Archive for Março 2011

Reunião

A Secretaria de Educação convocou todos os funcionários municipais de apoio [auxiliares e agentes administrativos, serventes e vigias] para uma plenária à partir das 8 hs desta sexta-feira na quadra de esportes da escola Florentina Damasceno com a titular da pasta e integrantes da administração municipal.

O teor da reuinião não foi revelado, mas os trabalhadores que se enquadram nessas categorias temem que a supressão de alguns direitos estejam na pauta.

Convocações

Os vereadores resolveram mostrar serviço, pelo menos é o que parece, diante dos desmandos da administração municipal capitaneada pelo apedeuta e a "cumpanherada", timoneiros dos aviltosos desvios de recursos da prefeitura.

Com o intento de dar uma resposta à sociedade os nobres edis, inclusive alguns da situação, assinaram requerimentos convocando, um a um, os secretários municipais para darem explicações sobre a versação dos recursos geridos pela pasta que ocupam, nas seções ordinárias da câmara às sextas-feiras.

A primeira a ser arguida foi a secretária de saúde, Lucivânia Blandtt, alvo de uma enxurrada de denúncias envolvendo desvios de recursos que, inclusive, à levaram a esteira da Justiça Federal arrolada como ré, juntamente com o prefeito, em processos por improbidade administrativa, que na última sexta-feira [25] não convenceu nem o mais leigo dos cidadãos com sua versão para o sumiço de milhares de reais destinados à saúde no município.

Segundo fontes com trânsito entre os nefastos petistas, o próximo a ser enquadrado pela Câmara Municipal será o secretario de agricultura, Jorge Cirino, para explicar, entre outras coisas, o destino da renda, que não é pequena, da Expolsalp [Exposição Agropecuária de Santa Luzia do Pará], realizada em dezembro do ano passado sob sua batuta, na sessão da próxima sexta [01/04].

E finalmente, no próximo dia 8 [ainda segundo minhas fontes] será a vez do apedeuta, o comandante-em-chefe das traquinagens envolvendo dinheiro público, ser sabatinado pelos parlamentares. Detalhe: o dito cujo foi notificado mas ainda não sabe que terá que debulhar o rosário de irregularidades da sua [des]administração no plenário da câmara em uma seção que promete ser a mais concorrida dos últimos tempos naquela casa de leis.

Nota de falecimento

Faleceu na capital do estado o "Marão do Bira" onde encontrava-se desde o mês passado fazendo tratamento contra um câncer de estômago, detectado recentemente, e contra o qual lutou bravamente até ser vencido na tarde de hoje.

Marão deixará seu nome marcado no folclore político luziense por ser filho do ex-vereador Belmiro Monteiro de Farias, o Bira, e principalmente pela sua irreverência nas campanhas politicas da City.

Tentativa de assalto ao Banco do Brasil de Bragança

Assaltantes tentaram assaltar na manhã de hoje a agência do Banco do Brasil de Bragança. Segundo informações, a polícia impediu o assalto e houve troca de tiros com os bandidos ferindo, sem gravidade, um ciclista que passava no local.

Na fuga, um dos assaltantes invadiu um escritório de empréstimos e foi preso. Mais dois integrantes do bando foram capturados no trevo da cidade.

Até o momento a polícia não soube informar o número exato de bandidos que fazem parte da quadrilha.

Banco

O banco Itaú que desembarcou em Capanema no início do ano entra em operação naquela cidade no começo de abril, segundo informações da imprensa regional.

O prédio, localizado ao lado do Basa [Banco da Amazônia S.A.] no centro financeiro, onde funcionará a agência já está pronto com a logomarca da instituição na fachada e os caixas eletrônicos instalados.

Moralidade ou valores consagrados pelo poder constituinte originário? O voto de Fux

Caro amigo, Rei.

Primeiramente, agradeço o espaço cedido para que eu pudesse contribuir na discussão de um tema relevante como esse. Assim como você, eu sou a favor da lei da Ficha Limpa. De fato que a corrupção no Brasil é muito grande, assim como a inimputabilidade. Roberto Gurgel disse com propriedade que o Brasil precisa de uma “limpeza” no processo político. Contudo, faz-se mister uma análise crítica do tema, abordando as especificidades que o assunto apresenta.

Este é um tema que, com certeza, desperta muito interesse e gera muitas críticas e opiniões a cerca do assunto. Preciso apenas frisar que essa é minha opinião, contudo, usarei argumentos jurídicos e como um futuro operador do direito, defenderei a nossa Constituição Federal.

Foi votada nesta quarta, 23/03/2011, no STF a Lei Complementar 135, de 4 de junho de 2010, popularmente chamada de Lei da Ficha Limpa, que passou a entrar em vigor logo após a aprovação no Congresso e sanção do ex-presidente Lula. Esta lei é de iniciativa popular, tendo recebido mais de 1,6 milhões de assinaturas colhidas pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, segundo consta no site do Senado Federal.

Quando a Lei da Ficha Limpa, foi votada no STF, houve um empate: 5 votos a 5; e ficou decidido que seria mantida a decisão do Tribunal Superior Eleitoral, por 7 votos a 3, e que a lei teria validade para as eleições de 2010. A grande questão reside no fato de que a Lei da Ficha Limpa foi aprovada alguns meses antes do pleito, motivo que levou a muitas discussões.

O nosso ordenamento jurídico pátrio segue a teoria do jurista Hans Kelsen que diz que o ordenamento jurídico é uma estrutura escalonada, em forma de pirâmide, onde no topo desta se encontra a Lei Fundamental [que é a nossa Constituição Federal], e que todas as outras leis hierarquicamente inferiores devem buscar seu fundamento valorativo na Constituição. Por conseguinte, toda lei que venha ferir uma norma constitucional será declarada inconstitucional. O problema em si, não é a validade da Ficha Limpa, visto que ela é uma lei constitucional, mas sim sua aplicabilidade.

O disposto no art. 16 da Constituição Federal é claro ao declarar que uma lei que altera o processo eleitoral só poderá ser válida para as eleições do ano, se criada 1 ano antes do pleito, o que não ocorreu com a Ficha Limpa, que foi criada no mesmo ano das eleições. Outro problema que surgiu com a criação desta lei é que ela retroage para atingir fatos passados, ferindo, portanto, um princípio basilar que é o da irretroatividade da lei, isto é, a lei nunca pode retroagir para atingir fatos que ocorreram no passado.

A população brasileira quer, de qualquer forma, ver fora do cenário político, o que a futura ex-senadora, Marinor Brito do PSOL-PA, falou: “as velhas raposas da política brasileira”, e isso se confirma pelo fato de a Ficha Limpa ser uma lei de iniciativa popular.

Quando o 11º ministro do Supremo, Luiz Fux, foi nomeado, após a aposentadoria de Eros Grau, foram geradas muitas expectativas, principalmente para as questões judiciais que estavam pendentes, como a votação final da Ficha Limpa.

