Archive for Março 2012

Gravações telefônicas - Lennon é o advogado de Louro e Gedson

A assessoria jurídica do prefeito Zaqueu desmascarou, perante o Tribunal de Justiça, o advogado da “Quadrilha Solidária”, Julian Lennon Lima Aleixo, o dito “LENO” que aparece, nas gravações telefônicas interceptadas por ordem da justiça de Santa Luzia, sempre em conversa com o mentor da organização criminosa, segundo o Ministério Público, Gédson Xavier, o gerente do cofre no governo mafioso petista e filho do manipulado “Louro”.

Descobriu-se, agora, que o relatório das conversas entre o Dr. Lennon e Gédson, é uma das centenas de páginas que a digna promotora de Santa Luzia, Dra. Adriana Passos Ferreira juntou no processo contra o Ladino “Louro” e sua quadrilha, sendo que numa dessas conversas “grampeadas”, antes de uma reunião dos vereadores, Gédson e Lennon tramam destruir a Câmara Municipal de Santa Luzia. Em certo trecho, apurado pelo núcleo de inteligência policial, a conversa criminosa entre o meliante Gédson e seu advogado incitador de vandalismo, Lennon reza o seguinte:

TRANSCRIÇÃO:

LENO :    “ TEM Q QUEBRAR ESTA PORRA”
COMO ESTÁ A COISA AÍ ? A SOCORRO ADERIU A ELES...                                                                                                                                    
Leno diz que não sabe o que foi que aconteceu, no entanto a socorro passou para o lado deles.
Leno diz que vai ligar para o Zé Maria e perguntar o que tem que fazer.
Jedson diz que tem que chamar o pessoal da Prefeitura para quebrar esta porra, e para paralizar esta reunião.
Leno diz que conseguiram pegar ela.
Leno pede para jedson mobilizar o pessoal.

Como visto, taí a prova do crime. A demonstração incontestável do que são capazes essa corja que tava encastelada no governo petista de Santa Luzia. Não é imaginário supor que são capazes até de matar para continuar o assalto aos cofres municipais. Até agora não se sabe o motivo por que não se consumou o vandalismo e o “quebra-quebra”. E quem garante que a violência seria só contra o patrimônio público?

Por isso tudo, como bem disse no Tribunal de Justiça o advogado do Prefeito Zaqueu: “ ... fica evidenciado que o Dr. Julian Lennon é pessoa dada a armações...”. E esta certeza veio agora quando verificou-se o desespero desse advogado, que utilizou-se de calúnias e ofensas, no ultimo recurso de embargo apresentado, para tentar justificar para a “Quadrilha Solidária” o seu vacilo, ao perder o prazo para recorrer contra a decisão do juiz que afastou o ladino “Louro” e os demais meliantes dos seus respectivos cargos.

Espera-se então daqueles que tem poderosa tinta na caneta, que se faça impiedosa denúncia à OAB para punir o irresponsável advogado “LENO”, assim como ao Ministério Público para apurar os crimes praticados por Gedson e seu “incitador”, inclusive, sobre outros “achados” nos grampos telefônicos, que serão revelados aqui neste blog em forma de capítulos dessa tragicomédia petista, que tanto prejuízo causou ao povo de Santa Luzia.

Moral da história: “quem com o ferro fere...

Clima tenso

O clima na ATMA [Associação dos Taxistas Manoel do Artur], que reúne os taxistas da City, não anda nada calmo: segundo um dos associados a nova direção ainda não assumiu o controle da entidade por conta de problemas burocráticos causados pela presidência antiga, a primeira, diga-se de passagem, que se recusa a entregar a cópia original do estatuto da associação, uma das exigências jurídicas para que o presidente eleito seja reconhecido de fato e possa ser empossado no cargo.

Ainda não foi dessa vez

Fofoca de final de tarde espalhou-se como rastilho de pólvora na cidade dando conta do retorno do ladino “Louro do PT” ao cargo de prefeito: lorota dos “cumpanherus”. Em linha direta, este blog entrou em contato com a assessoria jurídica do prefeito Zaqueu, que enviou mensagem tranquilizando a população.

Na verdade, segundo o causídico, os meliantes criminosos não conformados com a derrota sofrida quinta-feira passada, dia 22, com o indeferimento do recurso denominado Agravo de Instrumento, pela desembargadora Luzia Nadja Nascimento, ontem, dia 28, protocolaram outro recurso, desta vez um Embargo de Declaração, argumentando que a desembargadora Luzia Nadja havia errado “grosseiramente” na decisão. Uma quixotada jurídica protagonizada pelos rábulas que assessoram o apedeuta e sua corja, que na ausência da "habilidade" financeira para conseguir liminar se arriscam, na seara forense.

De acordo com o advogado do prefeito Zaqueu, com este recurso de Embargo ficou patente o desespero dos advogados da "Quadrilha Solidária", já que perderam o prazo para recorrer no primeiro recurso de Agravo. O despreparo dos advogados de “Louro” foi tão visível que, segundo o que se comenta nos corredores do Tribunal de Justiça, NEM ESTAGIÁRIO DE DIREITO PECARIA DE FORMA TÃO ACINTOSA, apesar dos milhares de reais que estão faturando para defender o maior ladrão de recursos públicos do interlã paraense.

