila virou Cidade, prefeitos como Raul Motta e Juraci deram espaço a grandes desavenças políticas. Política na cidade agora é coisa séria, da até morte, separa famílias, divide irmãos. Emprego é motivo de chantagem, ameaça e o povo chegou ao poder... Só não se sabe se realmente é ele quem manda lá. A cidade mudou, as ruas de piçarra deram espaço ao asfalto, ladeiras onde nós descíamos de braços soltos nas monaretas e calóis já nem existem mais, a máquina tirou tudo pra tornar o superfície homogênea, famílias inteiras partiram pra outras cidades em busca de sobrevivência, criou-se e o bairro novo, meu interior agora tem até invasão, gangues... A violência é gritante, o rio Curí foi engolido pela poluição, peixe agora só em açudes... Crianças sem mães, filhos sem escola, gente sem emprego, igreja vazia, feira aos sábados, festas de aparelhagens, maconha, injustiça, roubos, assaltos, seqüestros e assassinatos.

Soube hoje que o Kley morreu. Estou paralisada diante da tela do computador, falei com a Neguinha que chorava desesperada do outro lado ao telefone... Perguntei pela Gorete, sua mãe, mulher sofrida, tantos problemas, criou os filhos sem a ajuda do pai, muitos conflitos entre os irmãos. Senhora de luta, desde criança eu já olhava pra ela com um olhar diferente, pensei naquela época que era pena, hoje sei que era orgulho. Convivi muito na sua casa, fomos vizinhas, amigas.

Hoje soube que seu único filho morreu: degolado, cortaram-lhe o pescoço, o braço, tiraram-lhe os pulsos, a vida, a juventude... Estou triste, por ele e por todos os outros amigos ou moradores que perderam a vida assim, no auge de tudo, com filhos pequenos, deixando outros jovens viúvos... Sinto dor, mas a dor maior, é saber que ele não será o único e nem o último. Sinto dor pela morte da infância das crianças que ainda vivem por lá, elas terão sua ingenuidade roubada com a mesma crueldade das grandes cidades...

Não viverão o que nós, eu e ele vivemos. Porque santa Luzia agora é cidade habitada por gente que não suporta uma discussão e que se acha no direito de matar e entristecer toda uma família e uma cidade. Meu luto é pela perda da paz na minha cidade, quem tem nome de santa, mas vive dias de cão com tanta injustiça e impunidade.

Cidade pequena, mas convive tão cedo com tamanha crueldade e brutalidade. Estive lá no carnaval, vi, bebi e dancei com o Kley. Conheci seu filhinho, sua esposa - tão jovem e já traumatizada. Ficarão boas lembranças, bons momentos, dele e dessa cidade que já não é mais a mesma faz tempo. Pensa-se muito em política e pouco em sociedade, dignidade, saúde e principalmente em educação.

Vá com Deus, amigo! Olhe por nós... Jesus proteja e acalante a tua mãe. Que o teu filho possa gozar da velhice que tu não conheceste e que o senhor nos abençoe...

Amém.

Joana Vieira – Júnia do Feliciano aos que estão aí.

N. E.: Quer enviar sua psotagem para o blog? Enviar para o email: jreinaldosl@gmail.com

À todo vapor

Amigo do poster conta que Salinas está um verdadeiro canteiro-de-obras com máquinas pesadas, caçambas e muitos homens nas ruas tapando buracos, recolhendo lixo e fazendo o que mais for necessário para dá um upgrade no visual da cidade que abriga nossa mais badalada faixa de areia atlântica.
Muitos dos vips luzienses já estão se preparando para passar uma temporada sob o sol de Salinas durante as férias de julho que está batendo à porta.
À partir do próximo final de semana, a praia do Atalaia será o destino de 10 entre 10 luzienses que pretendem curtir as benesses do sal.

Bandido é ferido em confronto com a polícia

Chega ao blogger, a informação de que o marginal "Gleicinho" [filho do Gasolina] está gravemente ferido após troca de tiros com a polícia ontem à noite. Segundo informações, Gleicinho teria resistido à ordem de prisão na comunidade do Km 51 entrando em confronto com os policiais que tentaram prendê-lo.

Transferido para Belém, depois de não ser aceito nos hospitais de Capanema por se tratar de um caso grave, o bandido estaria correndo risco de morte, segundo fontes do blog.

Twittando

O que eles escreveram no Twitter, por aí:

* "O PSDB completa hj 21 anos de vida. No Pará, também foram presidentes Ronaldo Barata, Fernando Cavalcante, Paulo Elcídio e Cézar Colares".

Senador Flexa Ribeiro: www.twitter.com/flexaribeiro.

* "Jatene leva vantagem em Santarém sobre Mário Couto. PSDB e Democratas estão mais afinados com ex-governador. O senador não visita as bases".

Blog do Estado: www.twitter.com/blogdoestado.

Assassinato na danceteria Beleza Pura

Hoje, um domingo que tinha tudo para ser como tantos outros [depois de um dia inteiro sem internet] estou de volta ao blog com um postagem que sinceramente não gostaria escrever, por se tratar de uma tragédia e ainda por envolver um amigo de longa data, ex aluno e parceiro de balada.

Ontem eu, Mitinho, Bereka, Renan, Ahrnon e companhia passamos a tarde no bar-lounge Ponto Com Mix tomando uma cerveginha gelada e jogando conversa fora. Pelo meio da tarde nosso amigo "Kley da Gorete", que chegara de um jogo de futebol na comunidade do Peritoró, passou a integrar a turma onde permanecemos até às 22 hs quando, todos, fomos para a festa no Beleza Pura que, segundo informações, foi encerrada às 4 hs, permanecendo no ambiente os amigos de sempre: Faguinho, Nenem do Côco, Nara, Franceline e o Kley com a esposa.

Foi exatamente nesse momento que um desafeto do Kley, Dj Gil, proprietário do stúdio de gravações "G Mix" invadiu a danceteria com um terçado em punho e atacou Kley, que no primeiro golpe teve um dos braços decepado pela violenta "terçadada". Ainda segundo testemunhas, Kley correu mas foi logo alcançado, recebendo um golpe mortal no pescoço e parte do rosto.

Agora o corpo do nosso amigo está sendo velado em sua residência com a presença dos familiares e a legião de amigos que conquistou durante sua breve passagem pelo mundo dos mortais. Foi-se mais uma vida nessa onda de violência que tomou conta da, outrora, pacata Santa Luzia. E o que é pior, por motivos banais que não justificam tamanha brutalidade.

Adesão

Um ex lua preta do PT, já desfiliado do partido por insatisfação com a malsinada administração, terá encontro hoje com o deputado Adamor para aderir à sua candidatura para a ALEPA em 2010.

O nacional foi defenestrado da administração petista após lutar arduamente pela reeleição do apedeuta, aquela figura de poucas qualidades intelectuais e notório desapreço pelo decoro, como candidato à vereador, embora não eleito, mas com desempenho eleitoral expressivo credenciando-o como pedra indispensável no tabuleiro político do município.

Adiada a eleição para o Conselho Tutelar

Fonte do blog entrou em contato para comunicar o adiamento, por tempo indeterminado, da eleição para o Conselho Tutelar por denúncias contra a comissão eleitoral responsável pelo pleito que seria realizado amanhã, 28.

A denúncia feita ao Ministério Público da Comarca de Santa Luzia, levanta suspeitas sobre a lisura do processo conduzido pela presidente da comissão eleitoral indicada pela administração municipal que segundo o denunciante, estaria havendo favorecimento de alguns candidatos ligados à sigla partidária [leia-se PT] que comanda a prefeitura com a instalação de urnas não especificadas no edital da eleição em redutos eleitorais do partido.

Baladas

A noite de hoje na Cidade Morena promete ser uma das mais movimentadas dos últimos tempos. Opção para quem quiser cair na gandaia é o que não falta.