Fux, como juiz de carreira, não surpreendeu com seu voto. Já era esperado. Fux obedeceu a estrutura escalonada das normas que eu me referi acima. O novo ministro do STF priorizou defender os valores consagrados pelo poder constituinte originário, o qual o povo é o detentor. Nenhuma lei, por melhor que ela seja, pode estar acima da Constituição. Para Fux, mesmo a melhor das leis não pode ser aplicada contra a Constituição. “O intuito da moralidade é de todo louvável, mas a norma fere o artigo 16 da Constituição Federal”, disse o mais novo ministro do Supremo, defendendo o princípio da anualidade. “A iniciativa popular é mais do que salutar, desde que em consonância com as garantias constitucionais. Um país onde a Carta Federal não é respeitada é um país que não tem Constituição. A Justiça não pode se balizar pela opinião pública”, continuou.

Daí, a necessidade da população brasileira de entender que a invalidade da lei para o pleito de 2010, respeitou a Constituição Federal, respeitou o poder constituinte originário, respeitou, portanto, a própria nação brasileira que é detentora de tal poder.

De certo que a moralidade na política é muito importante e será atendida, contudo, a moralidade também está atrelada ao respeito à Constituição Federal.

O culpado nessa história toda não é o Poder Judiciário, mas sim o Legislativo. Por que não criaram essa lei 1 ano antes? Por que deixaram o “pepino” para o STF responder? Essa é uma lei boa, que deve ser mantida, contudo não possui os requisitos para ser válida para as eleições de 2010.

O líder do PPS na Câmara, Rubens Bueno, criticou o voto do ministro Luiz Fux, alegando que ele “frustrou a expectativa de toda sociedade brasileira e jogou por terra a validade de um projeto de iniciativa popular”. A Lei Complementar 135/2010 não foi declarada inconstitucional, ela valerá para as eleições de 2012 e seguintes, portanto, o projeto de iniciativa popular não foi jogado por terra e a maior frustração seria ter nossa Constituição desrespeitada.

Concluindo, está é uma lei que vai trazer muitos benefícios à sociedade brasileira, caso os nossos representantes continuem com esse festival de improbidades e, doravante, se não se cuidarem, irão ter seus registros de candidatura caçados e barrados pela Lei da Ficha Limpa que aí está em vigor.

Pedro Oliveira
[Acadêmico de Direito e estagiário do Ministério Público Estadual]

Em tempo

O final de semana foi sem dúvidas o mais chuvoso do ano até agora. Está chovendo na City desde sexta-feira. Só no sábado caiu água por mais de 20 horas ininterruptas e ontem à tarde um senhor temporal deu a tônica em solo luziense.

A internet realmente é solo fétil para a criatividade. No Twitter um gaiato escreveu o seguinte sobre a ida de Adriano, o Imperador para o Corinthians: "O Adriano está indo para Corinthians somente para aproveitar as camisas tamanho GGGGG deixadas pelo Ronaldo." Quanta maldade...

Adamor Aires pode está batendo em retirada do PR e marchando rumo ao PSDB de Simão Jatene, a quem o ex-deputado dedicou incondicionalmente o seu apoio nas eleições do ano passado. Para retribuir a gentileza o governador virá à Santa Luzia nos próximos meses oficilizar a filiação do ilustre luziense na legenda tucana e de quebra lançá-lo na disputa de 2012 sob suas bênçãos.

A petezada
continua firme no intento de emplacar nas eleições do ano que vem o nome da "criatura eleitoral" do apedeuta dando-lhe o máximo de visibilidade através do uso escandaloso da máquina administrativa. O Ministério Público precisa agir rapidamente para acabar com essa pouca vergonha.

A CGU [Controladoria Geral da União] desembarca hoje na City para mais uma devassa nas contas da Secretaria de Saúde, seara dos malfeitos do apedeuta que já deu sumiço em milhões de reais destinados à pasta.

À propósito, um amigo vermelho informou ao blog que os PSFs [Postos de Saúde da Família] amanheceram nos trinques nesta segunda-feira. Foi uma correria danada para pintar, mobiliar e até colocar vasos com plantinhas na frente dos prédios para impressionar os auditores da CGU.

Dia 5 de junho
acontecerá, mais uma vez, na City a abertura do Campeonato Paraense de Motocross na psita do Edno, no Km 48. A prova será disputada à noite e o empresário já acertou todos os detalhes com a federação paraense da modalidade esportiva.

Na última sexta-feira
a população de Curralinho cansada da corrupção praticada pelo prefeito e da omissão dos vereadores promoveu um quebra-quebra naquela cidade marajoara. Não deixaram pedra sobre pedra. Foram depredados vários prédios públicos, mas os alvos preferencais foram a câmara e a prefeitura. Sem querer fazer apologia à violência, se a moda pega Santa Luzia estaria correndo perigo.

O racha
da base governista de Santa Luzia não passa de pastelão mexicano para inglês ver. A suposta líder da rebeldia petista, vereadora Lúcia Machado, aboletada na presidência da Câmara Municipal e que tem a prerrogativa de enquadrar o apedeuta pelas suas traquinagens com recursos públicos baixou a guarda e balançou a bandeira branca para a cumpanherada selando a paz. A mudança de atitude repentina protagonizada pela parlamentar se deu depois de um encontro com o presidente estadual do PT, João Batista, semana passada no Anexo's Restaurante, espaço chique dos granfinos em Capanema, deixando irritados alguns "cumpanhêros" que acreditaram no surto oposicionista da vereadora.

Parabéns
, atrasados, ao ex-prefeito Nato Costa, leitor assíduo deste blog, que ganhou idade nova na data de ontem...

Esclarecendo

Desde a eleição da mesa diretora da Câmara Municipal, em dezembro do ano passado, que a rolam na City boatos dando conta de uma possível união do grupo político da Família Oliveira, liderado pelo ex-deputado Adamor Aires, com os petistas, aboletados na prefeitura há seis anos, devido o apoio do vereador Tião Oliveira [PR] à chapa governista encabeçada pelo vereador Edson Farias [PT] que disputou, sem êxito, a presidência daquela casa de leis.

À época, pelo mesmo motivo, o vereador Tião divulgou nota neste blog explicando que não tinha passado a integrar as hostes governistas, como alardeavam, e justificou as razões que o levaram a apoiar a candidatura de Edson Farias. O tempo passou e a boataria continua, tanto que ontem durante a arguição da secretária de saúde no plenário da Câmara, os questionamentos do parlamentar foram confundidos como palavras de apoio à administração municipal. Fato totalmente inverídico. O que aconteceu, talvez, tenha sido uma má interpretação das colocações feitas pelo verador por parte dos que estavam presentes na seção.

Segundo o próprio Tião, sua atuação como líder da oposição não consiste em se contrapor à todas as ações do governo, principalmente àquelas que visam benefícios aos luzienses. Ser oposição, requer responsabilidades tanto quanto administrar. E ceder em favor da coletividade, qando necessário, é amadurecimento político e não fraqueza ou conchavo como querem fazer parecer alguns.