Para tentar camuflar o erro inominável e justificar os ricos honorários que estão ganhando, os advogados da quadrilha petista estão agora atirando para todos os lados, porém com estratégias covardes e igualmente criminosas. Acusam a séria  desembargadora de erro grosseiro, o Cartório do Fórum de parcial com vícios nas certidões emitidas e outras inverdades afora. Só não falam como a quadrilha petista de Santa Luzia compra LIMINAR na Justiça. Disso tudo, resulta o seguinte, segundo o advogado do prefeito Zaqueu:  pelas mentiras desavergonhadas dos advogados de “Louro”, a única mudança na respeitável decisão da desembargadora, que manteve o ladrão afastado do cargo, seria, se possível fosse, a aplicação de uma pesada multa, por aquilo que se chama no mundo jurídico de “LITIGÂNCIA DE MÁ FÉ”, ou seja, pela palhaçada aprontada pelos advogados da “Quadrilha Solidária” a única “vitória” a comemorar seria meter a mão no bolso e indenizar a Justiça pelo tempo perdido.

Portanto, como sempre se diz quando festeja-se as burrices e derrotas petistas, vamos repetir, mais uma vez: TOMA-TE.

Prefeito Zaqueu sanciona PCCR da educação neste segunda

Segunda-feira, 02 de abril, à partir das 9 hs na quadra de esportes da escola Florentina Damasceno o prefeito Zaqueu Salomão estará sancionando o PCCR [Plano de Cargos, Carreiras e Salários] dos trabalhadores da educação em uma grande cerimônia que contará com a presença de toda a categoria e de vários segmentos sociais e políticos do município.

A sanção do PCCR é uma conquista dos trabalhadores depois de mais de 5 anos de luta, via Sintepp, que o ex-prefeito Louro juntamente com ex-secretária de educação, professora Viviane Araújo, sempre fizeram questão de desprezar em detrimento dos direitos de professores, auxiliares e agentes administrativos, serventes, vigias e porteiros, mas que o prefeito Zaqueu Salomão e os vereadores Robson Federal, Luís Doca, Nando Vieira, Tião Oliveira, Socorro Saldanha, Franço e Zé Luís transformaram em compromisso e prioridade deste governo.

Na ocasião haverá um coquetel, sorteios de brindes para os presentes e o anúncio de outras conquistas que o governo Zaqueu faz questão de conceder aos trabalhadores que fazem a educação deste município.

Gravações telefônicas

Alguém precisa dizer para o MENTOR da organização criminosa do finado governo petista, GÉDSON XAVIER, filho do ex-prefeito mais ladrão do interlã paraense, que a farra de crimes contra o patrimônio público chegou ao fim: de agora em diante o “bocudo”, que pagou R$ 300 mil por uma LIMINAR a servidor do Tribunal de Justiça, terá que se virar pra responder na justiça sobre o paradeiro dos quase R$ 50 milhões desviados dos cofres da prefeitura de Santa Luzia nos últimos 07 anos, segundo estimativas do próprio TCM [Tribunal de Contas dos Municípios].

Sabe-se agora que o tal “bocudo” Gédson foi flagrado em conversas telefônicas gravadas com autorização judicial, diga-se de passagem, em setembro do ano passado, armando com um tal de “Lenon” um QUEBRA-QUEBRA na Câmara Municipal, ocasião em que o Poder Legislativo votaria o “impeachment”, ou seja, o afastamento do ladino “Louro do PT”. Não se sabe por qual razão o “QUEBRA-QUEBRA" não aconteceu, entretanto, transcrições das conversas telefônicas em poder desse blog, revelam até que ponto vai a sandice, a loucura, a irresponsabilidade dos integrantes da “Quadrilha Solidária”, dispostos até a matar, se preciso for, para continuarem roubando o dinheiro de nosso povo.

Aliás, essas práticas criminosas devem ser estimuladas pela vereadora LUCIA MACHADO, uma conhecida agitadora de invasões de propriedades que, recentemente, tentou utilizar-se do mesmo expediente na Câmara Municipal, mandando buscar no interior crianças e gestantes da invasão dos “sem-terra”, no Pau-de-Remo, além de alguns jagunços seus, tudo para intimidar os vereadores locais. Esse fato, inclusive, está registrado na policia, num boletim de ocorrências, assinado por 06 vereadores, para os fins de direito.

Fica aqui registrado o ALERTA para as autoridades policiais, para o Ministério Público e para a Justiça, a fim de que tomem as providências cautelares para apurar esses crimes afim de prevenir o pior, já que além de GÉDSON , Lenon [sendo este ainda desconhecido] e LÚCIA MACHADO, é preciso ficar de olho ainda em EDSON MARTINS, FELIPE e NONATO GUIMARÃES, sendo esta “trinca” a complementação da maldade que arquiteta os delitos macabros em Santa Luzia, capazes, como já dito, de venderem a própria alma para continuarem “mamando” nas tetas da prefeitura.

Alô polícia. Alô MP. Alô Justiça. Tá na hora de utilizar as ferramentas do estado para reprimir, com mais rigor, essa escumalha ratazana, que não tem respeito nem a si mesmo.