A noitada para todo baladeiro que se preze em Santa Luzia City, começa na lanchonete Macaxeira's ou no bar-lounge Ponto Com Mix para dá aquela "esquentadinha nas turbinas" antes se esbaldar em uma das opções.

* Na danceteria Beleza Pura Dance Club acontece mais uma Cervejada com Dj Judson no comando do seu Mega Arrebentão e cerveja a R$ 0,99 a noite toda.

* Na Arena de Rodeio da dona Geneuza vai rolar o "Forró do Mela Pinto" sob organização do Dj Jean com a cobertura do Rubi - a máquina do som e cerveja custando o módico preço de R$ 0,99.

O "Fora Sarney" está mobilizando o país

O "Fora Sarney" que está bombando na net, com Twitter e blog, fez seu primeiro ato hoje em São Luiz onde os conterrâneos do presidente do Senado Federal foram às ruas, de cara pintada "à la Collor" e tudo, pedir a renúncia do seu cargo conquistado por terras amapaenses . O movimento está crescendo vertiginosamente e já tem vários atos semelhantes programados para grandes cidades do país, com o apoio dos apresentadores do CQC [programa semanal da Band] Rafinha Bastos e Marcelo Tas em seus respectivos twitters.

O twitter de Marcelo Tas convida para uma grande parada nas principais capitais e cidades brasileiras quarta-feira, dia 1º de julho: Campo Grande [MS], Porto Alegre [RS], São Paulo [SP], Brasília [DF], Recife [PE] e Campinas [SP], por enquanto. No convite, o apresentador pede a quem comparecer que leve apitos, buzinas e afins para fazerem muito barulho em frente ao Congresso Nacional.

Segundo informações, o "Fora Sarney", ultrapassou o assunto do dia, "Michael Jackson", hoje no microblog Twitter que chegou a congestionar.

Fora Sarney

Inconformados com os escândalos envolvendo o presidente do Senado Federal, o ex presidente da República e senador José Sarney [PMDB/AP], maranhense que usa o estado do Amapá para conseguir seus mandatos, os ludovisences vão às ruas hoje, de cara pintada e tudo, pedir a renúncia de Sarney que tanto os envergonha com sua política voltada unicamente para os interesses da família.

Os amapaenses também estão se movimentando para reforçar o grito "Fora Sarney", já defendido abertamente por muitos dos seus pares no senado e difundido largamente pelos meios de comunicação virtual, tais como sites de relacionamento, blogs e a febre do momento, Twitter, que possui uma página capitaneada pelo apresentador do CQC da Band, Rafinha Bastos com o título "Fora Sarney": www.twitter.com/forasarney. Existe também uma página na web, com o título "Fora Sarney" - www.forasarney.com - com artigos e fóruns para discussão sobre o assunto.

Eleição

Durante essa semana, só o que se ver nas ruas é candidato ao Conselho Tutelar pedindo votos. Também pudera, a concorrência é imensa com 27 candidatos para apenas 5 vagas. Muitos montaram uma verdadeira estrutura "eleitoral" com padrinho político, percorreram comunidades e espalharam centenas de cartazes e panfletos com suas propagandas pela cidade.

Como em toda eleição, existem candidatos substancialmente forte com chances reais de se eleger e outros fraquinhos sem a menor possibilidade de ocupar uma das vagas através do voto, mas convicto da vitória.

A eleição será domingo das 8 às 17 hs.

Calouro especial

É com grande honra que parabenizo mais um calouro de Santa Luzia City. Trata-se do meu amigo vereador presidente da Câmara Municipal de Santa Luzia do Pará, Tião Oliveira [PR/G] aprovado no curso de Gestão Empresarial da UNAMA [Universidade da Amazônia] esta semana.

Inscrição: 11651
Nome: Sebastião Leopoldino de Oliveira Neto
Pontuação: 137,00
Endereço: BR. 316, KM 49 - Fazenda Vitória, S/N
Bairro:Initerior

Confira na página da Unama aqui.

Parabéns pela conquista, vereador Tião Oliveira.

Correria

Todas as escolas, estadual e municipais, de Santa Luzia estão em ritmo acelerado com as avaliações, por que o primeiro semestre letivo de 2009 encerra-se esta semana.

O sufoco está tão grande nessa reta final que nem o dia de São João, comemorado hoje e tradicionalmente feriado, foi dispensado e as escolas funcionaram normalmente para dá condições aos professores de encerrarem suas atividades sem atropelos.

Giovanni Queiroz X Minc - mais uma vez

A relação entre o deputado federal Giovanni Queiroz [PDT] e o ministro do meio ambiente, Carlos Minc, nunca foi das melhores e azedou de vez, quando o ministro dos exóticos coletes coloridos chamou os fazendeiros de "vigaristas" durante uma manifestação da CONTAG [Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura], indignando a bancada ruralista, da qual o deputado paraense faz parte.

Diante da declaração de Minc, a CNA [Confederação Nacional da Agricultura] e a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, da Câmara declararam guerra ao ministro e passaram a pedir sua cabeça, iniciando seu processo de "fritura" junto ao governo.

Durante sessão na Câmara hoje pela manhã, Giovanni Queiroz disse que o Ministro Carlos Minc envergonha o país. E foi além ao afirmar:

- Um cidadão que diz o que não pensa não deveria ser ministro. O mais correto seria ele sair dali e pedir demissão do seu cargo.

Pobre São João

Segundo uma fonte, daquelas que frequentam a igreja diariamente, a procissão de São João, que já foi uma das maiores da cidade, hoje pela manhã não reuniu mais que 50 pessoas num curto trajeto próximo à Igreja Matriz.

É triste ver mais uma das nossas tradições sucumbir ao descaso da população que em dias de hoje não prima pela religião como nossos pais. O arraial de São João, que deixou de existir há muito tempo, já foi uma das maiores manifestações religiosa e cultural dos luzienses, mas não resistiu ao tempo e agora faz parte do imaginário popular.

Viva São João

Hoje todas as atenções são para um dos santos mais festejados pelos católicos, São João, que, inclusive, é comemorado pela nossa paróquia há muitos anos e já foi motivo de grandes festas [os velhos arraiais] nas décadas de 70 e 80.

Praticamente esquecido, o dia de São João passou quase despercebido pelos luzienses que este ano, pela primeira vez, nem feriado foi e uma pequena procissão que ainda insiste em nos lembrar de um dos nossos padroeiros saiu timidamente pelas ruas hoje de manhã.

Ainda Salinas

Vi no Jornal Liberal 1ª edição, agora a pouco, uma reportagem informando que o prefeito de Salinópolis, Dr. Vágner [PT], iniciou a operação tapa buracos nas ruas e na via que leva à sede do município à partir do Trevo do Atalaia que está intrafegável. A ação inclui ainda a limpeza e pintura de algumas vias visando o melhoramento das mesma para o período de veraneio que se aproxima.

Casamento

A mesa mais animada na festa de casamento do senador tucano Mário Couto na última quinta feira, era sem dúvidas a ocupada pelos federais Vic Pires Franco [DEM] e Zenaldo Coutinho [PSDB], pelos estaduais Adamor Aires [PR], João Salame [PPS] e Márcio Miranda [DEM] e pelo convidado mais solicitado da noite, o ex governador Simão Jatene que chegou acompanhado por um grupo de tucanos de alta plumagem.

O assunto mais discutido nas rodas de bate papo foi a sucessão estadual, e Jatene não escondia a decisão de sair candidato.

Vic.com

Deputado federal Vic Pires Franco [DEM], twittando - www.twitter.com/blogdovic

01- O vice dos sonhos do PSDB é a deputada Elcione. O deputado Wandencolck Gonçalves, assim ó com Jatene, só a chama de minha vice. E ela, adora!

02- Pelo jeito, a chapa do PSDB já esta pronta. Jatene para o governo, Elcione, vice e Jader para o senado. Só falta arrumar um lugar pro Helder.