Portanto, o "Grupo 22" jamais esteve atrelado aos petistas como dizem os fofoqueiros de plantão, mas firme na oposição, agindo com independência na luta pela cosntrução de uma nova Santa Luzia, sem as mazelas que aí estão.

A "Família 22" está mais viva do que nunca, coesa, sólida e pronta para as batalhas que virão, inclusive com nomes de tradição na política local como alternativas para as próximas eleições, e o ex-deputado Adamor Aires, com todo o seu capital político, é um deles, sem sombra de dúvidas.

Chuva provoca acidente

P26-03-11_14.03[1]

A forte chuva que cai na City e região, desde às 10 hs, provocou um acidente por volta do meio dia na BR-316 em frente à fazenda do ex-vereador Zé Joca no Km 45.

O proprietário de um Siena de cor prata [vide foto], morador novato de Santa Luzia, que retornava da capital do estado perdeu o controle do veículo, devido ao excesso de água na pista, bateu na barreira e capotou em seguida.

O condutor nada sofreu, mas sua esposa que vinha no banco do carona machucou-se [aparentemente sem gravidade], foi socorrida e transferida para um hospital de Capanema.

Tensão no ar

A sessão de hoje da Câmara Municipal está movimentadíssima. Fonte do blog que encontra-se nas dependências daquela casa de leis informa que tem gente graúda da administração petista se explicando para os nobres edis.

Às vésperas da chegada da equipe de auditores da CGU [Controladoria Geral da União] para mais uma devassa nas contas da Secretaria da Saúde, a cumpanherada está tensa por que a situação é totalmente desfavorável e fugir do cerco da justiça é tarefa cada vez mais difícil para esses transgressores.

Acidente

Chegou até o blog a informação de que uma carreta que transportava cerveja [Brahma Chopp] virou na BR-316, próximo à entrada da comunidade do Muruteua, sem danos à integridade física do motorista que sofreu apenas escoriações pelo corpo.

Algumas pessoas que trafegavam pelo local pouco depois do acidente, acontecido à tarde, saquearam parte da carga que foi protegida com a chegada da Polícia Rodoviária Federal.

Santa Luzia que te quero bem

Se a administração petista de Santa Luzia, altamente lesiva aos recursos financeiros municipais, investisse menos em marketing fantasioso que pinta a realidade ao gosto do "artista" e realmente fizesse o que a propaganda alardeia aos ventos nossa realidade certamente seria outra, bem diferente. As sucessivas auditorias provaram que o rombo nas contas do município é escandaloso, tanto que o apedeuta - o arauto da gatunagem - responde vários processos impetrados na justiça pelo MPF [Ministério Público Federal] por desvios de recursos e improbidade administrativa, inclusive, sendo condenado recentemente a ressarcir mais de R$ 1 milhão aos cofres públicos.

Colocar um município no vergonhoso ranking de o "terceiro mais corrupto do estado", apontado pelo relatório da CGU [Controladoria Geral da União], não é para qualquer um, mas a cumpanherada, aprovada com méritos na escola da roubalheira, conseguiu essa proeza em apenas 5 anos. Esta é a realidae que os éticos petistas, integrantes da nova elite financeira da cidade, incomodam-se quando confrontados, principalmente os "moleques de recados", forasteiros alçados para terras luzienses na esteira da gastança do "nosso dinheiro" patrocinada por um governo irresponsável que tenta maquiar com propagandas a verdadeira situação do município.

Quem ama cuida, e só ama Santa Luzia - nossa querida Cidade Morena - quem "brotou do seu ventre" e a viu florescer com todos os seus encantos e não os oportunistas de plantão que ao sabor das verbas públicas instalaram-se em terra alheia para tentar iludir o ordeiro povo luziense com histórias da Caronchinha.

Fux the Brasil

Com a decisão de hoje o STF [Supremo Tribunal Federal] lavou com Q'bôa as fichas sujas de velhas raposas políticas que passaram a vida inteira pilhando o patrimônio público e, até então, estavam impedidos de assumir mandato eletivo por conta da retroatividade da Lei da Ficha Limpa.

Luiz Fux, calouro no Supremo, é o principal responsável por esse retrocesso ao desempatar o placar à favor dos corrúptos, como Jader Barbalho, que agora estão livres para retornar à vida pública como se nada devessem à justiça e à nação brasileira.

A decisão do Supremo Tribunal Federal provoca a dança das cadeiras no Senado envolvendo quatro estados:

- Amapá: sai Gilvan Borges [PMDB] e assume João Capiberibe [PSB].
- Pará: sai Marinor Brito [Psol] e assume Jader Barbalho [PMDB].
- Paraíba: sai Wilson Santiago [PMDB] e assume Cássio Cunha Lima [PSDB].
- Tocantins: sai Vicentinho Alves [PR] e assume Marcelo Miranda [PMDB].

Mais uma auditoria na prefeitura

Fonte fidedígna, gente de alma vermelha mesmo, informou ao blog que uma equipe da CGU está chegando na City daqui a três dias para fazer auditoria nas contas da Secretaria Municipal de Saúde, setor que concentra boa parte das malfeitorias do apedeuta e sua turma.

De acordo com a referida fonte, o corre-corre na prefeitura começou segunda-feira na tentativa de maquiar o rombo [que já rendeu na Justiça Federal dois processos contra o prefeito e a secretária] com notas fiscais frias em nome de laranjas e os PSFs [Postos de Saúde da Família] estão sendo pintados e mobiliados, já que alguns não dispunham nem de uma mísera mesa obrigando os funcionários apoiarem nas pernas o papel para escrever.

As irregularidades existem por que a CGU mostrou em seu relatório que os desvios de recursos nesse setor chegam a alguns milhões de reais e denunciou os responsáveis ao MPF [Ministério Público Federal] que está tomando as devidas providências.

Para quem vendia a imagem de santinhos, a cumpanherada está se revelando um exímio sumidouro de dinheiro público enquanto a saúde agoniza no município.

Águas de março

As "águas de março" provocaram pânico em Salinas durante o final de semana assustando nativos e turistas com a fúria da maré na praia oceânica mais famosa do estado.

Na praia do Atalaia muitas barracas foram atingidas por ondas de até 5 m de altura causando grandes prejuízos aos proprietários. No farol velho, reduto de mansões luxuosas, a violência das ondas também causou estragos derrubando muros e arrastando tudo o que havia pela frente deixando um rastro de destruição por onde passou.

Hoje pela manhã o cenário era desolador, típico de locais atingidos por grandes desastres naturais. Dunas inteiras foram arrastadas, barracas transformaram-se em um monte de escombros e casas de luxo parcialmente destruídas.

Kassab lançou hoje o seu novo partido

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, oficializou hoje a criação de um novo partido, o PSD [Partido Social Democrático].

O evento aconteceu na Alesp [Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo] durante a tarde, quando Kassab oficializou sua saída do Dem, com o apoio do vice-governador do estado, Guilherme Afif Domingos, que também se desligou do Dem e se fliou na nova sigla partidária.

Engana que eu gosto

Gangster petista tido na City como "persona non grata" até mesmo pela cumpanherada mudou de atitudes e agora é só sorrisos e apertos de mãos, até com os desafetos da administração vermelha, por onde chega.

