Coloque a sua foto aqui: seja um seguidor do Santa Luzia Online

Archive for Abril 2011

Ademir Andrade vai deixar o cenário político

Ademir Andrade, o manda-chuva do PSB paroara, comunicou ontem em entrevista ao Blog do Bacana que está deixando a vida pública:

"- Estou largando a política, não serei mais candidato. Fui e estou sendo perseguido, não tenho mais motivação para a política, não tenho mais ânimo."

Ademir Andrade que atualmente exerce o mandato de vereador na Câmara Municipal de Belém pela segunda vez consecutiva e já ocupou os cargos de deputado federal e senador pelo Pará, diz-se desmotivado a tal ponto que vai deixar até a presidência da legenda que ele comanda, com mão de ferro diga-se de passagem, a anos.

O desencanto de Ademir Andrade pela política é consequência da turbulência que tem pautado sua vida desde os escândalos revelados pela "Operação Galiléia" que em 2006 culminou com sua prisão, pela Polícia Federal, sob a acusação de ter desviado mais de R$ 7 milhões dos cofres da CDP [Companhia Docas do Pará], entidade dirgida pelo soteropolitano à época.

II Cavalgada Camponesa de Santa Luzia

Acontecerá hoje à noite no galpão da Transportadora Bonfim, próximo à delegacia de polícia, o show de abertura da "II Cavalgada Camponesa de Santa Luzia" com a cantora Kamila Tavares e banda.

Amanhã à partir do meio dia a festa fica por conta do forrozeiro Daniel do Acordeon e o luziense Weliton dos Teclados, um dos maiores talentos da terrinha.

- Imperdível...

Dia histórico: 20 anos do plebiscito de emancipação política de Santa Luzia.

Fundada no ano de 1958 à partir do pico demarcatório da BR 316, a Pará/Maranhão, com a chegada do cearense Manoel Gaia e sua família que se estabeleceram no marco 47 quilômetros distante de Capanema, a futura cidade de Santa Luzia do Pará começa sua saga.

Com a cosntrução da BR a então vila Dr. Tabosa, primeiro nome dado à localidade, transformou-se em importante entreposto de abastecimento para colonos e comerciantes da região atraindo cada vez mais moradores para a margem esquerda do rio Curí. Com o passar dos anos e o progressivo crescimento, seus habitantes começaram a sonhar com o desatrelamento da sede administrativa, Ourém, distante e inviável em em todos os sentidos, dando início ao movimento emancipacionista.

Com a eleição de Raul Mota [PMDB] para prefeito de Ourém acompanhado de uma robusta bancada de vereadores - Mico [PTB], Bira [PMDB], Assis Pinto [PMDB], Zé Joca [PMDB], Juracy Araújo [PMDB] e Manoel Januário [PFL] - todos de Santa Luzia, em 1988, a elevação de Santa Luzia à categoria de município tornou-se inevitável.

Uma das primeiras tarefas dos recém-eleitos ao chegarem em Ourém [em janeiro de 1989] foi tratar da emancipação de Santa Luzia e para isso tiveram o apoio incondicional dos então deputados estaduais Antenor Bararu [PTB] e Maria de Nazaré [PMDB], os grandes defensores do nosso maior sonho na Assembleia Legislativa que na época tinha a prerrogativa de legislar sobre a criação de novos municípios.

Foi com esse espírito que no dia 28 de abril de 1991, um domingo chuvoso e sem energia até aproximadamente à meia-noite, que os luzienses foram às urnas dizer "SIM" à nossa emancipação depois de vários meses de muito trabalho da "Comissão Pró-emancipação" composta pelos vereadores Assis Pinto, Bira e Manoel Januário; motoristas Jacosinho, José Maria Soares Barros, João Batista [Róla]; professoras Raimunda Reis e Maria José Esteves; pastor da Assembleia de Deus, Moacir Ferreira; padre Rafael Donneschi; moradora Lúcia Machado e a comerciante Fátima Esteves sob o slogan: "Vamos votar sem medo de ser feliz. Dia 28 de abril compareça à sua seção eleitoral e diga sim ao progresso de Santa Luzia.".

O Decreto Legislativo que autorizou a realização do plebiscito foi a Lei Complementar nº 001/90 de 18/01/1990, de autoria da deputada Maria de Nazaré.

Dados do Plebiscito:
Aptos a votar: 5.746 eleitores
Compareceram: 3.686 eleitores
Abstenção: 2.060 eleitores
Votaram "SIM": 3.616 eleitores
Votaram "NÃO": 44 eleitores
Brancos: 26 votos
Nulos: 4 votos
Número de seções: 23

Flexa é o novo ouvidor-geral do Senado

O senador paraense Flexa Ribeiro [PSDB] é o novo ouvidor-geral do Senado. O tucano foi escolhido ontem [26] pelo presidente da Casa, José Sarney [PMDB], e terá um mandato de dois anos, renovável por igual período.

Flexa Ribeiro deverá ouvir reclamações, sugestões, denúncias, elogios e pedidos de informações da sociedade sobre as atividades da instituição.

Eleição do Sintepp

Um grupo de filiados do Sintepp está achando que a eleição para a nova coordenação da subsede de Santa Luzia não passa de encenação. A chiadeira é por conta do prazo para inscrições das chapas, uma semana, que foi muito curto.

Uma única chapa se inscreveu, e o que é pior, recheada de gente chegada do governo petista. Por isso os dissidentes acham não, têm é certeza de que se trata de um jogo com cartas marcadas com o objetivo de, mais uma vez, jogar o sindicato dos professores no colo da administração municipal.

É, pode ser...

Violência

A violência voltou a assustar os luzienses. Durante o final de semana, segundo fontes extra-oficiais, aconteceram assaltos à mão armada, arrombamentos de residências e pequenos furtos.

Duas ocorrências envolveram pessoas conhecidas: domingo a diretora de saúde de Cachoeira do Piriá, Denise Amorim [filha do casal Pitonho e Luísa], foi vítima de assalto enquanto conversava com um amigo na calçada da sua residência, próximo ao Clube da Piscina, e ontem à noite um grupo de adolescentes conversava em frente à casa do senhor Joaquim Patrício [incluindo seus netos], em plena avenida Castelo Branco, quando foi surpreendido por dois elementos armados de faca que assaltaram um dos rapazes.

Santa Luzia do Pará mergulhada nas trevas

Calma! Embora o título do texto pareça sugestivo e paradoxal não estamos falando apenas de uma metáfora, mas de uma realidade que afeta o dia-a-dia dos cidadãos que moram em Santa Luzia e têm suas vidas marcadas pelo perigo que se esconde por trás de ruas escuras, mal iluminadas e perigosas.

Somos filhos da padroeira e como tal, também guiados pela sua luz onde encontramos a proteção milagrosa. A realidade, porém, têm sido diferente e injusta para a maioria das pessoas que vivem no escuro, no apagão da negligência e da insensibilidade das autoridades que deveriam zelar pelo bem estar dos habitantes, homens e mulheres que vivem nas trevas, na mais completa escuridão, literalmente.