Nas paradas de sucesso

Alguém por acaso ainda lembra da música "Pingos de amor" do Paulo Diniz que fez muito sucesso nos anos 70 na época de ouro do rádio? Mesmo sendo muito criança na época, lembro-me muito bem e com certeza os da minha e os das gerações anteriores também lembram-se.

Ela começa exatamente assim:

"A vida passa, telefono e você já não me atende mais
Será que já não temos tempo nem coragem de dialogar?"

Pois bem, dizem por aí que esse é o hit que embala a aliança do PT com PMDB no Pará. Há muito que Jáder não atende mais nenhum telefonema do governo e não dá ouvidos aos apelos para discutirem a relação, ops! A "aliança".

Pobre Salinas

O poster abaixo foi extraído do blog Espaço Aberto.

Falta um “trato de delicadeza” em Salinas

O fotógrafo Luiz Braga, que está em São Paulo na expectativa de sua nova exposição, a primeira dele na Galeria Leme, mandou email para o blog.

O assunto: Salinas e a buraqueira, Salinas e a lama, Salinas e o abandono. Vejam a foto acima, que o Luiz mandou.

Soube que o ex-prefeito Di Gomes [PMDB], derrotado nas últimas eleições que em toda a sua gestão não pagou o INSS e ao saber que fora derrotado, fez um acordo para o pagamento da dívida. Com isso uma grande parte dos repasses vai direto para quitação da dívida.

Isso, somado à inadimplência histórica de IPTU das mansões, deixa a cidade bizarra: centenas de palácios cercados de lama. Lembra daquela coisa da Belíndia [Bélgica + Índia]? O retrato exato de uma grande parte da elite atual. Cada qual no seu 4x4, muitos já blindados, geleira lotada de cerveja, jet-sky na caçamba e dane-se o resto por que o verão é para ser curtido
”. Diz Luiz Braga.

A estrada da cidade, segundo ele, está muito boa até o trevo do Atalaia. “Uma pena pensar que um projeto urbanístico poderia deixar Salinas à altura da localização privilegiada que tem. Até foi feito um esboço na orla do Maçarico. Mas ficou só lá. No Porto Grande, também foi feito um trabalho decente. Não estou falando de criar belas marinas para atrair iates do mundo inteiro, megaobras. Apenas dar um trato de delicadeza num lugar tão abandonado”, sugere Luiz.

Atos secretos - relação dos beneficiados

Pelo menos até agora nenhum senador paraense está entre os envolvidos no escândalo dos atos secretos. Ao todo, entre beneficiados e cúmplices, são 37.

Veja a lista:

01- Adelmir Santana [DEM-DF]
02- Antonio Carlos Júnior [DEM-BA]
03- Augusto Botelho [PT-RR]
04- Cristovam Buarque [PDT-DF]
05- Delcídio Amaral [PT-MS]
06- Demóstenes Torres [DEM-GO]
07- Edison Lobão [PMDB-MA] licenciado - Ministério das Minas e Energia
08- Efraim Moraes [DEM-PB]
09- Epitácio Cafeteira [PTB-MA]
10- Fernando Collor [PTB-AL]
11- Geraldo Mesquita [PMDB-AC]
12- Gilvam Borges [PMDB-AP]
13- Hélio Costa [PMDB-MG] licenciado - Ministério das Comunicações
14- João Tenório [PSDB-AL]
15- José Sarney [PMDB-AP]
16- Lobão Filho [PMDB-MA]
17- Lúcia Vania [PSDB-GO]
18- Magno Malta [PR-ES]
19- Marcelo Crivella [PRB-RJ]
20- Maria do Carmo Alves [DEM-SE]
21- Papaléo Paes [PSDB-AP]
22- Pedro Simon [PMDB-RS]
23- Renan Calheiros [PMDB-AL]
24- Roseana Sarney [PMDB-MA] renunciou - governadora do Maranhão
25- Sérgio Zambiasi [PTB-RS]
26- Serys Slhessarenko [PT-MT]
27- Valdir Raupp [PMDB-RO]
28- Wellington Salgado [PMDB-MG]

Senadores que assinaram atos secretos quando integravam a Mesa Diretora da Casa.

29- Antonio Carlos Valadares [PSB-SE]
30- César Borges [PR-BA]
31- Eduardo Suplicy [PT-SP]
32- Garibaldi Alves [PMDB-RN]
33- Heráclito Fortes [DEM-PI]
34- Mozarildo Cavalcanti [PTB-RR]
35- Paulo Paim [PT-RS]
36- Romeu Tuma [PTB-SP]
37- Tião Viana [PT-AC]

Twittando

O que os políticos andaram escrevendo nos seus twitters:

01- Senador paraense Flexa Ribeiro [PSDB]: "O boicote à carne paraense atinge 13 indústrias, 21 fazendas e 50 mil trabalhadores da indústria da carne". - www.twitter.com/flexaribeiro

02- Deputado federal Fernando Gabeira [PV]: "Os senadores que querem mudar o senado precisam reconhecer o passado e apontar para o futuro".- www.twitter.com/gabeiracombr

03 - Deputado federal paraense Vic Pires Franco [DEM]: "Impróprio para menores de 21 anos, o que a deputada Elcione falou da governadora Ana Júlia Carepa, hoje no aeroporto de Belém. Cruz credo". - www.twitter.com/blogdovic

04- Governador de SP, José Serra [PSDB]: "Minha querida Beatriz Segall e Maurício me "guardaram", protegeraItálicom, cuidaram de mim, qdo voltei clandestino ao país por uns meses, após 64". - www.twitter.com/joseserra_

05- Senador José Agripino Maia [DEM]: "@henriqueneto Vc queria que eu, líder da oposição, votasse no candidato do PT, do mensalão e dos aloprados, para a presidência do Senado"? - www.twitter.com/joseagripino

Batendo perna

Segundo informa a blogosfera paroara, Ana Júlia e toda cambada petista desembarcarão em Brasília amanhã para uma reunião com o presidente nacional do partido dos "cumpanhêros", Ricardo Berzoini.

Pauta da reunião: Acertar-se com o PMDB paraense, via Palácio do Planalto, já que por aqui o negócio tá "brabo" mesmo. Jáder está se esquivando de todo jeito do tete-à-tete com a governadora e a muito tempo não atende nem mais seus insistentes telefonemas.

A governadora de uma obra só

A blogosfera paroara está cada vez mais hilária e criativa, diga-se de passagem, com os fatos papa-chibés. A mais nova denominação da governadora petista é "A governadora de uma obra só", isso mesmo, porque até o mês passado, depois de quase três anos, todo mundo reclamava que Ana Júlia ainda não havia inaugurado uma obra genuinamente sua, ao que disse o ex deputado federal e presidente do diretório do PMDB de Belém, José Priante em entrevista recente:

- Esse governo ainda não bateu um pau de cumieira, sequer.

Vossa excelência, "competente como é", tratou logo de calar a boca dos linguarudos e inaugurou uma obra sua, todinha sua. A cozinha industrial do Hangar Centro de Convenções da Amazônia, herança do ex governador Simão Jatene com a marca de Paulo Chaves, que Ana Júlia criticou exaustivamente na campanha de 2006 taxando-a de "obra para rico" e desnecessária.

Adivinhem qual é a imagem mais propagandeada pelo "governo popular e democrático" servindo de pano de fundo para os cartazes, panfletos, filmetes e afins da propaganda oficial do estado?

- O Hangar, é claro! Mas como diziam que Ana precisava de "uma obra cintilante para chamar de sua", a governadora adotou o Hangar. Justamente o Hangar, tão criticado em 2006.

Foi aí que vossa excelência, para não dá margem à falatórios "maldosos", resolveu construir e inaugurar a cozinha industrial do Hangar com direito à meter a mão na massa [cozinhar] juntamente com sua gângster e presidente da autarquia, Joanna Pessoa, para os convidados. Tudo devidamente registrado pela imprensa, com direito à fotos, reportagens e tudo mais o que foi possível, afinal a inauguração de uma obra dessa importância para o desenvolvimento do estado merece destaque na mídia.