A mudança de hábitos se deve, simples e unicamente, ao fato de que a indigesta figura está de olho em uma vaga na Câmara Municipal nas próximas eleições.

Plagiando o famoso bordão do incorrigível Chico Cardoso:

- Tá bonitinho...

Capanema ganha mais um jornal semanal

BLOG_P~1

O jornal Correio Capanema, peródico semanal de notícias da cidade de Capanema, ganhou um concorrente. Trata-se do jornal, também semanal, Pará Notícias editado pelo jornalista, blogueiro e radialista Paulo Zildene.

A primeira edição do Pará Notícias começou a circular hoje, além de Capanema, nos municípios de São João de Pirabas, Peixe-Boi, Nova Timboteua, Tracuateua, Bragança, Primavera e na próxima semana em Belém, garante o editor.

Governador anuncia nomeação de 1.523 concursados

Foi anunciado, nesta segunda-feira [21], a nomeação de 1.523 novos concursados para o estado. O número representa 41% das 3.801 vagas ofertadas nos 34 concursos ainda em vigor atualmente.

Das vagas ofertadas, 1.212 serão para nível superior, 265 para nível médio e 46 para nível fundamental e serão distribuídas tanto para capital quanto para o interior. Já a distribuição das vagas pelos setores do estado prioriza a saúde [135], segurança [168] e educação [1011], que são as áreas estratégicas do governo. Só na educação, serão 722 professores e 289 técnicos.

Simão Jatene afirmou que as nomeações foram possíveis graças à melhora do equilíbrio fiscal do Estado. As medidas de contenção de despesas e a melhoria na arrecadação nos dois primeiros meses do ano foram os principais motivos. "Ainda temos uma situação restritiva, mas já é possível ter um piso para podermos trabalhar", afirmou o governador.

Fonte: Portal ORM.

Em tempo

O bairro do Km 48 encerrou no último sábado a festividade do seu padroeiro, São José, com uma grande procissão que saiu às 19 hs da Igreja Matriz de Santa Luzia. O pároco padre Elias encerrou as comemorações dedicadas ao "santo carpinteiro" com a celebração da Santa Missa para centenas de pessoas que lotaram a igreja do bairro.

Entrou em vigor nesse início de ano a lei municipal "Nando Vieira", de autoria deste vereador, votada pela câmara e sancionada pelo prefeito, que dá incentivo financeiro de um salário mínimo para os jovens luzienses que cursam nível superior em outros municípios.

A violência reinou em Santa Luzia e região nesse final de semana. No último sábado um luziense bastante conhecido, o Jeremias, teve sua moto tomada de assalto no Ramal da 12, em plena luz do dia, por dois marginais armados, que só não levaram a moto porque esta possui um dispositivo de segurança que é ativado travando o veículo depois de 200 m longe do controle que fica de posse do proprietário.

Ontem alguns luzienses que foram armar curió em Cachoeira do Piriá, encontraram em baixo da ponte do rio Piriá, na BR-316 próximo à sede do município, o cadáver de um homem com várias marcas de tiros. De acordo com informações a polícia de Cachoeira que recolheu o corpo, até então sem identificação, trabalha com a hipótese de acerto de contas em que a vítima teria sido executada em outro lugar e "desovada" no local.

Ainda sobre a violência: no último sábado duas sobrinhas do signatário do blog, ambas de 15 anos de idade, sofreram tentativa de assalto na pracinha em frente ao prédio da Radisco Magazine enquanto tomavam sorvete em companhia de um amigo no início da noite. O marginal, já preso e identificado pela polícia como um elemento de alta periculosidade, abordou o trio armado com uma faca exigindo dinheiro e celulares e só não teve êxito no seu intento por que o amigo reagiu chamando a atenção das pessoa que também estavam na pracinha assustando o elemento que fugiu em disparada.

Edno Alves está de viagem marcada no mês de julho para Israel. O empresário, católico fervoroso - segundo o próprio -, fará um tour pela Terra Santa e visitará os principais pontos turísticos de Jerusalém e de outras cidades que compõem o roteiro da fé no Oriente Médio.

O ex-deputado Adamor Aires, agora sem ocupação política eletiva, tem concentrado seus conhecimento jurídicos e influência política na capital para auxiliar o prefeito de Cachoeira do Piriá, seu primo Antenorzinho Oliveira, na administração daquele município que transformou-se num canteiro de obras e tornou-se exemplo de gestão pública eficiente na região nordeste do estado.

À propósito, Santa Luzia também tornou-se um canteiro de obras nos últimos seis anos, só que de obras inacabadas: como o matadouro, estádio, ginásio, escola do Broca... e ninguém sabe onde foram parar os recursos liberados para essas obras que, inclusive, já foram sacados integralmente pela "eficiente" administração petista.

O irreverente Marão do Bira, figura marcante nas campanhas políticas da City na década de 90, que está na capital do estado onde luta contra um problema de saúde, não muito grave, mas inspirador de cuidados, é merecedor da nossa torcida e orações em prol da sua melhora.

O empresário Neto Pereira, o mais luziense dos pernambucanos que habitam a City, fez aniversário na semana passada e ganhou os "parabéns pra você" num almoço para os amigos mais chegados, pilotado pela sua esposa, Dona Rosa, e seus filhos, Léo e Júnior Pereira, ontem na sede da fazenda do Grupo Bom Jesus na comunidade do Broca.

A "cumpanherada" tem andado meio jururu depois que o apedeuta, o comandante-em-chefe da lesiva administração petista luziense, foi condenado à revelia pelo TCM [Tribunal de Contas dos Municípios] a devolver aos cofres públicos mais de R$ 1 milhão em recursos desviados da prefeitura e aproximadamente R$ 150 mil em multas pela suas traquinagens no comando dos recursos federais destinados à saúde, educação e assistência social.

A comarca de Santa Luzia, sob o comando do jovem e competente juiz André Luiz Filo-Crião da Fonseca, realizará no mês de abril pelo menos três julgamentos de grande impacto na City. Com esse objetivo o magistrado já notificou os jurados que farão parte do conselho de sentença no julgamento de alguns presos na Operação Açaí, deflagrada pelas polícias Civil e Militar em julho do ano passado, e outros presos por assassinatos de grande repercussão.

Nesse período de Quaresma em que a City fica sem festas e baladas a loja de conveniências Kayo no posto do Km-48 [leia-se posto do Glécio], sob o comando da simpática Ângela Fontes, tornou-se o point preferido dos baladeiros de plantão nas pacatas noites luzienses.

Parabéns ao engenheiro de alimentos Renatinho Vieira, leitor assíduo desse espaço, pela sua aprovação no curso de Engenharia Sanitária da Ufpa [Universidade Federal do Pará] transcorrida no final de semana.

Jader pode vir aí...

Jader Barbalho, aquele que dispensa apresentações, poderá ressurgir das cinzas e já na próxima semana, mais precisamente na quarta-feira, quando o STF [Supremo Tribunal Federal] votará, novamente, a Lei da Ficha Limpa.