É nas trevas que o mal ganha força. É na ausência da luz [iluminação pública] que as famílias luzienses ficam expostas ao perigo que pode variar de pequenos furtos, tráfico de drogas, estupros e até assasinatos. Porque expor nosso povo a tamanha barbaridade? Quantas maldades ainda precisarão acontecer para que as autoridades - digo prefeitura - tomem as devidas providências?

Somente o aparato policial não consegue enfrentar com eficiência a bandidagem que se camufla e se beneficia da escuridão que reina em nossa cidade, tanto nas áreas centrais quanto, e principalmente, nas periferias habitadas por humildes e valorosos cidadãos. Sejam eles pobres ou ricos, não estão pedindo favores ou tão pouco privilégios, querem apenas exercer plenamente seus direitos por que pagam religiosamente seus impostos e elevadas taxas de iluminação pública sobrecarregando perversamente o orçamento doméstico de pais e mães de famílias, que na maioria das vezes têm apenas os programas sociais do Governo Federal como única fonte de renda.

O que é feito com o dinheiro arrecadado com a cobrança a taxa de iluminação pública? Por que esse dinheiro não está sendo investido para iluminar nossa cidade? As reclamações são diárias: está faltando iluminação em nossas ruas, as lâmpadas precisam ser recolocadas, não existe manutenção na rede da iluminação pública administrada pela prefeitura.

As reivindicações, quando justas e necessárias, independentemente de nossas opções político-partidárias, não podem ser ignoradas só por que partiu de grupo A, B ou C, sob pena de que a falta de atitude ou omissão prejudique a maioria.

É dever de quem está no poder cuidar do bem–estar da população, pois foi eleito para isso. É dever dos vereadores, independente de grupos políticos, buscarem o entendimento com o prefeito e na ausência disso pressioná-lo no sentido de resolver os graves problemas que afetam a população luziense.

Quando a irresponsabilidade, a omissão, a falta de iniciativa e vontade política dão a tônica dos fatos, cada um lava suas mãos e a cidade vira um caos, uma bagunça, uma anarquia geral, terreno fértil onde o crime organizado se instala, abrindo “as bocas de fumo” que viciam e armam nossos jovens para a práticas criminosas [assaltos, roubos, mortes, estupros...] que, infelizmente, tornaram-se corriqueiras em nosso município.

Que a nossa padroeira Santa Luzia ilumine os insensíveis dirigentes municipais para que tenham responsabilidades e assumam a tarefa que lhes foi conferida pelo voto.

Jorge Daniel
[Professor, geógrafo e especialista em Gestão Ambiental]

Festa das Flores

A "Festa das Flores", a mais longeva manifestação cultural luziense que ainda resiste ao tempo, será realizada no próximo dia 21, à partir das 22 hs, no Club da Piscina com a cobertura musical da maior banda de bailes do estado, a Banda Sayonara.
 
O tema desse ano será, "Festa das Flores - o resgate da cultura" numa tentativa de devolver ao baile mais famoso da City o glamour dos velhos tempos. A entrada será restrita aos trajes social e sport fino, não permitindo outro trajar.

Em Primavera

A fábrica de cimentos Poty, subsidiária do Grupo Votorantim, portifólio empresarial capitaneado por Antonio Ermírio de Moraes, já fincou seus tentáculos no município de Primavera, onde está construindo as primeiras unidades da linha de produção, com um projeto de 50 anos de exploração das ricas jazidas de calcário do município.

Mas nem bem desembarcou na cidade, a empresa já comprou briga com os ribeirinhos que serão atingidos pelas ações da multinacional. O problema, segundo informações, é que a gigante do setor "cimenteiro" está se apropriando de áreas ocupadas pelos ribeirinhos sem que estes recebem nenhuma compensação, ou seja, estão sendo literalmente expulsos das suas terras com uma mão na frente e outra atrás.

E mais, os ecologistas de plantão também denunciam que as terras estão sendo "griladas" sem nenhum estudo dos impactos ambientais à região, que abriga importantes áreas de manguezais e reservas pesqueiras dos nativos. O medo de lideranças, sociais e políticas, do município é que Primavera se torne uma Capanema da vida, que há anos abriga a concorrente Cibrasa sem muitos benefícios à população.

- Esse é o preço do desenvolvimento...

Exemplo à ser seguido.

A prefeitura de Santarém Novo, próximo à Salinas, pagou o 15º salário dos professores no início de abril com recursos provenientes de sobras dos recursos do Fundeb.

Além de pagar R$ 8,00 pela hora-aula [a mais cara da região], o prefeito Pedro Japonês [PMDB] ainda está construindo na sede do município uma escola orçada em R$ 1,5 milhão e olhem que Santarém Novo é um dos menores municípios paraense, com apenas 6.145 habitantes, segundo dados do IBGE.

- Está na hora de a administração petista de Santa Luzia se inspirar no exemplo do vizinho. Não acham?

Em Ourém

Às vésperas de comemorar o seu 249º aniversário, a bicentenária cidade de Ourém está enfrentando muitos transtornos por causa das fortes chuvas que castigam a região desde o início do ano.

Segundo informações da imprensa regional e de amigos que visitaram a "Pérola do Guamá" durante o feriado da Semana Santa, o cenário é desolador. Grande parte do cais de arrimo às margens do rio Guamá, que está com sua capacidade máxima, caiu e as águas invadiram as ruas mais próximas da orla deixando a população em alerta permanente.

Uma das grandes preocupações dos ouremenses, assim como da administração municipal, é de a água atingir as estruturas da igreja matriz, principal cartão postal da cidade.

Sepaq inaugura nova sede em Salinópolis

Nesta terça-feira, 26, às 17h, será inaugurada a sede regional da Sepaq [Secretaria de Estado de Pesca e Aquicultura] em Salinópolis. A sede terá como objetivo auxiliar na produção de pescado na região do salgado paraense, que engloba os municípios de Capanema, Pirabas, Primavera, Quatipuru, Nova Timboteua, Santarém Novo e Salinópolis.

Essa região é considerada de grande potencial para as áreas da pesca e aquicultura no Pará. Com o intuito de desenvolver a atividade na região, a nova sede contará com cerca de seis técnicos, que serão responsáveis por orientar os pescadores e desenvolver projetos de pesca e aquicultura. A ideia é que futuramente cada um dos 12 pólos regionais tenha uma sede da Sepaq.

A nova sede é resultado de uma parceria entre a Sepaq e o município de Salinópolis. "Um dos nossos principais objetivos é interiorizar as ações da secretaria porque é no interior que estão os peixes e os pescadores em maior quantidade. Nós estamos em contato com os prefeitos de outros municípios com potencial para a pesca, visando instalar a Sepaq nesses lugares. Salinas saiu na frente colocando à disposição um imóvel onde funcionará a sede do órgão, servidores municipais e veículo. A Sepaq entrará com um servidor responsável pela coordenação da nova sede. Gostaria que isso servisse de exemplo para outros municípios, pois em parcerias assim todos saem ganhando", ressaltou o secretário Asdrubal Bentes.

Fonte: Agência Pará.

Em tempo

O Sábado de Aleluia na danceteria Beleza Pura bombou. Mais de três mil pessoas lotaram a principal casa de shows da City na volta das baladas após o período da Quaresma.