Taí, quem disse que o Governo Ana Júlia não tem obra? Tem sim, uma cozinha, mas é uma obra que a governadora pode chamar de sua. Uma só, mas é obra, ora bolas!

NOTA: Para entender melhor o poster, clique nas frases destacadas em azul que estão lincadas à outras postagens que abordam o tema.

Sal

Amigo meu que esteve no feriadão de Corpus Crihsti em Salinas relatou o estado em que se encontra a nossa mais famosa faixa de areia atlântica. Abandono, segundo a fonte, é a palavra mais adequada tanto para a sede do município quanto a praia do Atalaia.

A estrada que dá acesso à cidade é um verdadeiro perigo com buracos em toda sua extensão assim como a principal avenida, a Orla do Maçarico, e as ruas que estão intransitáveis com buracos cheios de lama e lixo por todo lado.

Salinas é o balneário paraense mais visitado por turistas nacionais e estrangeiros, sem se falar que praticamente toda Belém se transfere para lá, de mala e cuia, durante o mês de julho. Faltam apenas duas semanas para o início das férias escolares. Será que nada será feito para mudar essa situação?

Nervos

A blogosfera paroara está meio nervosa, digamos assim, por que encomendaram pesquisa para conhecer a intenção do eleitorado em relação à governador e senador.

Segundo alguns coleguinhas da imprensa alternativa, a tal pesquisa sairá quentinha do forno ainda esta semana. Se os blogueiros estão assim? Imaginem o coração dos aspirantes à esses cargos na próxima eleição.

Muitos acham que o estoque de "Maracujina" vai sumir das prateleiras quando ela for divulgada.

Perguntar não ofende.

Será que ainda tem algum luziense na face da terra que assista a TV do PT, ops! A TV Cultura, aquele canal [que prefiro não escrever o número] imposto à nós pela "governadora da terra de direitos" e abalizado pelo apedeuta?

Por que agora pobre tem direito à informação e entretenimento [televisivo, é claro] de qualidade sem as asquerosas propagandas do "Governo popular e democrático" da Ana Jatobá. Depois que o deputado Adamor Aires disponibilizou o sinal da Rede Globo e sua afiliada no Pará, a TV Liberal [no canal 20], a população recuperou uma das poucas coisas que tinha, mas foi retirado pelo PT de Ana Júlia, desde o início do seu desastroso governo.

Lula e seus amigos "incomuns"

Semana passada Lula falou, em entrevista, que Sarney não poderia ser julgado pelos seus "atos" [quase secretos] pela opinião pública por que ele não é um "homem comum".

Essa é apenas mais uma canastrice do metalúrgico e dublê de presidente. Então se Sarney não é um homem comum, consequentemente é um "homem incomum" e por analogia Lula é o "gênio da raça".

Atenção

Quem tentou acessar o blog, desde ontem à noite, com certeza teve alguma dificuldade de conexão. Isso está ocorrendo por estamos em fase de transição para um domínio próprio.

O blog sempre foi acessado pelo domínio [gratuito do Blogger] http://www.santaluziaonline.blogspot.com/, e agora estamos migrando para um domínio pago e personalizado, que é http://www.santaluzia-online.com/, dispensando a extensão blogspot, que muitas vezes dificulta o acesso de novos leitores.

Dentro de dois ou três dias o problema estará resolvido e estaremos trabalhando em novo domínio.

Desculpem pelos transtornos...

Audiência Pública em Santa Luzia do Pará, para discutir a Segurança Pública

Aconteceu ontem no plenário "Raimunda Taveira dos Santos Guedes" da Câmara Municipal de Santa Luzia do Pará, Audiência Pública para discutir os problemas da Segurança Pública nos Municípios de Santa Luzia do Pará e Cachoeira do Piriá.

Estavam presentes os deputados estaduais Adamor Aires [PR/G-8], Carlos Bordalo [PT] e Márcio Miranda [DEM], Raimundo Benassuly Maués Júnior [comandante da Polícia Civil], Luiz Dário da Silva Teixeira [coronel comandante da Polícia Militar], Conselho Tutelar de Santa Luzia, vereadores e o prefeito de Cachoeira do Piriá, Albenor Pontes, vice-prefeito de Santa Luzia, Zaqueu Salomão e padre Elias.

Em seu pronunciamento, o deputado Adamor Aires assumiu o compromisso de liberar, através de emendas parlamentares, R$ 40.000,00 [quarenta mil reais] para reabilitação do posto da Polícia Rodoviária Federal do KM 64, comunidade do Peritoró, R$ 30.000,00 [trinta mil reais] para a compra de um automóvel para o Conselho Tutelar de Santa Luzia, e R$ 12.0000,00 [doze mil reais] para a reestruturação da Quadra de Esportes da Paróquia de Santa Luzia.

Os outros deputados presentes, Márcio Miranda e Carlos Bordalo se comprometeram, junto com Adamor, pela melhoria na segurança nos dois municípios.

O superintendente da Polícia Militar, aumentou o número de policiais no efetivo de cada cidade, elevando-o de 5 para 6 e para Cachoeira do Piriá entregou uma viatura 0 km acompanhada de uma delegacia de polícia, por parte da Polícia Civil.

TV Liberal

Os luzienses voltaram a ter acesso ao melhor canal de televisão do Pará, a TV Liberal, que nos foi tirado há três anos, desde que a "governadora da terra de direitos" nos privou do principal veículo de informações do estado cancelando o contrato da Funtelpa [Fundação de Telecomunicações do Pará] com as ORM [Organizações Rômulo Maiorana] nos impondo a TV Cultura, veículo oficial da propaganda petista, com seu jornalismo morno e chapa branca.

A volta da TV liberal foi um trabalho do deputado Adamor Aires, maior líder político da Pará-Maranhão, que como luziense, também foi vítima da mal intencionada governadora do PT.

São João

Lá para as bandas da quadra da Barraca da Santa os rítimos juninos dão o tom da noite desde cedo. Hoje acontece o segundo dia e a finalíssima do concursos de quadrilhas patrocinado pela paróquia que premiará do 1º ao 3º lugar.

A promoção faz parte das atrações da tadicional Festividade de São João que terminará dia 24 com a procissão e a Santa Missa para o santo. Hoje no encerramento do Festival de Quadrilhas da paróquia, haverá a apresentação do boi-bumbá mais tradicional de Ourém.

Quadra junina

Carros de som anunciando festas, quase congestionaram as ruas da Cidade Morena hoje o dia inteiro. Cada um fazendo propaganda de um evento junino que está esquentando os finais de semana com festas de todos os tipos e em vários ambientes.

E agora no finalzinho do mês, próximo ao dia do principal santo da época, São João, é que as promoções se intensificam no mesmo rítimo dos passos das quadrilhas que se apresentam todos os finais de semana.

Novos calouros

Desde o meio dia que os novos calouros da UFPA estouram pistolas pelas ruas da City. São os aprovados no vestibular PSE [Processo Seletivo Especial] 2009 - 2.

São eles:

Bragança

01- Ciêcias Naturais [Licenciatura] - Integral Intensivo
Raul Sérgio Nogueira Leal - calouro Nº 300997

02- Letras [Licenciatura em Lígua Portuguesa] - Integral Intensivo
Elissandra de Sousa Pereira - caloura Nº 301269
Francisco Joatã Pinheiro Campineiro - calouro Nº 302941
Susana de Jesus Saldanha e Sousa - caloura Nº 301262

03- Matemática [Licenciatura] - Integral Intensivo
Caciane Barbosa Farias - caloura Nº 300725
Lucivaldo Rodrigues da Silva - calouro Nº 302805
Thiago José Correia da Rocha - calouro Nº 306887

Parabéns a todos!