O novo ministro do Supremo, Luiz Fux, terá a difícil missão de desempatar o placar, e está analisando os votos dos seus pares. O mais novo integrante da côrte máxima da justiça brasileira, já deu indícios de que é contra a retroatividade da lei, e poderar resgatar Jader do ostracismo político em que encontra-se mergulhado desde que foi impedido de assumir uma vaga no Senado Federal.

Sinceramente, os paraenses não merecem tamanha crueldade.

Romaria

Na última sexta-feira, 18, os deputados federais Giovanni Queiroz [PDT], Lira Maia [Dem] e Zequinha Marinho [PSC], principais interessados no assunto, lideraram uma romaria à gabinetes dos seus pares e do presidente da Câmara em busca de apoio para a votação do plebiscito que pede a criação dos estados do Carajás e do Tapajós à partir da "desintegração" do território paraense.

À sua imagem e semelhança

A cumpanherada tá tentando de tudo, e esse tudo inclui o uso descarado da máquina pública, para dá visibilidade ao ungido à sucessão do apedeuta colocando-o sob os holofotes políticos sempre que possível.

No entanto, a criatura eleitoral do apedeuta e sua turminha calaceira não passa de uma figura com atuações opacas no cenário político luziense, derrotado para si mesmo em todas as tentativas de chegar à Câmara Municipal.

O apedeuta na mira da Justiça, de novo.

Na última terça-feira, 15, a coluna "Bom Dia" do jornal Diário do Pará, editada pelo jornalista Guilherme Augusto, publicou duas notas que interessam muito aos luzienses:

Queda e coice

"As contas de 2007 do prefeito de Santa Luzia do Pará, no nordeste paraense, Lourival Fernandes de Lima [PT], receberam parecer prévio contrário à aprovação pela Câmara Municipal.

Citado pelo Tribunal de Contas dos Municípios, não se defendeu e suas contas foram julgadas à revelia. O resultado não poderia ser pior: Lourival deverá recolher aos cofres públicos mais de R$ 1 milhão, além de multas que somam mais de R$ 150 mil."

Queda e coice 2

"O TCM também rejeitou as contas de 2007 dos Fundos Municipais de Saúde, de Educação e de Assistência Social de Santa Luzia, todas de responsabilidade de Lourival. Tem mais, cópias dos autos serão enviadas, se já não foram, ao Ministério Público."

Pelo desdobrar dos fatos, vem mais um processo por aí por improbidade administrativa e desvio de recursos contra o apedeuta e a "cumpanherada" que estão metendo a mão sem dó nem piedade nos cofres da prefeitura da nossa querida Santa Luzia do pará.

Direto do Japão

A tragédia ocorrida no Japão, apesar de muito distante, pode está mais próximo de nós do que podemos imaginar, basta lembramos de alguns luzienses, amigos nossos, que há anos habitam aquele país. Uma dessas pessoas é o Júnior Leal que reside com a família em Hamamatsu, cidade pertencente à província de Shizuoka, região central do Japão, o único com quem mantenho contato.

Hamamatsu é um grande pólo industriai japonês, sede das gigantes Honda, Yamaha e Suzuki, que abriga entre os seus mais de 800 mil habitantes aproximadamente 18 mil brasileiros e como relata [via Orkut] o próprio Júnior, sofreu poucos danos:

"Cara graças à Deus estou bem e toda minha família realmente a situação aqui é crítica. Foi triste ver tudo isso acontecendo mas graças a Deus o epicentro do terremoto foi distante de onde eu moro mas foi tão grande que mesmo onde eu moro sacudiu tudo.

Eu tava dentro do carro cara parado no semáforo e o carro começou a balançar de um lado a outro. Não me dei conta de imediato do que tava acontecendo e pensei que o carro tava morrendo ou coisa parecida quando olhei pro lado e vi as pessoas se jogando no chão aí que me dei conta que era um terremoto e um enorme terremoto seguido de tsunami. Foi o maior que eu já passei aqui nesses dez anos de Japão. Maior e mais duradouro.

As fábricas a maioria dispensou os funcionários. Eu fui pra fábrica mas me mandaram voltar pra casa porque teria o risco de acontecer novamente, mas como te disse graças a Deus estamos todos bem eu e minha família o epicentro foi longe de onde eu estou mas estamos ainda atormentados e um pouco assustado, porque só Deus sabe quando e onde poderá ocorrer novamente...

Um abraço saudoso e obrigado pela lembrança e um abraço a todos. Tô com muita saudades do 47 e da galerinha em geral.
"

Júnior Leal

Carnaval violento no Pará

O carnaval acabou quarta-feira [9] e junto com as lembranças da folia deixou um triste recorde. Com oito mortes, o período foi o mais violento nas estradas federais paraenses nos últimos anos. Além do alto número de fatalidades, também foram registrados 107 acidentes e 2773 autuações por infração de trânsito entre meia-noite de sábado e as 23:59 hs da terça-feira [8], o que representa dados muito superiores aos do ano passado, quando nenhuma morte foi contabilizada.

Responsável por 80% dos acidentes registrados no carnaval, a BR-316 manteve o posto de rodovia mais perigosa do estado. E o risco é ainda maior nos primeiros 20km de sua extensão, da entrada de Belém ao município de Benevides, afirmou a Polícia Rodoviária Federal.

Fonte: Diário do Pará.

Desembarque

Edno Alves já está com os dois pés no PPS. Ontem, quinta-feira, o empresário foi recebido na capital do estado pelo presidente regional da legenda, o deputado federal Arnaldo Jordy, para acertar os detalhes da sua filiação.

Segundo informa a direção do PPS luziense, leia-se Antonio Luís, no dia 16 de abril as principais lideranças do partido no Pará, o vice-governador Helenilson Pontes, o deputado federal Arnaldo Jordy e o deputado estadual João Salame estarão em Santa Luzia para a realização de um congresso com foco nas eleições municipais de 2012 quando Edno e outras aquisições do partido em terras luzienses assinarão suas fichas de filiação.

Bancos em Santa Luzia: uma questão prioritária para o desenvolvimento local

É no mínimo decepcionante chegar em uma cidade, seja ela grande ou pequena, e não poder contar com serviços bancários tão importantes e necessários ao bem estar da população e ao desenvolvimento de uma economia local.

Mesmo considerando que o capitalismo global, erguido sobre os pilares do sistema financeiro, beneficie [lucros] em primeiro lugar os donos do capital e das instituições bancárias [burguesia] em detrimento da classe trabalhadora, não há como pensar o desenvolvimento de um pequeno município como o nosso, sem levar em conta o poder estruturante e os inúmeros benefícios sócio-econômicos que um banco proporciona.

Sendo ou não correntista de um banco, é nele que o cidadão paga suas contas [água, luz, telefone, boletos,...] recebe pensões e/ou benefícios previdenciários, saca recursos dos programas sociais [Bolsa-Família, Vale-Gás, Pró-Jovem,...] adquire serviços, obtém financiamentos, e etc... Que têm em conjunto um efeito multiplicador sobre várias outras datividades econômicas.