À propósito, ontem a noite a danceteria Beleza Pura voltou a receber um grande público. Desta vez para assistir o show do humorista cearense Hiran Delmar, àquele que dá voz aos personagens Coxinha e Doquinha do programa Nas Garras da Patrulha, da TV Diário.

No próximo final de semana acontecerá a mega programação da "II Cavalgada Camponesa" de Santa Luzia com os shows da cantora Kamila Tavares no sábado e Daniel do Acordeon no domingo, abrindo o calendário oficial das cavalgadas paraenses para 2011.

A venda de ovos de páscoa parece que foi boa para o comércio luziense. Quem deixou para adquirir a principal iguaria do domingo na última hora se deu mal, por que na sexta-feira já era praticamente impossível encontrar ovos de páscoa nas prateleiras de qualquer comércio da cidade. E se a procura fosse pelos produtos da badalada grife Cacau Show, vendidos somente na Conveniências Kayo, aí que era difícil mesmo. As poucas unidades que ainda restavam foram disputadas à peso de ouro, literalmente.

À propósito, o comércio luziense aquecido pelas vendas da Páscoa já se prepara para outro período bastante movimentado no setor, o Dia das Mães.

Segundo informações do periódico de notícias chapa-branca, intitulado "Expresso 47", o município de Santa Luzia recebe mensalmente R$ 400 mil provenientes do programa Bolsa Família, do Governo Federal, que tem aproximadamente 2.300 famílias luzienses em seus cadastros. De acordo com cálculos do próprio jornal, isso beneficia diretamente 10 mil pessoas. Nada mal para um município que ostenta um dos menores IDH [Índice de Desenvolvimento Humano] do país e integra o vergonhoso ranking dos mais corrúptos do estado. O problema está no uso eleitoreiro que a administração municipal faz desse programa para angariar votos entre os mais pobres em época de eleição, contando mentiras e ameaçando os beneficiários. E tem funcionado muito bem...

A "criaura eleitoral" do apedeuta está mais animada que pinto no lixo com a super-exposição da sua imagem, turbinada pelo uso escandaloso da máquina administrativa, em todos os eventos promovidos pelo governo municipal. Antes averso ao trato com o povo, agora o "dublê de Che Guevara" é só sorrisos e apertos de mãos, causando estranhesa até nos mais chegados do círculo petista.

À propósito, o dito cujo atualmente não dispensa convite nem para aniversário de boneca. Tudo para aparecer bem na foto com o eleitorado.

Está no pátio da delegacia de Santa Luzia, o corpo de um homem aparentando meia idade com fortes sinais de violência. São vários golpes de facas por todo o corpo, e até o fechamento desta coluna não havia informações sobres a motivação do crime, acontecido na comunidade de Vila Nova [município de Capitão Poço] e muito menos sobre a identificação da vítima.

Poucos luzienses se atreveram a desfrutar o feriadão da Semana Santa em "Salinas Beach", nossa faixa de areia mais famosa do Atlântico, apesar das diárias em conta, aproximadamente R$ 200,00, na maioria dos hotéis do balneário. O problema foi o clima chuvoso que afastou os veranistas, as chuvas não deram trégua nem um dia sequer.

E a farra continua

No embalo das inaugurações que tem o único objetivo de colocar em evidência a "criatura eleitoral" do apedeuta, a petesada "disque" vai inaugurar no próximo dia 1º a escola da comunidade do Broca, que depois de uma longa reforma finalmente vai receber as centenas de alunos daquela região do município que estão sem aulas até o presente momento.

O uso eleitoreiro das ações do governo petista às vésperas de ano de eleição é claríssimo e o MP [Ministério Público] precisa intervir para acabar com essa pouca vergonha.

Nota de esclarecimento


Recebi [via mural de recaodos] e publico a nota abaixo enviada pela assessoria de comunicação da Família Oliveira em resposta aos ataques à família do Sr. Rosalvo de Cachoeira do Piriá, enviados ao mural deste blog:
 
Correção de rumos
 
A família Oliveira vem por meio deste veículo informar que não tem conhecimento e também não autorizou ninguém a destratar a família do Sr.Rosalvo,de Cachoeiira do Piriá, ou quem quer que seja. Esclarece, ainda, que, ao contrário do que tentam fofocar, a Família Oliveira tem um profundo respeito e amizade com toda a família garimpeira, especialmente o Sr.Rosalvo, seu filho Altemar, sua nora Rosângela, Dona Beth e todas essas pessoas batalhadoras que chegaram em nosso município para trabalhar, ganharem seus sustentos e gerarem empregos. Alerta, ainda, a família Oliveira, que o Editor desse admirado blog não permita a publicação de matérias que envolvam calúnias ou difamações contra qualquer pessoa, envolvendo o nome da familia Oliveira, como se esta não fosse capaz de expressar seus conceitos ou sentimentos quando achar conveniente ou necessário. A família Oliveira. neste ato representada por seu patriarca Ademir Oliveira, agradece pela publicação desta nota.

Obrigado.

O governo do PT mente descaradamente

A petesada mente descaradamente, mais uma vez, para enganar o povo com essa propaganda veiculada pelas ruas afirmando que o "Governo Popular" [leia-se administração petista de Santa Luzia] está garantindo peixe barato para a população durante a Semana Santa.

O peixe de qualidade existe e realmente será vendido por um precinho camarada, mas quem trouxe o pescado foi o governo do estado [leia-se governador Simão Jatene] através do programa "Pescado na Mesa do Povo" que o repassou à prefeitura à custo zero. Agora os malandros vêm com esse papo furado de que estão vendendo peixe barato somente para dá uma de bonzinhos.

Veja o que diz o site do governo do estado:

O programa "Pescado na Mesa do Povo", do governo estadual, vai garantir através da Sepaq [Secretaria de Estado de Pesca e Aquicultura] peixe de qualidade e com preços acessíveis à 38 municípios paraenses, incluindo a capital. Serão 550 toneladas de pescado para o abastecimento da população.

A garantia desse abastecimento à população está assegurada pelo decreto do governador Simão Jatene [PSDB], que entrou em vigor dezoito dias antes da Semana Santa, a fim de evitar a saída de pescado do estado, viabilizando o consumo da população paraense.

Os municípios atendidos pelo programa Pescado na Mesa do povo são: Abaetetuba, Acará, Afuá, Altamira, Ananindeua, Augusto Corrêa, Baião, Benevides, Bragança, Breu Branco, Cachoeira do Arari, Cametá, Capanema, Castanhal, Colares, Conceição do Araguaia, Curralinho, Igarapé Miri, Jacundá, Limoeiro do Ajuru, Marapanim, Marituba, Moju, Monte Alegre, Óbidos, Oeiras do Pará, Paragominas, Portel, Salinópolis, Santa Barbára, Santa Luzia do Pará, Santarém, São Caetano de Odivelas, São Domingos do Capim, São João de Pirabas, Soure e Tucuruí.

Previsão de muita chuva para o feriadão da Semana Santa

No litoral paraense, como Salinas, Marudá, Brangaça e Ajuruteua, a quinta-feira pode amanhecer chovendo e atingir a temperatura máxima de 30º.