Coração de mãe

Na manhã de ontem [terça-feira, 27] animado bate-papo aconteceu na residência do senhor Ivaldo Mendes. Testemunhado pelo vereador Robson Federal, o padrinho do encontro, o ex-deputado Adamor Aires ouviu de Ivaldo Mendes que a partir de agora integra o seu grupo político. Pelos relatos chegados a este blog Adamor Aires teria ficado satisfeito com a conversa, já que sempre manteve com Ivaldo um relacionamento cordial e de amizade.

Como se vê, o caldo engrossa.

Novos tempos, novos desafios

Não temos o dom de profetizar, nem tão pouco de prever o que está pela frente. Mas acreditamos que essa retórica maniqueista de dizer “esse é bom e aquele á ruim”; de falar “fulano é isso e ciclano é aquilo” não serve como parte do nosso vocabulário.

Vivemos, inegavelmente, um capítulo importante e ao mesmo tempo delicado na história do município. Um momento em que a realidade, os fatos sepultaram as antigas ideologias e desnudaram uma face perversa de como o interesse público é usado para praticar tudo aquilo que existe de pior na política.

É vergonhoso vermos Santa Luzia do Pará estampada nos jornais, na televisão e na mídia eletrônica com notícias que envolvem corrupção, desvios, obras inacabadas, falta de decoro parlamentar e outros expedientes não apropriados para agentes políticos que deveriam servir de exemplo para os demais munícipes. Por decisão do competente juiz da comarca de Santa Luzia do Pará, o prefeito eleito Lourival Fernandes foi afastado e em seu lugar foi empossado o vice prefeito Sr Zaqueu Salomão.

Isso não quer dizer que todos os problemas foram resolvidos. Aliás, os problemas não se resolvem apenas com a troca de nomes, mas pela maneira de compreender o verdadeiro papel de um agente público, seja ele vereador, prefeito, governador ou até presidente. É dever de todos superar as amarras e os erros do passado, buscando formas apropriadas de exercer a gestão pública municipal pautada no compromisso com a ética e com a eficiência administrativa capaz de mostrar resultados práticos e melhorar as condições de vida da população. O prefeito Zaqueu entende o peso e a responsabilidade que repousa sobre os seus ombros e de toda a sua equipe. Sabe também que zelar pelo bem-estar da população é um privilégio para poucos, somente os que se colocam na honrosa função de servidores do interesse público.

As bandeiras e os discursos terão novamente o seu tempo e espaço apropriados. Por ora é dever do governo exercer o ato de governar. Muitas coisas precisam de soluções rápidas, outras serão adotadas ao seu tempo. Algumas iniciativas merecem o nosso aplauso. Como não ficar feliz com o compromisso do prefeito Zaqueu em relação a aprovação do PCCR e a implantação do novo piso salarial na educação? Ainda neste setor haverá a construção de uma escola municipal com 12 salas de aula e um ginásio coberto. Sem falar de repassar integralmente os 60% que a lei determina que seja usada para complementação salarial dos professores.

O apoio do governador Jatene pode resultar em melhorias para os moradores do Bairro da Paz. A regularização e a titularidade das terras para os moradores e o asfaltamento das ruas são apenas alguns benefícios que a população daquela área poderá desfrutar em breve.

Não temos soluções mágicas, prontas e acabadas. Sabemos que as transformações exigem tempo, dedicação e muito trabalho. Temos um potencial enorme: povo ordeiro e trabalhador, uma localização geográfica privilegiada, vontade de aprender e buscar outros exemplos que nos sirvam de inspiração. Um deles é Paragominas, um município problema no passado e um modelo de gestão eficiente no presente. Por que não seguirmos esse exemplo?

Jorge Daniel
[Professor especialista em Gestão Ambiental]

Ex-prefeito Nato Costa com o governador Simão Jatene

Ex-prefeito Nato Costa, que comemorou idade nova na data de ontem, em recente encontro com o governador Simão Jatene. Amigos de longa data aproveitaram o bate papo para relembrar um passado nem tão distante, de quando Nato era prefeito de Santa Luzia e Simão Jatene governava o estado pela primeira vez, ambos pertencentes aos quadros do PSDB.

Foto: deputado Márcio Miranda

A guerra da Vale

A Vale e o Pará estão em guerra. O motivo é uma recém-instituída lei estadual para taxar a mineração [até há pouco, havia tributo apenas da União]. Com alíquotas agressivas, o Pará deve arrecadar quase 1 bilhão de reais ao ano – 85% disso sairá dos cofres da Vale. A Vale resolveu contra-atacar. Decidiu contestar judicialmente a taxa. O Pará, no entanto, mandou um recado: se a Vale entrar com a ação, revogará todos os regimes especiais de ICMS que a Vale tem no estado.

Minas Gerais instituiu uma lei semelhante à do Pará. E ameaça a Vale com dificuldades no licenciamento ambiental no estado daqui para frente, se a mineradora apelar à Justiça.

Por Lauro Jardim, no site Veja Online

Santa Luzia terá "Feira do Peixe" do governo do estado durante a Semana Santa

Santa Luzia está, mais uma vez, incluída no programa Feira do Pescado Popular e Feira do Peixe Vivo, do governo do estado, durante a Semana Santa.