Visto por esse ângulo, por que não há um banco em Santa Luzia? Por que o poder público e os empresários "não movem uma palha" para trazer uma agência bancária para o nosso município?

Essas são algumas das perguntas que nossos cidadãos fazem toda vez que são penalizados pela omissão de alguns, são obrigados a deslocarem-se até Capanema ou outras cidades para receberem seus salários, pagarem suas contas e realizarem suas compras do mês, transferindo para lá a renda e os empregos que tanto fazem falta ao povo de Santa Luzia.

Não dá mais para concordar com essa mentalidade colonialista que torna nossa cidade submissa aos interesses de fora. Tampouco dá para aceitar explicações tortuosas e inverídicas que deixam a questão [bancos] em segundo plano isentando de qualquer responsabilidade [dever] as autoridades locais que infelizmente estão "míopes" e não enxergam as enormes vantagens e possibilidades de ganho político futuro.

Como seria bom para um líder político ganhar a admiração e o reconhecimento do seu povo como "aquele que trouxe um banco, uma fábrica, uma universidade, ...". Seria uma simbiose perfeita que resultaria em uma "enxurrada de votos" e ao mesmo tempo daria o pontapé inicial para o desenvolvimento do nosso município.

Jorge Daniel
[Geógrafo e professor especialista em Gestão Ambiental pela UFPA]

Prefeito de Cachoeira do Piriá paga abono novamente para os professores do município

O prefeito de Cachoeira do Piriá, Antenorzinho Oliveira [PR], além de pagar o salário de fevereiro dos seus 850 funcionários antes do carnaval, dia 4 de março, pagou também um abono de R$ 500,00 para todos os professores do município, dando continuidade à Política de Valorização do Profissional de Educação que está sendo implantada no seu governo.

Diante desse fato, faz-se necessário duas perguntas básicas:

01- Por que no Cachoeira que tem mais professores e recebe menos recursos do Fundeb [R$ 2.096.502,01 - janeiro e fevereiro] é possível conceder abono?

02- E em Santa Luzia que tem menos professores e recebe um volume maior de recursos do Fundeb [R$ 2.168.783,03 - somente em janeiro e fevereiro] nunca foi concedido um centavo de abono aos professores?

Em tempo

Inaugurou no final de semana na City uma filial da sorveteria Beijo Frio, de Capanema, no prédio onde funcionou o antigo Macaxeira's. Com uma grande variedade de sabores e o serviço de "self service" a sorveteria tornou-se a principal opção de pais e filhos no final de semana.

Ontem além de ser a "terça-feira gorda" de carnaval também era o Dia Internacional da Mulher, aliás, data que parece ter passado despercebida por muita gente que ocupa ou postula cargo político na City. A exceção foi o empresário Edno Alves que veiculou pela manhã uma mensagem dedicada à elas. Parabéns pela iniciativa.

O casal Claudinho e Lenita foi passar a folia de momo na paradisíaca Costa do Sol [litoral cearense] na companhia dos filhos, amigos e familiares.

O carnaval luziense evoluiu muito nos últimos tempos com o surgimento de vários blocos e o Carnaluziense promovido pela prefeitura. A programação desse ano, incluindo arrastões de blocos, o Caranaval com Cristo e o Carnaluziense, foi uma das melhores com trios elétricos, carretinhas automotivas e bandas de renome no cenário musical paraense. Porém, a participação popular foi uma das mais baixas de todos os caranavais. Basta ver os arrastões de blocos que mesmo tendo vendido centenas de abadás reuniram pouquíssima gente na avenida. Depois reclamam que não temos carnaval.

A grande sensação desse carnaval foi o III Luzifest com o arrastão do bloco Somos de Deus, promovido pela Paróquia de Santa Luzia no encerramento do Carnaval com Cristo que reuniu centenas de pessoas, jovens na maioria, atrás do trio elétrico Gurijuba sob o comando do padre Elias e os acordes da banda gospel Ebe Gamalieu.

A novidade desse ano no corredor da folia foi o bloco Equipe do Chapéu, destinado à turma do batom [com alguns marmanjos trajando o abadá cor-de-rosa], que logo na estreia colocou muita gente para correr atrás da carretinha Burra Preta no seu primeiro arrastão.

A programação do XV Carnaluziense, aquele promovido pela administração municipal, foi impecável em termos de atrações não deixando nada à desejar. O grande pecado da organização, porém, foi a exclusividade da cerveja Kaiser nas barracas, rejeitada pela grande maioria dos luzienses.

À propósito, os ambulantes que se aventuraram na multidão vendendo cervejas Schin ou Skol faturaram alto com a grande rejeição à cerveja oficial do Carnaluziense, a Kaiser.

A operadora de telefonia móvel que atende pelo sugestivo nome de Vivo [da qual somos reféns e não clientes], a única que atua na City, e o seu "serviço de qualidade" deixaram os luzienses na mão durante quase todo o carnaval. No sábado e no domingo ficou a maioria do tempo sem sinal e quando voltou era quase impossível completar uma ligação. Quem tentou usar o serviço de internet ficou à ver navios e os torpedos sms só chegavam ao destinatário depois de dezenas de horas após o envio.

O circo Nazionale D'Itália que pousou na City a duas semanas em uma estreia apoteótica reduziu o preço do ingresso, que já custou R$ 10,00, para apenas R$ 2,00. Sei não, se passar mais uns dias em solo luziense acho que vamos ter espetáculos 0800.

Segundo informações, durante o carnaval, no sábado, a polícia tirou de circulação quatro bandidos que agiam na região de Santa Luzia/Cachoeira. De acordo com algumas fontes a quadrilha teria assaltado R$ 30.000,00 de um comerciante de Cachoeira e na fuga trocou tiros com a polícia que matou os quatro elementos.

Com o fim da folia caranavalesca chegou a Quaresma: tempo de reflexão para os católicos sem badalações na City que respeita essa tradição.

Acidente no Km 211 da BR-316 deixa dois mortos

Um acidente envolvendo uma motocicleta e um Celta prata levou duas pessoas a morte neste domingo [6]. A colisão aconteceu no Km 211 [próximo à comunidade do Pitoró] da BR-316, em Santa Luzia do Pará, região nordeste do estado.

Segundo informações do agente especial Carlos Soares, da PRF [Polícia Rodoviária Federal], o motoqueiro e uma mulher que estava com ele morreram ainda no local do acidente, logo após a colisão com o veículo.

Ainda de acordo com o agente da PRF, o motociclista trefegava na contra-mão e em zig-zag, no quando foi surpreendido pelo automóvel. Os corpos das vítimas já estão no IML [Instituto Médico Legal], aguardando o laudo do acidente.

O Portal ORM entrou em contato com a assessoria do Instituto Médico Legal mas ninguém atendeu aos telefonemas.

Fonte: Jornal O Liberal, edição de hoje, 7 de fevereiro.