No dia 22 [sexta-feira], o sol aparece entre 9 e 14 horas, mas vai chover bastante à noite. Sábado e domingo predominará o céu encoberto, com possibilidade de tempestades severas e rajadas de vento.

"- Pode chover a noite toda inclusive, 24 horas de chuva com poucas interrupções. Aquele chuvisco seguido de chuvas fortes", afirma o coordenador do 2º Distrito de Meteorologia do Inmet [Instituto Nacional de Metereologia] no Pará, José Raimundo Abreu.

Robgol, ex-ídolo do Payssandu, foi pego com R$ 500 mil

O MPE [Ministério Público do Estado] cumpriu ontem de manhã quatro mandados de prisão e 12 mandados de busca e apreensão contra funcionários, ex-funcionários e ex-parlamentares da Alepa [Assembleia Legislativa do Estado]. Em 30 dias de investigação, o MPE confirmou denúncias de existência de funcionários fantasmas, pagamento de vantagens indevidas, laranjas na folha de pagamento e sonegação de imposto de renda de pessoa física e contribuição previdenciária. Irregularidades que sangravam em pelo menos R$ 1 milhão, por mês, os cofres da Alepa.

Oito promotores de justiça, com apoio da Dioe [Divisão de Investigação e Operações Especiais], da Polícia Civil, recolheram documentos e provas nas casas dos ex-deputados estaduais Domingos Juvenil [PMDB], que foi presidente da Assembleia, e José Robson do Nascimento, o Robgol [PTB], além da própria sede da Assembleia, em Belém. Na casa de Robgol foram apreendidos R$ 500 mil em dinheiro e R$ 40 mil em vale-alimentação da Alepa.

Durante a busca por documentos e provas na casa dos acusados e na sede do poder legislativo, foram detidos provisoriamente os funcionários Jorge Moisés Caddah, diretor do departamento de informática; Semmel Charone, ex-chefe do Gabinete Civil e que também já foi responsável pela contratação de estagiários; Daura Hage, que seria funcionária do gabinete do deputado Júnior Hage, atualmente na Seter [Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Renda], e permaneceu no gabinete com a posse do suplente, Celso Sabino; e Euzilene Lima, ex-funcionária do gabinete do ex-deputado Robgol e que, atualmente, estaria lotada no setor de pessoal.

Marinor mostra a folha corrida de Jader no Senado

A cruzada da senadora Marinor Brito [PSOL] em defesa do seu mandato e contra o ex-deputado Jader Barbalho [PMDB], que poderá assumir a sua cadeira na casa por decisão do STF [Supremo Tribunal Federal], chegou à tribuna do Senado Federal. Em um duro discurso na tarde de ontem, a senadora começou sua fala descrevendo a ficha corrida do seu adversário político, alertando seus pares que a decisão do Supremo poderá trazer para o convívio deles um dos políticos mais devedores da justiça brasileira, de todos os tempos.

"Afirmo que não é fácil para as pessoas de bem, honestas, que se pautam pela ética, verem políticos que cometeram crimes gravíssimos, obterem um atestado de bons antecedentes e retornarem ao cenário político como se nada de muito grave tivessem cometido contra as leis de nosso país. Mas vamos aos fatos que já são do conhecimento de muitos, mas que o povo brasileiro, infelizmente, ainda desconhece sobre a história desse político de ficha suja", disse.

A senadora lembrou das acusações feitas em 2000 pelo senador Antonio Carlos Magalhães, já falecido, sobre o envolvimento de Jader Barbalho nas fraudes da Sudam [Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia], no desvio de recursos do Banpará [Banco do Estado do Pará] e pelas operações fraudulentas com os Títulos da Dívida Agrária.

"Corre em segredo de Justiça o Inquérito nº 2909, que apura o envolvimento de Jader Barbalho em crimes contra a ordem tributária. As denúncias nesse processo vão da sonegação no recolhimento de impostos como pessoa física e pessoa jurídica, até a entrega de declarações fraudulentas à Fazenda Estadual e à Receita Federal. Segundo dados da Receita Federal, Jader está devendo cerca de R$ 2 milhões e 800 mil ao Fisco, resultante de uma série de artifícios para deixar de recolher o Imposto de Renda. Nessa fiscalização, a Receita descobriu várias irregularidades, que vão da venda simulada de gado à existência de frigoríficos que não tinham nenhum registro contábil", afirmou.

Marinor salientou que, em 2001, Jader Barbalho renunciou ao mandato de senador para escapar de processo investigatório que poderia leva-lo à cassação, o que o tornaria inelegível por dez anos. Nessa época, segundo ela, vieram à tona as gravíssimas denúncias sobre o tráfico de influência por ele exercido e desvios de recursos públicos em vários órgãos sob sua influência direta. Citando outras ações que mostram o quanto o ex-deputado deve à justiça, ela lembrou a existência da Ação Penal 336, por emprego irregular de verba pública, a Ação Penal 398 por peculato, a Ação Penal 339 por crime contra o sistema financeiro nacional, a Ação Penal 397 por falsidade ideológica, formação de quadrilha, estelionato e crime de lavagem de dinheiro, a Ação Penal 374 de crime contra a administração em geral.

Fonte: Portal Orm.

Retorno

O time do Botafogo, o mais tradicional de Santa Luzia, está de volta depois de quase uma década sem disputar competições oficiais.

Um clube de muitas glórias no passado, o Botafogo, retorna timidamente aos gramados para disputar o Campeonato Master [Taça Luis Carlos - homenagem ao Carlinhos Gasoba que defendeu o gol botafoguense por muito tempo] que começou neste mês de abril.

É uma boa notícia para a grande torcida desse time que encantou as gerações passadas com suas conquistas dentro e fora dos domínios luzienses e principalmente para os amantes do bom e velho futebol que terão de volta uma das maiores expressões do esporte na cidade.

Padre Catel

Catel
O periódico de notícias intitulado "Expresso 47" publicou em seu último número excelente matéria à respeito do primeiro pároco de Santa Luzia, o inesquecível padre Catel, que residiu na City nas décadas de 70 e 80 quando esta ainda era distrito administrativo do municício de Ourém.

Salvo o "escorregão" de usar o epíteto "saudoso" [termo usado para os que já morreram] ao referir-se ao sacerdote, o texto mostra para as gerações posteriores quem foi esse guerreriro, que em um período conturbado pelas questões fundiárias lutou em favor dos mais pobres arriscando a própria vida.

Abaixo um trecho do depoimento emocionante do padre Catel:

Ameaças
"Eu tinha que me proteger, a vida exige que a gente corra e que se façam as coisas, era minha obrigação, eu estava lá. Eu agia como um colono que estava ameaçado, para o fazendeiro não tinha muita diferença, eu era visto como aquele que motivava os colonos, mas eu ajudava na defesa, por que se eu estou numa comunidade, eu estudo o problema daquela comunidade, se estou na paróquia, é na paróquia que eu tenho que agir, e quando eu sofria ameaças, eu me sentia tranquilo, eu tinha que ter precauções. Algumas vezes eu colocava travesseiros na rede e dormia no chão, por que se alguém chegasse, atirava na rede e não em mim, isso era normal. Quando a polícia queria me pegar, eu dava uma volta para que não me pegasse..."