Segundo o site da Sepaq [Secretaria Estadual de Pesca e Aquicultura] 26 municípios serão atendidos: Santa Isabel do Pará, Santa Bárbara, Soure, Breves, Tucuruí, Marituba, Castanhal, Barcarena, Primavera, Salinópolis, Oeiras do Pará, Baião, Ponta de Pedras, Vigia, Santarém, Goianésia, Inhangapi, Santa Luzia do Pará, Irituia, Óbidos, Limoeiro do Ajuru, Conceição do Araguaia, Mojuí dos Campos, Belterra, Moju e Afuá.

A iniciativa é do governo do estado, através da Secretaria de Pesca e Aquicultura, tendo o Banco da Amazônia como um dos colaboradores.

Em tempo

A situação lá pelas bandas da Câmara Municipal é de penúria: na sessão da última sexta-feira, além da pane no sistema de refrigeração do plenário, que deixou suas excelências no maior calorão, o sistema de som também deixou os vereadores na mão, literalmente, que foram obrigados a dividir um único microfone que rodou de mão em mão.

A propósito, o ex-vereador luziense Belmiro Monteiro de Farias [seu Bira] foi à câmara para assistir a plenária e acabou sendo homenageado pelos vereadores. Seu Bira que ocupou uma cadeira na câmara de Ourém por vários mandatos e por uma legislatura na câmara de Santa Luzia, fez um relato emocionante da sua trajetória política, sempre em benefício do seu povo, e foi ovacionado com uma sonora salva de palmas pelos vereadores e populares que ocupavam as galerias da casa.



Ainda na sessão de sexta-feira da Câmara Municipal: o vereador Zé Luís, pivô de uma crise institucional em tempos recentes, subiu na tribuna e declarou sua adesão ao governo Zaqueu Salomão em detrimento do acordo feito com o ex-governo vermelho que deu sobrevida ao apedeuta quando a "Liga da Justiça" o afastou do cargo no final do ano passado. Clique na imagem para ler, na íntegra, o discurso do vereador Zé Luís.

O prefeito Zaqueu Salomão pediu à sua equipe de governo uma análise minuciosa sobre o programa "Bolsa Universitário", que beneficia os estudantes luzienses que cursam nível superior em outros municípios com uma ajuda financeira, e pretende muito em breve regularizar o pagamento. Portanto, os beneficiários do programa não devem ficar preocupados por que irão receber aquilo que lhes é de direito, por lei.

Vejam só como a violência continua em alta em terras luzienses: na madrugada de ontem dois marginais invadiram a residência de um grande comerciante da City e o renderam juntamente com a esposa, que sob a mira de revólveres foram obrigados a entregar para os bandidos um valioso cordão de ouro, R$ 7 mil em espécie e aparelhos eletroeletrônicos de uso pessoal da família.

O fim do período quaresmal se aproxima, e consequentemente, a Semana Santa também. No próximo domingo a Igreja celebrará o Domingo de Ramos, e a Paróquia de Santa Luzia, sob o comando do competente Pe. Elias, promete uma linda festa de preparação para o período sagrado da Semana Santa.

É fato que as aulas demoraram um pouquinho para iniciar, mas a situação é bem diferente de anos anteriores: o transporte escolar está totalmente regularizado, o governo do estado enviou antecipadamente cadeiras novas e as unidades escolares, na cidade e no interior, estão funcionando normalmente.

O rei Roberto Carlos esteve em Belém no último sábado, 24, onde fez show no Hangar Centro de Convenções da Amazônia, e os luzienses mais descolados marcaram presença: quem pode, pode...

Com o fim do período quaresmal o Dj Judson e a danceteria Beleza Pura prometem um retorno em grande estilo com a mega "Forrozão do Balde" no tradicional Sábado de Aleluia, 7 de abril.

As articulações políticas visando as eleições municipais de outubro estão a todo vapor. Comenta-se de tudo nos bastidores e segundo aqueles que ouvem às paredes a petezada está perdida, sem rumo e tentando juntar os cacos após o esfacelamento por conta da queda do apedeuta e seus generais do comando do município.

Dj Kacio Costa, agora no comando da Diretoria Municipal de Comunicação está negociando parceria da prefeitura com o Portal Capanema, um dos maiores veículos de comunicação virtual do nordeste paraense com milhares de acessos diários.

Taxa mineral

Foi publicado na edição de hoje [26] do DOE [Diário Oficial do Estado], o decreto que regulamenta a nova taxa mineral [TFRM - Taxa de Controle, Acompanhamento e Fiscalização das Atividades de Pesquisa, Lavra, Exploração e Aproveitamento de Recursos Minerários] idealizada pelo governador Simão Jatene [PSDB] que vai taxar toda a atividade mineral, gerando receita de R$ 800 milhões por ano ao estado.

A taxa entra em vigor no próximo mês de abril em todo o território paraense.