Nota: O motoqueiro morto no acidente é o barbeiro Aíres, mencionado num pôster aqui no blog hoje cedo.

Fofocódromo

Segundo informações da "Rádio Cipó News", o empresário Edno Alves estaria desembarcando do PSB e marchando para reforçar as hostes do PPS.

Desidratado, o PSB que tem como expoente maior o ex-senador Ademir Andrade que não conseguiu se eleger nem para a Câmara Federal nas duas últimas eleições, deixou de ser atraente, ao contrário do PPS agora inflado com a conquista da vice-governadoria pelo até então desconhecido santareno Helenilson Pontes e o sucesso nas urnas obtido pelo deputado federal Arnaldo Jordy, um dos campeões de votos no estado.

Acidente grave no sábado matou o barbeiro luziense

Acidente grave na BR 316 na noite de sábado levou a óbito o barbeiro [cortador de cabelo] Aíres, natural da comunidade da Estiva mas há alguns anos radicado na City.

Aíres, que nos últimos dois anos cortou o meu cabelo, pilotava sua moto que chocou-se violentamente contra um Celta.

O velório aconteceu na residência da sua família, na Estiva, e o sepultamento foi ontem à tarde.

PT saudações

Dr. Wagner Curi [PT], prefeito de Salinas, foi gentilmente "convidado" pela direção da legenda à deixar o partido.

Wagner Curi nunca se identificou mesmo com os "cumpanhêrus" e sempre teve o apoio incondicional do deputado federal Wladmir Costa [PMDB] com quem embarcou de corpo e alma na campanha de Simão Jatene ano passado virando as costas para a petista Ana Júlia Carepa, derrotada pelo tucano.

Posse

Foi empossado hoje na 4ª Regional da Sespa de Capanema o médico Breno Henry Oliveira dos Santos, indicado pelo deputado estadual Eduardo Costa [PTB] como parte da sua cota no Governo Simão Jatene II.

A 4ª Regional da Sespa de Capanema abrange 16 municípios: Augusto Corrêa, Bonito, Bragança, Cachoeira do Piriá, Capanema, Nova Timboteua, Ourém, Peixe Boi, Primavera, Quatipurú, Salinópolis, Santa Luzia do Pará, Santarém Novo, São João de Pirabas, Tracuateua e Vizeu. Totalizando aproximadamente 700 mil pessoas do nordeste paraense.

Vigia e Cametá - os melhores carnavais do Pará

Carnaval de Vigia

Este ano quem for para Vigia terá animação garantida, mesmo quem não tem muito dinheiro no bolso.“Treze blocos sairão nas ruas, temos blocos de abadás e blocos livres, que já são tradição, como o Bloco dos Mascarados, que sai na sexta-feira, onde qualquer pessoa com máscara ou fantasia pode participar, o Bloco das Virgienses, homens vestidos de mulher e dos Cabrasurdos, mulheres vestidas de homem, que sai na segunda-feira”, conta Isadora Almeida, Secretária de Cultura e Turismo de Vigia.

Ano passado cerca de 250 mil pessoas passaram o carnaval em Vigia e este ano estamos esperando mais brincantes. A rede hoteleira de Vigia é deficiente, são apenas cinco hotéis na cidade e um na estrada, mas isso não vai prejudicar o carnaval dos brincantes que forem passar os cinco dias de folia em Vigia porque tem muita gente na cidade que aluga suas casas para os turistas durante o período de festa". Garante a secretária.

Carnaval de Cametá

Em Cametá a festa começa na sexta-feira e só termina quarta-feira de cinzas, com 48 blocos e atrações nacionais para garantir a animação dos brincantes que escolherem a cidade para passar o carnaval. São esperadas entre 100 e 150 mil pessoas. “Estamos com muita expectativa, nos preparamos para uma grande festa e temos certeza que as pessoas não vão se arrepender se escolherem Cametá”, afirma Toninho Castro, organizador do carnaval de Cametá.

A melhoria no transporte é mais um motivo para escolher Cametá como corredor da folia deste carnaval. “O público pode ficar tranquilo com a travessia, providenciamos três balsas, que sairão de uma em uma hora do Porto do Carapajó com destino a Cametá. Nos anos anteriores apenas uma balsa fazia esse trajeto”, conta Toninho. Cametá fica 146 quilômetros distante da capital paraense, sendo que a travessia de balsa dura 1h40 minutos. A rede hoteleira não preocupa a organização. “A estrutura da cidade foi qualificada em 80% nos últimos dez anos e contamos com ótimos hotéis e restaurantes para atender aos brincantes”, disse o organizador.

Fonte: Portal Diário do Pará.

Veradores se defendem de acusações

Os vereadores de Santa Luzia acusados de corrupção em reportagem publicada no jornal O Liberal na semana passada se defendem usando as páginas do mesmo jornal. Confira:

Vereadores partem para o contra-ataque

Os vereadores Fernando Soares Vieira, Maria Lúcia Machado, Luís Maria Cavalcante de Oliveira e Robson Roberto Silva, do município de Santa Luzia do Pará, enviaram correspondência a O LIBERAL, com pedido de direito de resposta em que esclarecem fatos descritos em matéria publicada na edição de 23 de fevereiro último, sob o título "Vereadores são acusados de vender votos". A nota foi encaminhada ao jornal através de advogado Bruno Augusto Teixeira Ericeira, que defende os parlamentares.

Disseram que as acusações partiram do dirigente do PSB Raimundo Soares, contrariado com a vitória da chapa "Legislativo Independente", eleita para a direção da Câmara para o biênio 2011/2012, com apoio do também vereador do PSB, Fernando Vieira, que inicialmente pleiteou a presidência da Casa, porém "desistiu e preferiu depois compor com os partidos do PT e PDT".

De acordo com os vereadores, o principal interesse de Raimundo Soares decorre do fato de que, "em uma eventual presidência da Câmara pelo seu partido, certamente teria sua contratação para um cargo comissionado". Como seu partido compôs com o PT e o PDT para a eleição da vereadora Maria Lúcia Machado, Raimundo Soares "passou a forjar acusações contra o vereador Fernando e demais vereadores que compuseram com o mesmo a chapa Legislativo Independente" para denunciar o que ele classifica como "compra de votos".

Segundo a correspondência assinada pelo advogado Bruno Ericeira, "a gravação apresentada por Raimundo Soares, como suposta prova de compra de votos, na verdade, trata-se de uma conversa informal de mais de dez minutos entre o vereador Fernando e várias pessoas no balcão de sua farmácia, onde faziam comentários sobre boatos que corriam na cidade, onde o denunciante de forma camuflada e sorrateira fez as gravações". Esclarece ainda que a decisão do vereador Zé Luiz em apoiar a chapa "Legislativo Independente" foi espontânea e se motivou por desentendimentos que ele teve com integrantes da outra chapa por ocasião de sua diplomação.