Padre Catel, natural de Milano, na Itália, chegou ao Brasil no ano de 1969 e dirigiu a Paróquia de Santa Luzia de 1973 à 1984. Atualmente, aos 75 anos, reside no Seminário da Divina Providência em Marituba, zona metropolitana de Belém.

Nota: Informações colhidas no jornal Expresso 47.

Mistério ou bobagem?

Tá rolando nos celulares [via torpedo sms] e na net [via email] a seguinte mensagem:

"Um mistério ou não? Incrível! Este ano vamos experimentar quatro datas incomuns: 1/1/11, 11/1/11, 1/11/11 e 11/11/11. E tem mais, pegue os dois últimos dígitos do ano que você nasceu e some [do verbo somar] com a idade que você terá esse ano. O resultado será igual a 111, isso vale para qualquer pessoa.

Alguém explica isso? É o ano do dinheiro.

Neste ano outubro terá 5 sábados, 5 domingos e 5 segundas-feira. Isso só acontece à cada 823 anos. Este ano é conhecido como 'money bags'. Baseado no fengshui chinês. Quem parar, não receberá o money. É um mistério, não custa nada tentar."

Isso quer dizer... Nada.

Em tempo

Agora é oficial: o empresário Edno Alves [ex-PSB] pertence aos quadros do PPS. Sua filiação ocorreu na noite do último sábado durante evento realizado na danceteria Beleza Pura que contou com a presença do deputado federal Arnaldo Jordy, maior expressão política da legenda no estado, e outras lideranças do PPS paroara.


Na próxima quarta-feira acontecerá a confraternização pascal dos funcionários do turno da manhã da escola Florentina Damasceno, com direito à declamações de homenagens e trocas de brindes [ovos, caixas de chocolates e afins] entre os confratenardos. Não é fofo?

O retorno da danceteria Beleza Pura após o período da Quaresma promete ser em grande estilo, com a repaginação do ambiente e a nova carretinha de som do Dj Judson. E mais: no sábado acontecerá a grande festa e no domingo o show de humor do cearense, Hiran Delmar, nacionalmente conhecido como Coxinha.

A Semana Santa dos luzienses não é mais a mesma. Em tempos não muito remotos esse período, importante para nós católicos, era reservado à penitência e à liturgia da Paixão de Cristo na igreja matriz. Agora, o programa preferido de muita gente é bem diferente: cair na gandaia [num bom sentido], seja em uma viagem para outros estados ou ir à praia de Salinas, por exemplo.

A Cachoeirinha do Pau D'arco transformou-se em um dos points preferidos pelos luzienses nos últimos tempos. Nos finais de semana é fácil dá de cara com muitos vips da City se esbaldando nas águas escuras e geladas do bucólico balneário.

À propósito, a comunidade do Muruteuazinho, que fica depois da cachoeirinha e é banhada pelo caudaloso rio Guamá, também entrou para a lista de opções de banho dos luzienses nos finais de semana.

O empresário Fredson Costa colocou à disposição dos luzienses mais uma opção de lazer. Os imensos açudes criadores de peixes amazônicos, tambaquis e tilápias, na sua propriedade localizada na estrada da 12 foram transformados em pontos de pesque e pague. Lá o cliente recebe a vara e a isca com o direito de pescar o próprio almoço ao custo de R$ 8,00 o quilo de peixe vivo. Excelente opção para os fins de semana.

O "sinal de qualidade" da Vivo, operadora de telefonia móvel da qual somos reféns e não clientes, tem abusado, mais ainda, da paciência do usuário nos últimos dias. Além das chamadas que não completam e dos torpedos sms que sós chegam ao destinatário horas depois, agora os aparelhos ficam a maior parte do tempo "sem serviço". E quando falta energia, coisa muito comum na City, é que a situação piora, por que o sinal some e só retorna junto com a energia.

Depois da grande romaria que percorreu as ruas da City nesse Domingo de Ramos, o padre Elias está com uma grande programação religiosa para a Semana Santa dos Luzienses.

À partir desta terça-feira começam a chegar para passar a Semana Santa com os parentes e amigos os luzienses que moram ou estudam fora da cidade. São dezenas de filhos que retornam para matar a saudade da terrinha mãe.

O também blogueiro, Dinho Oliveira, deu um giro por algumas comunidades luzienses durante o final de semana e promete postagens reveladoras, porém previsíveis, sobre a calamidade pública que assola os rincões do município.

Parabéns ao casal Willame e Suylma Narciso pela chegada da mais nova integrante da família que deu o ar da sua graça na semana passada para alegria dos seus avós, tios, tias e amigos do casal.

Golpe à vista

É um verdadeiro escárnio com o povo sofrido dessa cidade o que a administração municipal vem fazendo com a máquina pública afim de dá visibilidade à "criatura eleitoral" que a gang palaciana do governo petista está gestando para aplicar mais um golpe nos luzienses.

Foi distribuído na City um convite, coisa de bacana mesmo, para um certo café da manhã que tem exatamente o ungido do apedeuta como anfitrião. Tá na cara que o rega-bofe, patrocinado pelo nosso dinheiro [diga-se de passagem], tem o único objetivo de promover o dublê de Che Guevara. Olho vivo minha gente, depois de dois anos de total inércia acompanhada dos sucessivos saques aos cofres públicos, a cumpanherada está azeitando a máquina para mais um estelionato eleitoral.

- Cadê o Ministério Público que não vê essa pouca vergonha?

Governo Jatene garante a Páscoa do funcionalismo estadual

Os servidores estaduais têm muito o que comemorar nessa Páscoa. O governador Simão Jatene [PSDB], contrariando os órfãos do finado governo petista de Ana Júlia, concedeu aumento de 6,31% à todo o funcionalismo, deu início à implantação do PCCR [Plano da Cargos, Carreiras e Salários] garantindo mais direitos aos trabalhadores e à partir do dia 26 o salário referente ao mês de abril estará na conta de cada servidor.

Datas

Há seis anos dois políticos queridos na City nos deixaram para sempre. Ontem, 15, foi o aniversário daquele trágico acidente que ceifou a vida do ex-vereador e ex-vice-prefeito Cecéu, e hoje, 16, é a data em que faleceu, de causas naturais, o ex-prefeito Juracy Araújo, o primeiro prefeito de Santa Luzia.

Sem dúvidas, foram duas grandes perdas para a política luziense...

Novo visual

Caros leitores, como podem ver o blog está de cara nova. A mudança foi necessária e inevitável, por que o modelo antigo, além de ultrapassado, tinha algumas restrições, principalmente em ralação ao tamanho e qualidade das imagens.

O novo layout, sóbrio, na mesma linha do anterior, porém com mais recursos foi adotado pensando em vocês, que agora além da boa leitura terão imagens com maior nitidez e tamanho. Nenhum item da página anterior foi perdido, apenas readequado para a nova realidade.

Na aba lateral tem uma enquete querendo saber sua opinião sobre a cara nova do blog. Vote, deixe sua opinião.