N. E.: Confira listão dos aprovados aqui.

Inauguração

Hoje tem estreia na noite luziense. O bar-lounge Ponto Com Mix abre suas portas definitivamente para os baladeiros de plantão. No final de semana passado o novo point das noites da Cidade Morena abriu, experimentalmente, apenas para amigos e convidados recebendo os vips que não dispensam uma badalação.

Hoje à partir das 20 hs os irmãos Willame e Webber Narciso estarão recebendo o público para a inauguração com a "casa" totalmente refrigerada, ao som de música ambiente e é claro com muita bebida nacional e importada.

Ainda sobre o roubo na escola São José

Quase uma semana depois consegui informações sobre o roubo na escola São José, que, segundo informações, a qudrilha é formada por 8 elementos tendo como líder um filho do barbeiro Nego Cí e os outros são moradores próximos à escola, entre eles um de codnome Brizola, aluno do turno da noite.

O vigia que fazia a segurança na noite do ocorrido, um senhor de meia idade chamado Benezinho, foi surpreendido pelos bandidos por volta das 2 hs da madrugada sendo amarrado com um fio de rede, amordaçado com sua própria camisa além de apanhar bastante e ser ameaçado de morte várias vezes.

Além dos 12 computadores, levaram também uma caixa amplificada, data-show, câmera fotográfica digital e um micro system. Ainda, segundo a fonte, os objetos foram colocados dentro de sacos e transportados por cima do muro o que chamou a atenção de dois vigias que faziam a segurança da igrejinha de São Francisco, assaltada recentemente, próxima à escola São José.

Diante da movimentação suspeita, os dois seguranças da igreja gritaram "pega ladrão" assustando os assaltantes que correram para quintais próximos abandonando alguns computadores e o micro system, encontrados dois dias depois, o que levou a polícia à pista da quadrilha e posteriormente ao restante dos objetos escondidos num acampamento construído pelos bandidos em uma fazenda localizada à mais de cinco quilômetros da cidade onde um certo elemento conhecido por Rato montava guarda.

Diante do flagrante, a polícia conseguiu prender apenas Rato, Brizola e mais um elemento que ainda não sei o nome e recuperou o restante dos computadores na tarde de quarta-feira.

A RPB [Rede Paraense de Blogs] também twittou

A RPB [Rede Paraense de Blogs], da qual este humilde blog faz parte, também se rendeu a mais nova mania do mundo virtual, o microblog Twitter.

A RPB, assim como este blogger que vos escreve, estão "twittando" nos seguintes links:

- RPB: www.twitter.com/Rede_Paraense

- Santa Luzia On-line: www.twitter.com/Reinaldosl

Audiência amanhã, na Câmara Municipal, para discutir a segurança pública no município

Recebi e publico o requerimento Nº 04/09 [vide imagem acima] da Câmara Municipal de Santa Luzia do Pará, enviado pelo seu presidente Vereador Tião Oliveira [PR/G], para uma Audiência Pública que será realizada amanhã 19, no plenário daquela Casa de Leis, para discutir com autoridades municipais, eclesiais e sociedade civil organizada a escalada da violência em nosso município.

Estarão presentes na referida audiência, além das autoridades citadas, os deputados estaduais Adamor Aires [PR] e Carlos Bordalo [PT] representando a Assembleia legislativa.

O presidente da Câmara Municipal de Santa Luzia do Pará, vereador Tião Oliveira, convida toda a população à se fazer presente na audiência amanhã, sexta-feira à partir das 9 hs, para assistí-la e eventualmente participar das discussões que envolvem o tema.

Mais um caso de polícia em Santa Luzia

Na madrugada de sábado, bandidos renderam o único vigia da Escola Municipal São José, amarraram-o para em seguida arrombarem o recém construído laboratório de informática, equipado somente com computadores de última geração conectados à internet banda larga e levaram 12 máquinas sem que ninguém percebesse.

De posse das pistas dos marginais, desde domingo a polícia ficou na cola deles, [como se diz em boa gíria luziense] até que hoje à tarde conseguiu prendê-los e recuperar o fruto do roubo.

Ainda não tinha falado sobre assunto por desconhecimento de detalhes da ação dos elementos, que segundo comentários são três pessoas conhecidas e residentes próximo à escola.

Chegaram até o blogger alguns nomes, mas ainda não chequei a veracidade dessas informações, mas logo que confirmar serão divulgados.

Candidatos ao Conselho Escolar

A eleição para os membros do Conselho Tutelar de Santa Luzia acontecerá no próximo dia 28 e movimenta a cidade com um grande número de postulantes a uma das cinco vagas ofertadas.

Veja a relação dos candidatos e seus respectivos números, definidos por sorteio:

01 - Dionyson Saldanha
02 - Dona Canã
03 - Ivaldo Costa [candidato à reeleição]
04 - Marciléia Maia
05 - Gerson Moreira
06 - Roberta do Km 46
07 - Sueli Pereira
08 - Mário Sérgio [candidato à reeleição]
09 - Natalia
10 - Geruza do Peritoró
11 - Edinaldo
12 - Nete
14 - Fredson [candidato à reeleição]
15 - Zena do Km 49
16 - Nenem da Filmagem [Nenem Mata-bode]
17 - Carlos
18 - Edilza
19 - Esmael
20 - Ramiro Silva/da rádio
21 - Sara
23 - Maurivan Camilo
25 - Durval [Candidato à reeleição]
26 - Adriano Holanda
27 - Abraão Reis
28 - Antonio Carlos
29 - Nego Chico
30 - Nande

Nota do blog: A lista dos candidatos obedece a ordem do sorteio. Os números 13 e 22 foram suprimidos por representarem grupos políticos no município e o 24, por motivos óbvios.

Sintepp - o sindicato pelego

No poster "Sinceramente", escrito ontem, questionei o que levou o Sintepp a deflagrar uma greve tão absurda, do ponto de vista da condução e não dos motivos da mesma, da qual o sindicato saiu menor do que entrou, sem nenhuma conquista e com a credibilidade menor que o salários dos professores.

Raciocinando, cheguei a equação do problema: no mês de maio tinha eleição para "renovação" dos cargos de comando do sindicato, e a atual direção que não queria perder as rédeas do movimento resolveu mostrar serviço dizendo-se independente [do PT e seu governo] para conquistar os votos da categoria. Por isso "inventou" essa greve de faz de conta com a governadora.

Não deu outra. Passado o pleito, tudo voltou ao normal e o movimento foi perdendo força na mesma velocidade que os dirigentes do Sintepp foram se repactuando com o governo petista para tudo continuar na mesma. O PT humilhando o trabalhador e o sindicato fingindo que o defende.

Jatene - O Cara!

Ao contrário do que Dr. Almir [ex governador] quer impor ao PSDB, a candidatura do senador Mário Couto ao governo do estado, a bancada do partido na Assembleia Legislativa antecipa o óbvio para qualquer ser humano com o mínimo de percepção política, e começa a trabalhar pela viabilidade da candidatura do ex governador Simão Jatene para 2010.

Os dez deputados que integram a bancada tucana na ALEPA, Alexandre Von, Ana Cunha, André Dias, Bira Barbosa, Bosco Gabriel, Ítalo Mácola, Manoel Pioneiro, Suleima Pegado, Tetê Santos e o líder José Megale, assinaram documento apoiando a candidatura de Jatene em situação confortável na disputa pelo Palácio dos Despachos nas próximas eleições, em relação aos demais postulantes do partido. Os deputados federais Zenaldo Coutinho e Wandenkolk Gonçalves acompanharam a bancada estadual endossando o documento com suas assinaturas.

Doutor Almir, o tucano mor do Pará, assim como o nobre senador Mário Couto são dignos de todo respeito e admiração, mas no momento todos os ventos sopram na direção de Simão Jatene que já mostrou seu estilo de governar durante os quatro anos que conduziu, com muito mérito, os destinos do estado do Pará. Mário Couto tem que admitir, que mesmo sendo um político tarimbado, o momento é do administrador, por excelência, Simão Jatene que desfruta da simpatia de todos os deputados estaduais, da maioria da bancada federal e de grande número de prefeitos e ex prefeitos do interior que brevemente estarão engrossando a fila de assinaturas do documento pró Jatene.