O advogado esclarece que a chapa de Maria Lúcia Machado [PT], foi eleita dentro dos princípios da ética e da moralidade, "sendo assim absurdas as acusações que constam na matéria em questão". E acrescenta que, "finalmente, a verdade precisa ser reposta, pois a chapa ‘Legislativo Independente’ foi eleita sem nenhuma negociata, compra de votos ou coisas do gênero, pois saiu vencedora a partir do entendimento entre seus pares e do voto livre e responsável dos que a elegeram".

Fonte: Jornal O Liberal, edição de hoje 2 de março de 2011.

Habemus carnaval

Finalmente, a administração municipal divulgou a programação do "XV Carnaluziense", aquele patrocinado pela prefeitura:

Dias 5 [sábado] e 6 [domingo]: Festa de inauguração da orla do Caeté - cobertura musical da aparelhagem "Magnífico Nova Geração".

Festa na avenida
Dia 7 [segunda-feira]: Banda Requinte e grupo Nosso Tom
Dia 8 [terça-feira]: Camila Tavres e banda Xeiro Verde

Organização: Prefeitura Municipal de Santa Luzia do Pará.

Carnaval - programação do Carnaval com Cristo

Tema: "Alegrai-vos sempre no Senhor! Repito: Alegrai-vos!!!" [Fl - 4,4]
Domingo [dia 7]: às 19:30hs Santa Missa e abertura oficial da segunda espiritualidade com palestras no Sítio do Padre e atrações locais
Terça [dia 8]: 3º Luzifest com a banda Ebe Gamalieu, direto de São Miguel do Guamá, puxando o bloco somos de Deus no Trio Uirapurú
Concentração: à 17hs em frente a Igreja de São Francisco, no Km 46, e em seguida o arrastão da fé até a Igreja Matriz.

Organização: Paróquia de Santa Luzia.

Carnaval - programação do Bloco do Jacaré

Concentração domingo [6] às 15 hs na pracinha em frente o antigo Macaxeira's e em seguida o arrastão na avenida com a cobertura musical do trio Uirapurú, banda Medida Provisória e os djs Cocino, Paulinho Monteiro e Gilberto.

Cerveja grátis apenas para os integrantes do bloco durante o arrastão no "corredor da folia".

Obs.: O último lote de abadás chega hoje na City. Quem adquirir um abadá do Bloco do Jacaré concorrerá automaticamente a um aparelho de celular.

Organização: Equipe Jacaré.

Carnaval - programação do bloco Os Deserdados

Concentração segunda-feira [7] às 15 hs na pracinha em frente o antigo Macaxeira's e em seguida o tradicional arrastão pela avenida com a distribuição gratuita de vinho para os foliões que estiverem travestidos de mulher.

A cobertura sonora fica por conta do trio Uirapurú e carretinhas Burra Preta e Terremoto.

Organização: Faguinho

Carnaval - programação da danceteria Beleza Pura

O carnaval da danceteria Beleza Pura começa na sexta-feira com o encontro de sons automotivos na avenida [pracinha em frente o antigo Macaxeira's] à partir das 15 hs.

Sábado e domingo acontece o já tradicional "Carnaval dos lisos, quebrados e apartados" à partir das 21 hs [prévia 0800 às tardes] com ingressos custando o módico precinho de R$ 1,99.

Organização: Dj Judson Produções.

Novo partido

Está em gestação no plano nacional a criação de mais um partido, o PDB [Partido Democrático Brasileiro], que servirá como válvula de escape para políticos, principalmente do Dem e do PSDB, que estão cansados da oposição e querem integrar as hostes governistas.

O pai da ideia, de jerico, é o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, que pretende alçar vôos mais altos sem a tutela do seu padrinho o tucano José Serra.

A mineração e os desafios de uma gestão pública moderna e eficiente

O sonho dos exploradores espanhóis [Cortez e Pizarro] se realizou em terras brasileiras, transformando o estado do Pará em um novo "El Dourado" - a maior província mineral do Planeta. Mais do que sorte há enormes desafios e responsabilidades para mudar a triste máxima: "Estado rico, povo pobre".

Como em um passe de mágica e longos anos de pesquisas descobre-se que o nordeste paraense é a "bola da vez". Petróleo e gás natural em Salinópolis, Bragança e Vizeu. Enormes jazidas de ouro em Cachoeira do Piriá, além de fosfato e calcário em Santa Luzia do Pará.

Superada a fase de pesquisa e especulações, há agora a urgente necessidade de pensar e planejar o desenvolvimento desses municípios à médio e longo prazo, por que além de riquezas e oportunidades haverá também uma série de transformações e impactos para os quais esses municípios ainda não estão preparados.

As administrações municipais precisam se qualificar e os gestores [prefeitos] precisam ter uma visão empreendedora capaz de interagir com os vários interesses em jogo [mineradoras, poder público e o povo] calcular os benefícios e principalmente as perdas e potencializar o desenvolvimento local de modo que atenda a todos.

Não faltam exemplos, péssimos exemplos aliás, de municípios na Amazônia que não souberam aproveitar o "boom" da mineração e logo após um breve ciclo de apogeu, definharam transformando-se em "bolsões de miséria". Como não queremos isso, precisamos de uma visão futurista que requer práticas administrativas modernas e eficientes.

Uma boa gestão precisa levar em conta que alguns municípios dobrarão o seu número de habitantes com o surgimento de novas áreas de ocupação o que implicará no aumento da violência e os novos empregos gerados não serão suficientes.

Haverá a necessidade de treinar e qualificar a mão-de-obra, construir novas escolas, hospitais e contratar mais professores, médicos, garís e etc...

Os poucos ou fartos recursos públicos e receitas orçamentarias disponíveis nesses municípios terão que ser geridos e administrados de forma honesta e transparente, evitando que se perca no "rolo da corrupção" abastecendo alguns poucos bolsos.

O poder público municipal terá que assumir a tarefa de ser o indutor ou orientador do desenvolvimento, servindo de suporte para a criação de uma sólida infraestrutura e rede de serviços capazes de atrair empresas, gerar empregos e oferecer uma boa qualidade de vida aos seus habitantes.

Jorge Daniel
[Geógrafo e professor especialista em Gestão Ambiental]

Para o mesmo mal, o mesmo remédio.

O procurador federal Bruno Soares Araújo Valente é quem está no caso do prefeito de São Sebastião de Boa Vista, Getúlio Brabo de Souza [PT], acusado pelo relatório da CGU [Controladoria Geral da União] de desviar milhões de reais dos cofres daquele município marajoara.

Para quem ainda não ligou o nome à pessoa, Bruno Valente é o mesmo que atua nos dois processos movidos pelo MPF [Ministério Público Federal] contra o prefeito de Santa Luzia, Louro [PT] e sua secretária de saúde, Vânia Blandtt, e já pediu à justiça a cassação imediata do mandato do prefeito de São Sebastião da Boa Vista por improbidade administrativa e formação de quadrilha.

Se o procurador [conhecido como linha-dura no meio jurídico] tiver o mesmo entendimento em relação ao caso do prefeito de Santa Luzia, acusado dos mesmos crimes que seu companheiro de partido e de traquinagens com o dinheiro público, também comprovados pelo relatório da CGU, cabeças irão rolar, podem esperar.