Obrigado...

Vestibular 2012 - candidatos já podem pedir isenção na Uepa

A Uepa [Universidade Estadual do Pará] divulgou ontem o calendário de isenções e as datas das provas do vestibular 2012, que inclui o Prise [Processo Seletivo Seriado] e o Prosel [Processo Seletivo]. Os pedidos de isenção já podem ser feitos, desde ontem [15], pela internet, no site da universidade [www.uepa.br].

O processo seletivo 2012 da Uepa ofertará 11.500 vagas, sendo 8.050 destinadas ao Prosel e 3.450 para o Prise.

Pinóquio vermelho

Interessante, a petezada alardeou aos quatro cantos do mundo a inauguração da "Casa do Cidadão" como sendo uma "grande obra" do governo petista, mas faltou avisar ao povo que o bonito e bem localizado prédio nunca foi, não é e jamais será uma obra da prefeitura.

Chega de mentiras, o referido prédio é propriedade do empresário Vavá que apenas alugou o espaço físico onde funciona a Casa do Cidadão para a prefeitura.

Morre o ex-governador Hélio Gueiros

Faleceu hoje por volta das 13 horas, em sua residência, o ex-governador do Pará e ex-prefeito de Belém Hélio Gueiros. A causa da morte do político, que tinha 85 anos, foi insuficiência renal.

Hélio da Mota Gueiros entrou na política em 1958, a convite do general Magalhães Barata. Sua irreverência e os discursos irônicos marcaram a política paraense dos anos 90. Hélio Gueiros foi deputado federal nas décadas de 60 e 70, senador de 1983 a 1987, governador do estado de 1987 a 1990, e prefeito de Belém de 1993 a 1996.

Nota: Para ler toda a biografia de Hélio Gueiros, clique na foto.

Taxistas protestam contra clandestino

DSC06150DSC06157DSC06159DSC06170DSC06198
DSC06203

Hoje pela manhã os taxistas sócios da cooperativa luziense ATMA [Associação dos Taxistas Manoel do Artur], que representa a categoria, fizeram um protesto inusitado contra um cladestino específico, o "Caganeira", não filiado na entidade corporativa mas que exerce a profissão regularmente transportando, clandestinamente, pessoas para Capanema.

Segundo membros da associação, o taxista em questão transformou-se em desafeto da maioria dos profissionais depois de algumas discussões por causa de lotações, criando inimizades, tanto que no final do ano passado o presidente da ATMA, Reinaldo Fonseca, teve um atrito com ele que terminou em registro de queixa na delegacia e o Reinaldo colidiu propositalmente contra o veículo do taxista.

De acordo com informações recebidas pelo editor do blog, ontem mais uma vez Caganeira teria discutido com alguns taxistas, que decidiram, em forma de protesto, "fechar" o carro dele na hora em que chegasse no terminal, impedindo-o de trabalhar. E foi o que aconteceu.

Nota: Veja todos as fotos do protesto clicando aqui.

Parabéns, meu pai...

Hoje não é um dia qualquer. É um dia mais do que especial para um senhor chamado Raimundo Nonato que chega aos 85 anos de idade com todo o vigor, serenidade e sabedoria, principalmente.

Trata-se do meu velho pai: um nordestino, roceiro e semi-analfabeto que teve como principal projeto de vida educar os 8 filhos que Deus lhe deu na companhia da minha santa mãe, e ele conseguiu. Quatro chegaram à universidade.

Parabéns, meu pai. Que Deus nos presenteie ainda por muitos anos com sua doce companhia...

Data

A quarentona "Festa das Flores", única tradição luziense que ainda resiste ao tempo, já tem data marcada e não é o último sábado do mês da maio, como de costume, mas o penúltimo, dia 21.

A data foi alterada para não concorrer com as comemorações do aniversário da bicentenária cidade de Ourém, dia 28 de maio [último sábado do mês], que promete ser uma mega festa, e tudo 0800. Seria desleal, sabe, né...

Eleição

A subsede do Sintepp [Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará] em Santa Luzia está em processo eleitoral para a escolha da nova coordenação que comandará os destinos da representação sindical da categoria pelos próximos dois anos.

A maioria dos filiados espera que os eleitos sejam mais atuantes assumindo posições firmes na defesa dos trabalhadores para, assim, resgatar o passado de luta do Sintepp, desgastado com a atual coordenação que despede-se do cargo deixando um saldo irrelevante de conquistas e avanços tímidos nas negociações com as entidades patronais.

Tentativa

A coordenação do Sintepp, seção Santa Luzia, está no prédio da prefeitura para mais uma tentativa de ser recebida pelo prefeito para tratarem de assuntos pendentes da categoria.

Membros do sindicato reclamam do tratamento dispensado a eles por parte do governo petista, que sempre se recusou a recebê-los. Vale lembrar que os integrantes dessa administração, hoje alojados em gabinetes refrigerados, quando oposição criticavam o governo de então, que mesmo sendo taxado de autoritário, os atendia para discutir pautas de reivindicações.

Diante de tal situação, faz-se necessário alguns questionamentos:

01- Cadê os companheiros que num passado nem tão distante viviam nas ruas atrás de trios elétricos fazendo greves por qualquer motivo?

02- Cadê os companheiros que esticavam faixas na quadra da escola exigindo o número mínimo de alunos em sala de aula?

03- Cadê a companheira que protestou solitária na praça ao lado de uma faixa durante três dias exigindo respeito com os trabalhadores da educação?

Sumiram, e agora fazem parte desse governo, que se diz emanado dos trabalhadores, mas comete todos os tipos de atrocidades com o povo enquanto os ex-combativos companheiros fazem cara de paisagem, por que também estão comprometidos com os desmandos patrocinados pelos éticos petistas que comandam o município.

Perguntar não ofende

Qual é mesmo a utilidade daquele "elefante branco" que atende pelo nome de "Fábrica de Açaí" construído no calor da campanha política de 2008 pela administração municipal, com a única finalidade de ludibriar os eleitores, jogando pelo ralo dezenas de milhares de reais do meu, do seu e do nosso suado dinheirinho?

- Por que atualmente o prédio abandonado serve apenas como depósito de morcegos e ponto de encontro de usuários de drogas.

Convidado de honra

O ex-deputado Adamor Aires, líder inconteste da política luziense e aliado de primeira hora do governador do estado, esteve ontem na capital à convite do próprio Simão Jatene [PSDB] para o lançamento da "Agenda Mínima" do governo que prevê investimentos da ordem de R$ 4,5 bilhões em todas as áreas de atuação, priorizando políticas públicas para saúde, meio ambiente e educação.

Adamor, que pode está dando adeus ao PR e entrando para o ninho tucano é o candidato preferencial do governador à prefeitura de Santa Luzia nas próximas eleições, em retribuição ao apoio recebido do então deputado Adamor Aires, que mesmo contrariando orientações partidárias, trabalhou para ajudar Simão Jatene a conquistar o governo.

Julgamento histórico

Terminou, depois de mais de 24 horas, o julgamento dos presos na "Operação Açaí" [deflagrada pelas polícias Civil e Militar em agosto do ano passado] com o anúncio do veredicto pelo juiz da Comarca de Santa Luzia, Dr. André Luiz Filo-Creão da Fonseca.