Os luzienses clamam por mais ações do Ministério Público

A população de Santa Luzia será eternamente grata pela ação firme e determinada da promotora de justiça, Dra. Adriana Passos Ferreira e do juiz, Dr. André Filo-Creão da Fonseca, pela reprimenda contra o banditismo comandado pelo ex-prefeito “Louro do PT”. O fastamento de Louro, do mentor da quadrilha GÉDSON e de outros dois colaboradores foi uma medida inédita no município e serve de exemplo para intimidar novos assaltos ao combalido cofre municipal.

Vale ressaltar, que poucos promotores e juízes tiveram tanta coragem e competência no interlã paraense. No entanto, a ação do MP, exigindo a devolução de R$ 200 mil desviados do matadouro, representa apenas uma gota d’agua diante do volume de recursos desviados ao longo de 07 anos do desgoverno petista: cálculos, por baixo, indicam que os desvios se aproximam dos R$ 50 milhões, fazendo-se um rápido levantamento de algumas prestações de contas, exercícios 2005, 2006 e 2007, todas reprovadas, à revelia, pelo TCM [Tribunal de Contas dos Municípios], e “Louro do PT” condenado a devolver mais de R$ 08 milhões [oito milhões de reais]. Isso numa visualização superficial, sem denúncias, sem verificação “in locu” dos supostos serviços efetivados, das compras realizadas, enfim, sem uma fiscalização efetiva.

Embora o ladino “Louro” tenha foro privilegiado para os crimes contra a administração, é preciso avançar mais contra os atos de improbidade administrativas que importaram em enriquecimento ilícito de todos os membros da “Quadrilha Solidária”, nas fraudes em processos licitatórios, em dezenas de convênios com o estado não realizados, apesar dos repasses integrais dos recursos, a fim de que se recupere parte desses milhões que sumiram pelo ralo da corrupção e que essas condenações alcancem, também, seus cúmplices na roubalheira e na fabricação dos delitos, a exemplo da ex-secretária de educação Viviane Araújo, da ex-secretária de saúde, Lucivânia Blanddt, do ex-secretário de Assistência Social, Edson Martins, do ex-secretário de Obras, Phelipe Pimentel e do ex-secretário de Administração e Finanças Gédson Xavier de Lima, sendo este o mentor da quadrilha e filho do alcaide desonesto.

Vejamos um pequeno retrato do descalabro: na ação de improbidade que motivou o afastamento do ladino “Louro”, de seu primogênito Gédson e de mais 02 assessores, tendo como objeto o desvio de recursos do matadouro, a denúncia se deu apenas em relação ao convênio SEPOF/FDE 351/2010, no valor de R$ 200 mil. Ocorre que o espertalhão já havia efetivado outros 02 [dois] convênios anteriores para o mesmo fim: o primeiro com a Sagri [Secretaria Estadual de Agricultura], em 2007 [conv. Nº 045/2007], no valor de R$ 100.000,00 [cem mil reais], e o segundo com a mesma SEPOF [Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Finanças]/FDE [Fundo de Desenvolvimento do Estado], em 2008 [conv.nº 316/2008], com a liberação integral de todos os recursos, sem que a obra tenha sido concluída, como é de conhecimento de todos.

Além do visível desvio de verbas públicas, das fraudes nas licitações, a perplexidade se acentua quando verifica-se a ausência de prestação de contas desses convênios, mesmo já expirado, há anos, o prazo de suas respectivas vigências.

Vejamos outro: ao lado do FÓRUM da nossa cidade deveria ter sido construído o sonho maior dos juvens e desportistas luzienses, o tão sonhado GINÁSIO COBERTO DE ESPORTES, projeto de alta envergadura, inclusive, com vestiários e arquibancadas, de acordo com o projeto apresentado. Para tanto “Louro do PT”, o desonesto, efetivou convênio de nº 226/2008, com recursos do estado, via SEPOF/FDE, no valor de R$ 400.000,00 [quatrocentos mil reais], sendo que o repasse do estado totalizou R$ 380 mil e o município com uma contrapartida de apenas R$ 20 mil. Pois bem. Em 27/06/2008 o estado repassou a 1ª parcela, no valor de R$ 152 mil, em 19/08/2009 a 2ª, no valor de R$ 100 mil e a 3ª e última em 03/09/2010, no valor de R$ 128 mil, integralizando, assim, a liberação dos recursos pactuados. Para manter a “tradição”, “Louro” e sua quadrilha desviaram os recursos e não fizeram a obra, e o que é pior, mais uma vez NÃO PRESTOU CONTAS DOS RECURSOS RECEBIDOS.

Além dos mencionados, podemos citar os convênios estaduais, via SEPOF/FDE, para recuperação de ramais, cujos serviços jamais foram realizados, a exemplo do Convênio nº 047/2007 [ramal dos Tembés], no valor de R$ 332 mil, o Convênio nº 331/2010 [ramal do Pau-de-Remo a Piracema], no valor de R$ 329 mil, o Convênio nº 332/2010[ramal do Mucurateua e Terra Amarela], no valor de R$ R$ 233 mil e o Convênio nº 334/2010 [ramal do Cantã e Pimenteira], no valor estatosférico de R$ 394 mil, totalizando, só nesses 04 convênios , a bagatela de R$ 1.288.000,00 [um milhão, duzentos e oitenta e oito mil reais], sendo certo que a única certeza que se tem quanto aos tais convênios, é o cometimento de fraudes em todas as licitações, utilização de notas fiscais frias e ausência de prestações de contas. O escândalo é assombroso e terrível, como se ver...