Arraiá

O bloco carnavalesco "Os deserdados" ataca em todas as frentes da folia em Santa Luzia City. Após o sucesso no carnaval 2009, a micareta "Os deserdados elétricos" que terá segunda edição em julho, o projeto do momento são os festejos da quadra junina com a quadrilha "Os deserdados na roça", que também terá a segunda edição, sem data marcada, mas muito provavelmente no festival junino da paróquia que será realizado no próximo final de semana.

Capanema vai ganhar campus universitário da UFPA

Hoje, terça-feira 16, o prefeito de Capanema, Eslon Martins [PR] e o ainda reitor da UFPA [Universidade Federal do Pará] Alex Fiúza de Melo assinam às 16 hs no club do Nassau o convênio que cria o campus da UFPA na cidade com instalação prevista para 2010 e realização de mais vestibulares além dos que funcionam no já existente núcleo.

Na solenidade de assinatura do convênio, além do prefeito e do reitor, já citados, também estarão presentes os deputados federais Lúcio Vale [PR] e Nilson Pinto [PSDB] - professor da instituição -, deputado estadual Zé Neto [PP] e representantes dos campi de Bragança e Castanhal.

Sinceramente

O que o Sintepp [Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará] ganhou com quase um mês de greve onde nenhuma das reivindicações foi sequer discutida com o governo? Adiante passar 25 dias "brigando" com um governo que se diz "popular e democrático" mas se mostra arrogante e intransigente ao ponde de pedir a abusividade da greve produzida por um dos movimentos que ajudou a elegê-lo?

Por essas e por outras perguntas, que jamais serão respondidas coerentemente, faz-se a pergunta mais importante:

- Vale à pena contribuir financeiramente com um sindicato atrelado às vontades do patrão?

Edno visita famílias no bairro da "Invasão"

Clique nas imagens para ampliar


Semana passada, o empresário Edno Alves visitou as famílias que ocupam a propriedade do seu Heleno no bairro da Invasão. Na oportunidade, Edno distribuiu sextas básicas e madeira para as famílias mais carentes.

Nota do blog: Fotos enviadas pelo nosso colaborador, Antonio Raimundo [Toba], técnico de comunicação da Paróquia de Santa Luzia.

Twitter - a nova febre do mundo virtual

Vivemos a era da exposição e do compartilhamento. Público e privado começam a se confundir. A ideia de privacidade vai mudar ou desaparecer.

O trecho acima tem 140 caracteres exatos. É uma mensagem curta que tenta encapsular uma ideia complexa. Não é fácil esse tipo de síntese, mas dezenas de milhões de pessoas o praticam diariamente. No mundo todo são disparados 2,4 trilhões de SMS por mês, e neles cabem 140 toques ou pouco mais.

Também é comum enviar e-mails, deixar recados no Orkut, falar com as pessoas pelo MSN, tagarelar no celular, receber chamados em qualquer parte, a qualquer hora. Estamos conectados. Superconectados, na verdade, de várias formas. Há 1,57 bilhão de pessoas que usam a internet e 3,3 bilhões com celulares – e as duas redes estão se fundindo. Há uma nova sintaxe em construção, a das mensagens. Práticas da internet migraram para o mundo do celular e coisas do mundo do celular invadiram a rede de computadores. A difusão de informação digital iniciada pela web em 1995 está se aprofundando e traz com ela mudanças radicais de costumes. As pessoas não param de falar e não querem parar de receber. Elas querem se exibir e querem ver tudo.

O mais recente exemplo da demanda total por conexão e de uma nova sintaxe social é o Twitter, o novo serviço de troca de mensagens pela internet. Criado em 2006, decolou no ano passado e já tem 6 milhões de usuários no mundo. O Twitter pode ser entendido como uma mistura de blog e celular. As mensagens são de 140 toques, como os torpedos dos celulares, mas circulam pela internet como os textos de blogs. Em vez de seguir para apenas uma pessoa, como no celular ou no MSN, a mensagem do Twitter vai para todos os “seguidores” – gente que acompanha o emissor. Podem ser 30, 300 ou 409 mil seguidores, como tem Barack Obama. Essa estrutura de troca de mensagens é nova, mas não é o principal.

Notas do blog:

1- A matéria acima é uma reportagem da revista Época de março deste ano.

2- O Twitter é a mais nova ferramenta preferida de celebridades, políticos, empresas, ógãos públicos e ...

3- Veja quem já está "twittando":
- Senador paraense Flexa Ribeiro: www.twitter.com/flexaribeiro
- Outros políticos que estão no Twitter podem ser vistos no site http://www.politweets.com.br/
- Twitter seguido somente por blogueiros paraenses: www.twitter.com/bpmoderador
- Este blogger que vos escreve: www.twitter.com/Reinaldosl

Greve dos professores da Rede Estadual de Ensino chega ao fim

Chegou ao fim, depois de um mês, a greve dos professores da Rede Estadual de Ensino com uma única conquista da categoria: o governo do estado se comprometeu a não descontar os dias parados.

Parece até piada, mas é a mais pura verdade. Isso deixa claro a condição servil do Sintepp em relação ao governo e, em particular, ao PT a quem serve como massa de manobra e as bravatas dos dirigente sindicais não passam de discursos orquestrados para dá um ar de independência, mas na verdade tudo isso faz parte do jogo dos comandantes da esquerda que, agora no poder, se entendem muito bem.

Todo ano é essa mesma palhaçada, o Sintepp vem com aquela conversa fiada de que jamais cederá às ordens do PT e propõe uma pauta bonita de reivindicações dos trabalhadores ao governo com discursos inflamados. Puro engodo. Quando a governadora petista não manda a polícia descer o cacetete e spray de pimenta nos professores, como fez ano passado, o Sintepp fica procurando motivos para encerrar essas greves teatrais e sem resultados.

Vidas cruzadas

O poster abaixo está no blog do jornalista marabaense, Hiroshi Bogéa, e relata uma situação no município de Canaã dos Carajás. Mas qualquer luziense, quando ler o artigo, pensará que o fato se passa em Santa Luzia, não acham?

"Comentarista diz que o salário dos funcionários da prefeitura de Canaã dos Carajás está atrasado. Pontual mesmo, segundo ele, apenas os carros caríssimo do filho do prefeito. Ao que diz o leitor:

- A situação de Canaã dos Carajás é de penúria. Até esta data, 13/06, o pagamento do salário dos servidores não foi efetuado. Enquanto isso, o filho do prefeito, Anuar Alves Filho, o Anuarinho, uma espécie de Primeiro Ministro, desfila na cidade em reluzentes caminhonetes zero quilômetros. Pobre Canaã!

Isto acontece em cidade cujo Ministério Público cruza os braços e deixa a xepa da feira fazer o que bem entende".

Na solidão do poder, Sarney vive seu outono do patriarca

Por João Bosco Rabello e Christiane Samarco, no jornal O Estado de São Paulo.

Com passos curtos e seguros, vestindo um sobretudo de lã preta, José Ribamar Ferreira de Araújo Costa, 79 anos, entrou na noite de segunda-feira na residência oficial do presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP). Na área externa da casa, em volta do presidente Lula, grupos de políticos e jornalistas conversavam animadamente e esperavam o jantar em homenagem aos participantes da 4ª Conferência Legislativa de Liberdade de Imprensa. Feitos os cumprimentos protocolares, um José silencioso, que não denunciava a biografia com mais de meio século de poder político, fugiu do burburinho e ficou parado no primeiro dos três degraus que separam o salão da casa do jardim virado para o Lago Paranoá.