Foram julgados: Antonio Carlos Eusébio [acusado de mando de assassinato], Marcos Rogério Barbosa [Nenca, filho do Nego Chico], Misterlani da Silva Machado [Ernande] e Geovane Juscelino Lopes [Bola], estes acusados de formação de quadrilha, assaltos, homicídios e crimes de pistolagem.

A frente do prédio do fórum foi tomada por populares, parentes e amigos dos réus, desde a manhã de ontem, para acompanhar o mais longo julgamento da história da justiça luziense. Interrompida no final da tarde de ontem e retomada hoje pela manhã, a seção só terminou agora à pouco no início da noite, por volta das 19 hs, quando o conselho de sentença, formado por sete jurados, decidiu o destino dos réus. Dois foram absolvidos [Nenca e Ernande] e dois condenados [Antonio Carlos e Bola] à 16 e 14 anos de reclusão, respectivamente.

Catapora

Pode não ser um surto, mas há muitas crianças doentes de catpora na cidade. A varicela, como é conhecida no mundo científico, é uma doença tropical infantil altamente contagiosa e a muitos anos sob o controle do Ministérios da Saúde.

A maioria da população já contraiu a doença e por isso é naturalmente imune à ela, mas quem nunca teve catapora, geralmente as crianças, é alvo em potencial do vírus "varicela-zóster".

Posse

Tomou posse na última sexta-feira o novo gerente regional da Adepará [Agência de Desenvolvimento Agropecuário do Pará], unidade de Capanema, José Medeiros Filho que assumiu o cargo em substituição à Hamilton Silva que dirigia a instituição.

Entre os presentes na solenidade de posse, presidida pelo diretor geral da agência, Mário Moreira, estava o deputado estadual Eduardo Costa [PTB], o secretário de agricultura de Capanema Nelson Araújo, além de representantes locais da Emater, Ufra, empresários e vereadores.

Agenda Mínima do governo prevê investimentos de R$ 4,5 bilhões até 2014

O governador Simão Jatene [PSDB], lançou nesta terça-feira [12], em solenidade que contou com a presença de todos os secretários e gestores do estado, a "Agenda Mínima de Governo" a ser cumprida até o final do mandato.

Assim como fez na primeira vez que chefiou o executivo estadual, Jatene enumerou, no documento, as obras e investimentos que se obriga a realizar até 2014.

Entre as ações, está a conclusão das obras inacabadas, deixadas pelo governo anterior em situação bastante precária; investimentos maciços nas quatro áreas definidas como prioritárias: Segurança, Educação, Saúde e Meio Ambiente, e outros investimentos nos demais setores, contemplando todas as áreas de atuação do governo.

Nota: Leia mais aqui.

O trânsito em Santa Luzia

Estradas e esquinas que são verdadeiros corredores da morte
Quantos pais e mães já choraram por seus filhos  e entes queridos que se foram, vítimas e números de uma tragédia que é  o trânsito no município de santa Luzia? Estatísticas de uma realidade sombria que envolvem carros, motos, bicicletas e pedestres, muitos dos quais  têm suas vidas ceifadas por descuidos, imperícias, negligência, falta de sinalização, irresponsabilidades, embriaguês...
Somos um município cortado por uma importante e movimentada rodovia [Br-316] para onde deságuam várias estradas vicinais que transportam pessoas e abastecem a cidade de gêneros e produtos agrícolas,  saindo de inúmeras vilas e distritos e formando um eixo de circulação bastante intenso e,  ao mesmo tempo, desguarnecido de fiscalização, fora e principalmente dentro da cidade.
Como sabemos, o traçado urbano de nossa cidade é composto de avenidas, ruas, vielas e esquinas que em formato transversal fluem em direção a rodovia, cortando-a sem que haja, nesses locais, redutores de velocidade, lombadas, placas de sinalização ou semáforo capazes de orientar a circulação nos trechos mais críticos da cidade.
Também não há a exigência ou cobrança em relação ao uso de capacetes, cintos de segurança e outros equipamentos que ajudam a salvar vidas. Talvez Por causa disso seja bastante comum ver cenas de fórmula 1 em vias públicas  por onde circulam homens, mulheres, crianças e idosos ficam expostos á violência do trânsito.
Como ainda não houve a municipalização e a regulamentação do trânsito local, estabelecendo posturas, ações e punições para os eventuais infratores que causam tantos transtornos. Por ora, predomina a “lei da selva” e o trânsito da nossa cidade vira uma bagunça com ruas e esquinas que são verdadeiros “Corredores da morte” lócus  dos acidentes e das tristes lágrimas do povo luziense.
 Jorge Daniel 
[Professor, geógrafo e especilaista em Gestão Ambiental]

Julgamento

Está sendo julgado hoje pelo tribunal do júri da Comarca de Santa Luzia, Antonio Carlos Eusébio, acusado de ser o mandante do assassinato do jovem Andreys Carneiro, ocorrido em abril do ano passado.

Antonio Carlos foi preso no mês agosto durante a "Operação Açaí" e desde então encontra-se na carceragem da delegacia de polícia de Santa Luzia à disposição da justiça.

Segundo algumas fontes que encontram-se nas dependências do Fórum, assistindo o julgamento, o clima por lá é tranquilo apesar do forte esquema de segurança e do grande número de curiosos em frente ao prédio.

A previsão é que o veredito seja anunciado no fianal da tarde.

Em tempo

Segundo informações da direção do PPS luziense, dia 16 [próximo sábado], o morubixaba da legenda no Pará, o deputado federal Arnaldo Jordy, desembarca na City e terá uma agenda intensa: à tarde reuniões nas comunidades do Km 18 e Broca e à noite grande reunião e atos de filiações na danceteria Beleza Pura. A largada para 2012 está só começando...

Os luzienses mais descolados já estão de malas prontas só esperando o feriadão da Semana Santa [dias santos para os católicos] para pegar o "busão" e cair neste mundão de meu Deus. O destino preferido é o sertão pernambucano, mais precisamente o teatro à céu aberto de Nova Jerusalém, para assistirem o espetáculo da Paixão de Cristo, encenado por grandes nomes da teledramaturgia brasileira.

As famílias católicas luzienses se preparam para a semana Santa rezando a Via Sacra todas as quartas-feiras à noite nas residências e nas madrugadas das sextas é o próprio padre Elias, que depois de uma caminhada pelas ruas da cidade, celebra a via crúcius de Jesus.

Em tempos de Quaresma, quando a City fica os 40 dias sem nenhuma balada, os finais de semana costumam ser calmos, mas a última sexta-feira fugiu à regra. Estava movimentadíssima, com os bares da praça e a loja de conveniência Kayo lotadíssimos, com gente saindo pelo ladrão, literalmente.

A lei municipal que beneficia estudantes universitários com incentivo financeiro de um salário mínimo ainda não está sendo cumprida, mesmo depois de votada pela câmara e sancionada pelo prefeito, reclamam os estudante e alguns vereadores. As dificuldades enfrentadas por esses jovens são imensas, e esse dinheiro faz muita falta. Então o que está faltando para a administração municipal cumprir a lei?