Com tudo isso, a população sofre e padece. Está aí o reflexo concreto da corrupção em nosso município. E é contra esse quadro lastimável que cada cidadão e, em especial, o Ministério Público deve se insurgir cada vez mais e de forma profunda, pois só assim é que se pode imaginar possível, por um freio nessa intolerável cultura da impunidade.

Por isso, mais uma vez apelamos: Socorrrrrrrro MINISTÉRIO PÚBLICO. Os luzienses clamam por mais justiça...

Castelo petista continua desmoronando

A sessão ordinária de hoje da Câmara Municipal, com início previsto para as 9 hs, ainda não começou por conta de uma pane no sistema de refrigeração do plenário, mas técnicos já estão na casa para solucionar o problema.

Apenas duas ausências foram registradas, Edson Farias e Lúcia Machado [presidente], ambos do PT, não compareceram, mas o quórum está garantido pelos vereadores Robson Federal [PSD], Luís Doca [PSD], Nando Vieira [PSB], Socorro Saldanha [PR], Tião Oliveira [PR], Franço [PR] e Zé Luís [PSD]. A plenária de hoje promete ser quente, e não é por causa do defeito no ar-condicionado: um dos vereadores que até então integrava o grupo do finado governo petista vai anunciar da tribuna da casa sua adesão à frente parlamentar suprapartidária que dá sustentação ao governo Zaqueu.

Trata-se do vereador Zé Luís, mais um desencantado com o jeito petista de governar, nada republicano, diga-se de passagem...

Ex-governo petista na UTI

O grupo que dava sustentação política ao finado governo petista já começa a dá sinais de agonia, depois de serem derrotados na justiça e da debandada do ex-vereador Carequinha, que inclusive pediu sua desfiliação da legenda dos companheiros, agora é a vez de um vereador que anunciará em breve sua re-adesão à base de apoio do governo Zaqueu Salomão, liquidando a fatura das pretensões petistas de retomar o comando do município.

Peti e Cras realizam caminhada em comemoração ao Dia Mundial da Água

Ontem, 22 de março, comemorou-se o Dia Mundial da Água, esse bem tão precioso do qual depende toda a humanidade e para comemorar a data, alunos do Peti e do Cras realizaram um caminhada pelas ruas da cidade para chamar atenção da população para o consumo consciente e preservação desse recurso natural importante para a própria existência do ser humano.

Confira algumas fotos feitas pela Diretoria Municipal de Comunicação, que deu apoio a iniciativa:


 



Isto é apenas o começo

O ex-vereador Carequinha não aguentou mais a petzada: cansado de ver o município só andar para trás e agora tomando conhecimento dos milhões de recursos desviados pela "Quadrilha Solidária", capitaneada pelo “bocudoGÉDSON, resolveu se desfiliar do PT, fato que já comunicou, hoje, à Justiça Eleitoral.

Como importante liderança comunitária que é, Carequinha deverá conversar por estes dias com o ex-deputado Adamor Aires, que deverá convidá-lo a ingressar num partido que não tenha, evidentemente, a bandeira vermelha. Outras lideranças importantes deverão migrar para o grupo 22, já que ficar encostado perto desses bandidos petistas resulta, no mínimo, em diarréia crônica que nem uma tonelada de “Imosec” dá jeito. Haja papel higiênico....

PT perde na justiça o recurso de reintegração do apedeuta

A petezada, acostumada a comprar liminares com dinheiro público desviado da prefeitura, dessa vez se deu muito mal na tentativa devolver o apedeuta ao cargo: como postado aqui, o advogado dos companheiros perdeu o prazo legal para impetrar no TJE com recurso denominado Agravo de Instrumento, pedindo a anulação da decisão judicial que defenestrou o dito cujo do comando do município.

E para piorar a situação dos pedradores de dinheiro público, o recurso foi distribuído para a desembargadora Diracy Nunes, a mesma que concedeu a liminar de reintegração quando do primeiro afastamento, que tinha como assessor de gabinete um tal Sérgio Augusto, suspeito de receber propina do chefe do bando, Gédson Xavier. Imediatamente a defesa do prefeito Zaqueu Salomão ingressou com outro recurso, denominado Excessão de Suspeição, sob o fundamento de que a referida magistrada era suspeita para julgar o caso.

Dito e feito, a própria desembargadora Diracy, declarou-se suspeita e o processo foi redistribuído para a desembargadora Luzia Nadja Guimarães Nascimento, que ao perceber a falha da assessoria jurídica do ladino Louro, não tomou conhecimento do processo, declarando-o intempestivo. Ou seja, todos os planos da petezada foram por água abaixo e agora terão que recomeçar tudo do zero novamente, só que com um maior grau de dificuldade.

Toma-te...