Apartado da descontração em torno de Lula e recolhido do frio das noites candangas de junho, o ex-presidente da República, ex-governador de Estado, presidente do Congresso, ex-deputado federal e senador José Sarney ouviu de um jornalista a pergunta: “Presidente, o Senado já está mais ameno?” E Sarney, expondo os indícios do fardo em que se transformou o cargo, respondeu: “Meu filho, aquilo não ameniza nunca.”

Era o início da semana em que, depois de todos os escândalos - da hora extra sem limites à profusão de diretores -, a reportagem do Estado revelaria o caso dos atos secretos que fizeram da direção-geral do Senado um guichê de distribuição de empregos e salários entre amigos, na última década e meia.

A noite na casa de Temer expôs um Sarney que fez história, mergulhou no vício solitário do poder e vive o autêntico outono do patriarca. A ideia de disputar pela segunda vez a presidência do Poder Legislativo já foi um arroubo extemporâneo. Como revelam alguns dos amigos mais íntimos, a real motivação para essa disputa foi a conquista de um cargo político poderoso para enfrentar a investigação que a Polícia Federal fazia nas empresas da família, a Operação Boi Barrica.

A PF chegou a pedir ao juiz da 1ª Vara Criminal de São Luís a prisão preventiva de um filho de Sarney, Fernando, e da nora, Teresa Murad Sarney. O presidente do Congresso temia que a espetacularização que caracterizava as operações da PF naqueles dias acabasse por levar até a prisão da neta, filha de Fernando e Teresa. Em conversa com amigos, chegou a desabafar: “Para protegê-la mandei que só dormisse com a avó” - a família temia uma operação de busca, apreensão e prisão na residência de São Luís.

OCASO

Quem acompanha há mais tempo - e de perto - a trajetória do senador identifica dois atores políticos distintos: o “Sarney do Maranhão”, que virou senador pelo Amapá, e o “Sarney nacional”. O do Amapá, que garantiu a manutenção da sua vaga no Congresso, passa despercebido. O do Maranhão ganhou oxigênio político com a volta da filha Roseana ao governo estadual. Mas o Sarney “nacional” hoje é politicamente mais frágil que o de novembro do ano passado, antes da disputa renhida com o PT pelo comando do Congresso. A briga com o senador Tião Viana (PT-AC) estendeu-se após a eleição e deixou sequelas que não amenizam.

Na avaliação de um dirigente do PT, Sarney continua “muito forte” com o lulismo, mas desgastou-se com o petismo. O PT absorve no limite estritamente necessário sua aliança com o Planalto, mas sempre que pode deixa clara a incompatibilidade dos DNAs políticos. A soma desses fatores expõe um Sarney frágil e compõe a fotografia de uma liderança histórica em declínio, em que pese a reconquista do poder regional, por meio da filha, Roseana, que o TSE devolveu ao governo do Maranhão.

A volta da senadora ao Palácio dos Leões dá gás ao chamado grupo sarneysista, que vinha perdendo espaço no Estado. Com a retomada da máquina do governo, a tendência é recuperar a base perdida para Jackson Lago (PDT), cassado por abuso de poder econômico. Prova disso é que, quando assumiu o governo em 17 de abril, Roseana e seu grupo eram minoria na Assembleia. O placar em favor de Lago e seus aliados era de 42 a 16. Menos de dois meses depois, Roseana já contabiliza o apoio de 30 deputados estaduais, mas a repercussão disso na liderança nacional de Sarney é praticamente nula.

O ocaso da liderança do patriarca Sarney se dá por fatores múltiplos, em que o cronológico é o de menor relevância. Aos 79 anos de idade, com boa saúde e aparência, Sarney se vê distante da geração dos políticos locais. Lá se vão 30 anos desde a última vez em que disputou uma eleição no Maranhão, onde a maioria dos atuais prefeitos não o conhece pessoalmente. Só um projeto nacional em torno de Roseana teria poder de reverter a curva descendente em que ele se encontra, como ocorreu nas eleições de 1994 e 1998, mas principalmente depois da morte do deputado Luís Eduardo Magalhães (PFL-BA), quando ela passou a ser alternativa das correntes mais conservadoras à sucessão de Fernando Henrique Cardoso. Veio o caso Lunus - operação da PF que apreendeu mais de R$ 1 milhão em espécie em empresa da família durante a campanha eleitoral -, que alijou Roseana da disputa e jogou Sarney nos braços do PT (ele atribuiu a operação a uma conspiração do hoje governador José Serra, então candidato do PSDB ao Planalto).

ACM

Tal cenário gera efeitos semelhantes ao experimentado pelo ex-senador Antônio Carlos Magalhães - assim como Sarney, uma liderança nacional consolidada a partir de um império político regional. A longevidade da cultura política fisiológica de ambos transformou-os em líderes com doutrinas próprias que passaram a integrar o vocabulário político brasileiro: o “carlismo” e o “sarneysismo”. Ainda em vida, ACM assistiu à lenta deterioração do carlismo, como Sarney experimenta agora em relação ao sarneysismo. O grupo carlista sobrevive à morte de ACM na Bahia, mas não dá mais as cartas do jogo político nem está na linha de frente da disputa pelo poder. Assim como os “sarneysistas” se escoram apenas na figura do patriarca e na posição institucional que Sarney ocupa no Congresso. Olhando o panorama nacional, a tendência é de declínio.

Depois de enfrentar a campanha do “Xô Sarney” em uma eleição difícil contra Cristina Almeida no Amapá, o senador acabou mostrando que a visão apurada da velha águia política, que lhe rendeu cálculos políticos precisos e o levou à Presidência da República -, começa a dar sinais de alguma miopia. Forçado a disputar a sucessão do Senado, calculou que poderia ser guindado à presidência sem disputa. Errou.

Contou com o apoio de Lula para influir a seu favor, mas não aconteceu bem assim. Cometeu novo equívoco quando supôs que seria fácil derrotar Viana. Quis vestir o figurino confortável de candidato da instituição, com o apoio da oposição, mas não teve os votos do PSDB que contava como certos. Mal assumiu a cadeira de presidente, teve de afastar seu amigo e compadre Agaciel Maia da diretoria-geral, algo que julgou ser possível evitar se derrotasse Tião Viana. Por fim, não teve a dimensão do escândalo que abalaria o Senado e achou possível evitá-lo com a mesma fórmula de 14 anos atrás, de contratar uma consultoria da Fundação Getúlio Vargas.

As feridas da disputa com o PT já tinham evoluído da fase da sangria para uma hemorragia política que transformou a FGV em ator figurante. Alimentada por setores do funcionalismo do Senado que sonhavam em tomar o poder com Tião Viana, a oposição a Sarney trouxe denúncias que lhe atingiram diretamente: um auxílio-moradia pessoal indevido e um neto exonerado por ato secreto, depois de flagrado em nepotismo explícito. A estratégia de transferir ao primeiro-secretário, Heráclito Fortes, o ônus das explicações sobre as denúncias contra o Senado não funcionou mais. Sarney se viu obrigado, ele mesmo, a dar declarações em defesa própria.

Nesse ponto, o fator cronológico passa a ter importância. Sarney já fez as contas e sabe que não terá mais tempo para recuperar o desgaste de imagem e renascer forte aos 81 anos, quando termina o mandato à frente do Senado. O clima já não lhe será tão favorável como parecia profetizar ao recusar-se a ir para o jardim da residência oficial da Câmara na noite da última segunda-feira: “Está muito frio lá fora.”

Nota do blog: Para ver o quanto Sarney é "querido" no Amapá, clique aqui.

Fim de semana

I - O fim de semana em Santa Luzia City foi um dos mais agitados dos últimos tempos. No sábado aconteceu o "VII Baile de Volta ao Passado" na danceteria Beleza Pura Dance Club, sob organização do Waldenor, Zé Mª Damasceno, Negão e Jakson, com a banda Vírus da Paixão.

O Baile de Volta ao Passado foi um sucesso superando em todos os sentidos a nossa tradicional Festa das Flores que agoniza há muito tempo completamente descaracterizada e "arrastou" um número imenso de famílias para as mais de 120 mesas vendidas lotando completamente o Beleza Pura.