Santa Luzia é desprovida de instalações hoteleiras de qualidade, o que tem sido alvo de críticas de turistas e artistas quando necessitam pernoitar por aqui. Salvo alguns quartos modestíssimos de pensões e o hotel Wilson, em funcionamento a pouco tempo, a cidade não dispõe de mais nada do gênero. De olho na carência do setor, o vereador Tião Oliveira resolveu transformar sua propriedade no Km 49 em um hotel fazenda, ainda em fase de cosntrução. Veja a foto da primeira unidade do complexo construída:
 À propósito a propriedade do vereador Tião já dispõe de excelente estrutura: um amplo açude com criação de peixes, quadra de beach soccer [futebol de areia], quadra de vôlei, piscinas e criações de animais. Quando em funcionamento, ainda vai oferecer aos hóspedes aquela comida caseira, da qual a família do vereador é autoridade no assunto.

A administração petista de Santa Luzia anda mal das pernas e isso não é mais novidade pra ninguém. Basta ler semanalmente as notícias [más, diga-se de passagem] que tem pautado as manchetes dos jornais de grande circulação no estado, dando conta das malfeitorias da cumpanherada com os recursos públicos, maltratando o povo que sofre com a ausência de serviçoes essenciais como saúde e educação. Até os vereadores da base aliada não aguentam mais tantos desmandos, patrocinados pelo prefeito e seus asseclas, e estão botando a boca no trombone. Na saúde, além dos processos movido pelo MPF [Ministério Público Federal] contra o prefeito e secretária da pasta, por desvios de recursos que superam os milhões de reais, o escândalo mais recente foi a distribuição de remédios com o prazo de validade vencido para a população. Na educação, o caos também também dá a tônica por lá. Não foi prestado conta do dinheiro da complementação da União para o Fudeb, repassado em janeiro, e nas escolas falta de tudo, principalmente o item mais básico: cadeiras para os alunos que são obrigados à assistirem as aulas amontoados na mesa do professor ou em cadeiras quebradas sem o apoio para escrever. Vergonha...

O que ele disse

“- Precisamos analisar antecipadamente a documentação, realizar investigações e comprovar as irregularidades. Ou seja, precisamos ter provas concretas, caso não, não vai dar em nada, [as convocações] pois a pessoa convocada apresenta números que não conhecemos a sua verdadeira dimensão e fica por isso mesmo, pois não sabemos o que realmente criticar!”

Vereador Tião Oliveira [PR] justificando o seu voto contra as convocações de secretários municipais para arguição na Câmara Municipal.

Acidente

Ontem à noite, por volta das 23 hs, um acidente grave envolvendo uma moto vitimou instantaneamente uma jovem senhora, moradora do Bairro Novo, em frente ao cartório.

De acordo com testemunhas, o condutor do veículo, um vigia da prefeitura, vinha em alta velocidade e atropelou a vítima que trafegava de bicilceta. Segundo informações, ainda não confirmadas, o motoqueiro teria falecido no hospital hoje pela manhã.

Circo

De acordo como o cronograma das convocações de secretários municipais, adotado pela câmara, ontem seria a vez do titular da pasta de agricultura, Jorge Cirino, ser ouvido por suas excelências, mas o aspone da administração petista não deu as caras por lá e muito menos satisfações à respeito da sua ausência, provando assim a atução '"cosmética" daquela casa de leis na fiscalização da gerência dos recursos públicos [principal atribuição dos vereadores] destinados à serviços essenciais da prefeitura.

Segundo fontes do blog [gente do seio petista] a presidente da casa, vereadora Lúcia Machado [PT], também faltou à sessão ordinária, que foi presidida pelo seu substituto imediato.

Sem ter muito o que fazer, os vereadores resolveram votar outra convocação, de grande relevância para o interesse público, diria eu: a do secretário de obras.

O surpreendente, segundo as mesmas fontes, foi o comportamento da "oposição", que inverteu os papéis votando contra.

No Ancelmo Góis

Faroeste caboclo

Dira Paes, a atriz, vai estrear como produtora. Lançará, dia 13 de maio, no Cine Glória, no Rio, o documentário “Esse homem vai morrer”, de Emílio Gallo. O longa conta as histórias de 14 pessoas ameaçadas de morte no Sul do Pará.

Bispos na mira...

A paraense Dira vai trazer de sua terra, para o lançamento, três bispos e uma freira da lista de marcados para morrer. O padre paraense Ricardo Resende, aliás, exilado há anos no Rio por causa de ameaças, é o protagonista do longa.

Da coluna diária do jornalista no "O Globo".

Violência escolar - uma discussão necessária.

Tragédias, cenas de violência, venda de drogas,entrada de armas, agressão de professores e alunos...São situações que ocorrem no dia-a - dia das milhares de escolas brasileiras. Alguns desses acontecimentos, á exemplo da chacina ocorrida hoje em uma escola carioca, ganha espaço na mídia e mobiliza, por alguns instantes á opinião pública, mas logo caí na vala comum do esquecimento e são, em seguida, negligenciadas pelas autoridades.

Não é oportuno, no momento, descobrir apenas os possíveis culpados, mas buscar á fundo as raízes do problema. Sabemos da precariedade do nosso sistema de ensino, incompatível com a proposta de um país que quer chegar ao topo do desenvolvimento.

Em geral, vivemos em uma sociedade doentia onde o homem não busca, prioritariamente, a felicidade ou se busca ela está sendo confundida com a aquisicão de bens materiais em que " o ter vale mais que o ser", mergulhando homens e mulheres em uma competição desenfreada, uma selva de pedra, uma sociedade que é um monumento ao individualismo.

Essa crise de valores torna os homens insensíveis, frustrados, deprimidos e incapazes de se adequar ás exigências da sociedade moderna. O corre-corre do trânsito, a luta por espaços, a procura de sua própria identidade, o sentimento de inferioridade... causam patologias que muitas vezes evoluem para á prática de ações que refletem o estado de irracionalidade, levando algumas pessoas a praticarem atos de selvageria e tragédias coletivas como as que vemos no dia-a-dia das escolas.

Como as escolas são vitrines da sociedade, elas também estão sujeitas a esses tipos de mazelas sociais, anomalias que estão se tornando comuns ás sociedades desajustadas que vivem uma crise se valores sem precendentes que arrasta as pessoas para as sombras de uma existência sem sentido, um lugar onde os transtornos são as únicas portas de saída.

Jorge Daniel
[Professor, geógrafo e especialista em Educação Ambiental]

"Dotô" apedeuta

Semana passada o Sintepp [seção Santa Luzia] tentou, de novo, uma audiência com o senhor prefeito municipal para discutir antigas reivindicações da categoria, pendentes a algum tempo.

Já na prefeitura, os professores foram informados de que seriam recebidos por um assessor de sua excelência, e recusaram a proposta.

Só aceitariam conversar com o prefeito, o qual se recusou a recebê-los alegando falta de espaço na agenda, e mais: que uma audiência com os sindicalistas só seria possível mediante envio, com antecedência, de um ofício solicitando-a.

- Ah, bom...