Matadouro - mais desvios descobertos

O inferno astral da "Quadrilha Solidária" continua: o recurso protocolado junto ao Tribunal de Justiça pedindo a reintegração do meliante “Louro do PT” ao comando do município, além de ter sido apresentado FORA DO PRAZO, foi cair justamente nas mãos da desembargadora DIRACY NUNES, cujo gabinete tinha um assessor envolvido em recebimento de propina, segundo denúncia dos vereadores de Santa Luzia, protocolada no próprio TJE. O resultado é que o tal assessor SÉRGIO AUGUSTO foi demitido e a desembargadora se declarou suspeita para decidir a questão.
Comenta-se nos bastidores políticos, que a batata de Louro começou a ser assada em temperatura altíssima, tudo por que descobriu-se agora que os desvios de recursos do matadouro ultrapassa os R$ 200 mil denunciados pela digna promotora Dra. Adriana Passos Ferreira. Na verdade, o Convênio denunciado pela promotora é de 2010, só que o ladino “Louro” recebeu recursos desde 2007 [SAGRI-Conv. 045/2007] e 2008 [SEPOF/FDE], para a construção do mesmo matadouro e “comeu” tudo.

Além do mais, na documentação encontrada a fraude nessas licitações foi a tônica. Tudo montado de forma grosseira,inclusive, com a falsificação da assinatura do próprio larápio “Louro”. A promotora e o juiz, o competente magistrado Dr. André Filo-Creão, ainda não têm conhecimento dessa “NOVIDADE”.

Como se vê, não basta apenas o afastamento: é caso de Prisão para essa quadrilha. Se até ladrão de galinha vai pra cadeia...

Agentes comunitários de saúde ganham reajuste de salários

A administração Zaqueu Salomão assinou, ontem à tarde na sede da prefeitura, em encontro com dirigentes do Sintesp, agremiação sindical dos trabalhadores da Saúde Pública, reajustando os recursos de custeio do Programa de Agentes Comunitários de Saúde que passou de R$ 45.000,00 para R$ 52.600,00, o que, consequentemente, elevou o salário dos Acss [Agentes Comunitários de Saúde] de R$ 750,00 para R$ 871,00.

"Foi uma conquista da categoria que há muito tempo defendia essa bandeira que nunca foi reconhecida pelo governo anterior, que aliás, chegou até a ameaçar de demissão os trabalhadores cancelando o concurso que os introduziu no serviço público caso insistissem nessa luta" garantiu a presidente do Sintesp/seção Santa Luzia, a agente Deusivane de Souza.

-------------------------------------------------------------------------

Atualizando: A presidente do Sintesp/seção Santa Luzia, a agente comunitária de saúde Deusivane de Sousa, entrou em contato com o blog para informar o seguinte:

"Em relação a ameaça de demissão dos Acss aconteceu sim, mas não foi motivada pela campanha salarial e sim por conta de uma interpretação errônea do relatório da CGU [Controladoria Geral da União] emitido após a inspeção realizada em 2009 desencadeando uma batalha sindical em prol da defesa dos agentes que corriam o risco de serem demitidos. Quanto ao reajuste salarial foi uma BELA CONQUISTA da categoria, por que essa bandeira foi empunhada pela atual direção do Sitesp desde os primeiro dias de trabalho, haja visto que os Acss estavam com os salários defasados há 7 anos, e ontem a atual administração municipal se mostrou sensível com a nossa causa nos concedendo o que na verdade é nosso por direito: o repasse integral do Ministério da Saúde para a complementação salarial do piso de R$ 871,00, de acordo com a lei, que o governo anterior desviava para o pagamento dos encargos sociais, o que é ilegal.

Foi uma batalha difícil, mas vitória veio à contento através do empenho do Sintesp, que hoje agradece ao prefeito Zaqueu Salomão pela compreensão e sensibilidade com as causas trabalhistas do funcionalismo municipal"

Deusivane Sousa
[Sintesp/seção Santa Luzia do Pará]

Gente como a gente

Tem gente que até pouco tempo era um poço de arrogância mas agora é só simpatia, quase amor, transpirando humildade e dsitribuindo sorrisos por onde passa. Até para os antigos desafetos, agora convertidos em amiguinhos.

Aí diz um interlocutor do blog à respeito do caso: - Nada como um choque de realidade após o retorno ao mundo dos mortais depois que o poder fugiu-lhe aos pés... É, faz sentido.

Zitinh@s

Edno Alves que passou por cirurgia para a retirada de duas hérnias na semana passada já está em casa, ao lado da família, onde se recupera muito bem...

O engenheiro de pesca, Diego Gomes [Dieguinho para os amigos] iniciou esta semana os estudos no Mestrado em Biologia de Organismos da Zona Costeira Amazônica/2012, do Programa de Pós-Graduação em Biologia Ambiental, do Campus de Bragança da UFPA.

Se o cenário político da City não mudar até o meio do ano, tudo indica mesmo que os companheiros irão reforçar as hostes peemedebistas nas eleições municipais de outubro.

À propósito das eleições, os postulante a uma cadeira na Câmara Municipal estão a todo vapor: já abriram a temporada de pegar criancinhas no colo, dá tapinha nas costas e distribuir muitos abraços.

Faltando pouco menos de um mês para a Páscoa, o comércio de Capanema está abarrotado de ovos e afins: enquanto isso na City, a presença de artigos do gênero ainda é muito tímida.