II - Também no sábado abriu as portas [ainda não foi inauguração] o mais novo point da City, o bar-lounge "Ponto Com Mix", dos irmãos Webber e Willame Narciso que ficou lotado até as 7 da manhã permanecendo assim até altas horas de ontem.

III - Na sexta aconteceu o "Jantar dos Namorados" na Barraca da Santa, organizado por padre Elias, com direito a clima romântico, cardápio à base de bacalhau e um bom vinho para os casais mais românticos da Cidade Morena.

O PT e suas práticas tirânicas

A falta de compromisso com a educação e o desrespeito com o funcionalismo é a marca registrada da administração petista em Santa Luzia. Hoje pleno dia 12 de junho, praticamente o meio do mês, os funcionários, em especial da educação, não fazem a menor ideia de quando receberão seu salário de junho, mesmo a prefeitura tendo recebido R$ 923.776,90 [novecentos e vinte e três mil, setecentos e setenta e seis reais e noventa centavos] de recursos do Fundeb [dinheiro exclusivo para a educação] nos dias 2, 4 e 10, conforme registrado aqui no blog.

Mesmo tendo recebido quase um milhão de reais para a educação, o prefeito petista, aquela figura de notórias limitações intelectuais e desprovida de preocupações éticas, assim agindo, desmente acintosamente o seu discurso de suposto apreço à moralidade pública ao humilhar o trabalhador com suas atitudes tirânicas, dignas dos barões de gabinetes.

Diante desse tratamento dispensado pela administração petista aos professores, faz-se uma pergunta:

- Onde estão os defensores dos injustiçados que em época recente vestiam-se de mendigos e desfilavam nas ruas com faixas denunciando administrações anteriores?

Todos sabem a resposta. Estão reunidos, muito bem acomodados nos refrigerados gabinetes, tramando qualquer maldade contra o povo e discutindo que destino dá aos recursos desviados.

Esse é o "Governo de todos" os parasitas e predadores de recursos públicos.

Corpus Crhisti

A procissão de Corpus Crhisti, realizada hoje em Santa Luzia, foi sem dúvidas, a mais bonita de todas as romarias já realizadas pela nossa paróquia.

Foi emocionante ver milhares de pessoas, na maioria jovens, mas tinha senhoras, senhores, professores, taxistas, crianças, freiras, beatas e etc... trabalhando incansavelmente durante toda a noite, supervisionados do padre Elias, para decorar quase dois quilômetros da avenida Castelo Branco, desde o cemitério até a porta da Igreja Matriz, com lindos tapetes estampando temas religiosos e passagens bíblicas à base de serragem, muita serragem colorida.

Segundo informações, foram utilizados centenas de sacos de serragem e muita areia para forrar o trajeto da procissão que iniciou às 7 hs e terminou às 9 hs e 30 min seguindo a hóstia consagrada, tema da festa, trazida por padre Elias que mesmo cansado, pois não dormiu a noite toda chegando em casa às 5 hs da manhã, fez uma linda celebração de uma das datas mais importantes da Igreja Católica.

A ornamentação só terminou minutos antes do inicio da missa que abre a procissão. Eu nunca tinha visto, em toda a minha vida, tanta gente empenhada numa tarefa da igreja como ontem. Eram milhares de pessoas trabalhando e circulando ao longo da BR parecendo um verdadeiro "arraial", como se diz por aqui. Sinceramente, foi muito emocionante ver aquela cena, que prova que nosso povo ainda prima pela religião, e muito.

Nota do blog: Fotos da procissão serão postadas posteriormente, quando colaboradores do blog me enviarem.

Corpus Crhisti em Capanema

No Amazônia Jornal

Mais de 20 mil fiéis devem participar, na manhã de hoje, em Capanema, daquela que é considerada a mais bem organizada procissão em louvor a Corpus Christi de todo o Estado, festa caracterizada principalmente pelo imenso tapete colorido, com motivos ligados à data, que ornamenta todo os quase 1.500 metros do percurso da romaria. Este ano, a confecção do tapete está completando 33 anos. Um motivo de orgulho para as quase três mil pessoas que participam desse trabalho comunitário e cujo resultado já é bastante conhecido.

O bispo da diocese de Castanhal, dom Carlos Verzeletti, vai estar presente em Capanema para participar da procissão. Será ele quem levará nas mãos o ostensório com a Hóstia Consagrada que simboliza o Corpo de Jesus. Dom Carlos não esconde sua admiração pela festa religiosa em Capanema, 'que surge através de uma manifestação coletiva, um testemunho de um povo como centro da sua vida, da sua história, da sua caminhada, misturando arte, louvor e cânticos'. O bispo disse que já conhecia, em outros países europeus, a tradição de se usar flores para ornar as ruas por onde passam as romarias. Mas que, no caso de Capanema, a idéia de se utilizar serragem e tintas 'com certeza é inovadora'.

A procissão deve durar menos de hora e meia, contando com as paradas em pontos previamente escolhidos. Segundo frei Gilson Baldez, pároco da igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, o tema escolhido este ano foi 'Eucaristia, origem e sustento da missão'. 'Em nossa paróquia também queremos viver a refletir intensamente o mistério da presença real de Jesus na Eucaristia', explicou o pároco.

Cadê nosso dinheiro?

Hoje é dia 11 de junho, quase metade do mês, e com certeza a maioria dos assalariados não têm mais nenhum centavo do salário de maio no bolso e está pensando no de junho que não demorará muito a chegar. Mas para os funcionários da prefeitura de Santa Luzia, em especial os da educação, o negócio não é bem assim, ainda não receberam e não fazem a menor ideia de quando isso vai acontecer, por que o silêncio em relação a esse assunto é sepulcral.

Mas a malsinada administração petista, aquela que dispensa apresentações, não o fez por que não tem o menor respeito pelo funcionalismo e muito menos pela a educação ou já deu outro destino aos recursos do Fundeb que entraram nos cofres da prefeitura nos dias 2 [R$ 441.656,28 - quatrocentos e quarenta e um mil, seiscentos e cinquenta e seis reais e vinte e oito centavos], 4 [R$ 385.021,68 - trezentos e oitenta e cinco mil, vinte e um reais e sessenta e oito centavos] e 10 [R$ 97.098,94 - noventa e sete mil, noventa e oito reais e noventa e quatro centavos] totalizando R$ 923.776,90 [novecentos e vinte e três mil, setecentos e setenta e seis reais e noventa centavos]. Dinheiro mais do que suficiente para pagar todos os gastos com educação no município, incluindo-se aí salário dos professores e transporte escolar, que está atrasado alguns meses, diga-se de passagem.

Segundo informações, os gastos mensais da educação [salários e transporte escolar] não ultrapassam R$ 500.00,00 [quinhentos mil reais], o que está bem abaixo dos quase 1 milhão de reais recebidos pela prefeitura até agora, pois ainda faltam as parcelas dos dias 20 e 30.

Se estivéssemos em outra administração, os comandantes da educação, que hoje estão muito bem abrigados nos confortáveis gabinetes refrigerados da administração, já estariam na rua com faixas cobrando explicações e dizendo que o prefeito tinha desviado os recursos. Mas como são os ditos cujos que estão no comando da máquina pública, dinheiro mesmo, entenda bem, o silêncio é total enquanto o trabalhador ver os recursos passarem diante de si como aquelas "televisões de cachorro" sem poder fazer nada.

E ainda, mês de maio a prefeitura recebeu de recursos do Fundeb [dinheiro exclusivo para a educação] nada menos que R$ 1.007.745,63 [um milhão, sete mil, setecentos e quarente e cinco reais e sessenta e três centavos].

Para onde foi todo esse dinheiro? Por que honrar compromissos não é o forte do PT, que , segundo informações, ainda não pagou nem o vereador que se vendeu fiado e está tendo dificuldades para receber o prometido em troca da sua traição.