A escola João Gomes que ficou sem funcionar por todo o segundo semestre do ano passado deixando milhares de alunos à ver navios devido a uma reforma que deu muito o que falar, iniciará as aulas do ano letivo de 2012 nas próxima segunda-feira.

Com a intensificação do período chuvoso durante o mês de março, com picos acima da média, a população das comunidades está reclamando das péssimas condições das estradas vicinais, leia-se ramais, que podem ficar intransitáveis caso não sejam feitos os reparos necessários.

Com o anúncio da legalização do Bairro Paz, na semana passada, a especulação imobiliária elevou consideravelmente os preços dos imóveis daquela região da cidade. "Um terreno lá, agora, está custando os olhos da cara" - reclamou um interlocutor do blog.

Vejam só como a dona inflação está à toda em terras luzienses: um litro do nosso velho açaí de cada dia, que no período da safra não sai por mais de R$ 1,50, agora não é encontrado na City por menos de cinco ou seis reais.

Tempos difíceis

Durante os longos sete anos em que estiveram montados no poder, os companheiros, dos mais diversos matizes, foram acometidos pelos pecados da arrogância, da soberba e, principalmente, da ganância. Às custas dos recursos públicos desviados dos cofres do município tornaram-se a aristocracia financeira da cidade, ostentando dinheiro e poder. Não eram raros os arroubos exibicionistas de alguns, que mais do que de repente, inexplicavelmente, tiveram uma evolução patrimonial digna dos sortudos ganhadores de loterias.

Agora, escorraçados do comando do município pela justiça por conta dos malfeitos praticados pelo rei e seus principais valetes, os petistas, condenados ao ostracismo político, estão retornando às suas origens [há muito obsoletas] de humildes proletários, paladinos da ética, da moral e do zelo como bem público: princípios esquecidos diante do odor burocrático dos gabinetes que os enebriou enquanto estiveram albergados na prefeitura.

Diante da nova realidade, sombria, diga-se de passagem, a petezada voltou os olhos para a militância, relegada ao limbo, pelos cardeais que a descartaram depois que galgaram as mais altas instâncias do poder. Novamente útil, a massa de manobra tornou-se alvo de flerte dos discípulos de Marx & Cia. Há dias que os colnclaves, dignos apenas do alto clero em tempos de governo, tornaram-se reuniões de companheiros onde não se ouvem mais as palavrinhas mágicas dos petistas nos últimos tempos: dinheiro e poder.

Na verdade, o que fazem nas reuniões diárias é discutir a relação numa espécie de terapia de grupo diante do choque de realidade com a realeza petista convertida em plebe. São as armadilhas do poder, que envenena a alma e condena o homem. Diz um adágio popular...

Justiça deu 15 dias para que ex-governadora apresente defesa sobre nomeações irregulares de concursados

O juiz Elder Lisboa, da 1ª Vara da fazenda da Comarca de Belém, proferiu despacho, na quarta-feira passada, 13, determinado que a ex-governadora do Pará, Ana Júlia Vasconcelos Carepa, apresente, em 15 dias, defesa à cerca de denúncia movida pelo Ministério Público, em Ação Civil Pública, a respeito de supostas nomeações irregulares de concursados.

Fonte: Site do TJE/PA

Dança das cadeiras

A Seter [Secretaria Estadual de Trabalho, Emprego e Renda] tem novo titular: saiu Júnior Hage, deputado estadual licenciado, e entrou Celso Sabino, primeiro suplente que ocupava a vaga de Hage na Alepa [Assembleia Legislativa do Pará] desde o início do Governo Jatene.

A portaria de exoneração, à pedido, de Júnior Hage e a nomeação de seu sucessor foi publicada na edição de hoje [20] do DOE [Diário Oficial do Estado].

Primeira pesquisa para a prefeitura de Belém

O jornalista Marcelo Marques editor do Blog do Bacana encomendou pesquisa eleitoral à empresa Alvo Marqueting e Publicidade Ltda, devidamente registrada na Justiça Eleitoral sob o número 00002/2012, a consulta foi realizada entre os dia 09 e 16 de março em 48 bairros da grande Belém e entrevistou 625 pessoas de ambos os sexos. O nível de confiabilidade da referida pesquisa, segundo especialista consultada pelo blogueiro, é de 96% com uma margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos.

Veja a preferência do eleitorado na pesquisa espontânea, quando o eleitor escolhe o candidato:


Veja o índice de rejeição de cada candidato:

Fonte: Blog do Bacana.

Em tempo

O prefeito Zaqueu Salomão, depois de ser prejudicado pela burocracia bancária do Bradesco, que detém a carteira de pagamento do funcionalismo municipal, finalmente conseguiu quitar os salários referentes ao mês de fevereiro de todas as secretarias, incluindo um abono de R$ 1.000,00 para todos os professores, independetemente de carga horária. A exceção fica por conta da Secretaria de Saúde, que deverá pagar amanhã, terça-feira.

Há dias a City está sofrendo sérios transtornos por conta do péssimo serviço de telefonia móvel oferecido pela operadora Vivo, única disponível na cidade, que vive sumindo dos celulares; com a distribuição de energia elétrica da falida Rede Celpa, por conta das faltas diárias de energia, e pelo péssimo serviço de abastecimento de água realizado pela Cosanpa, que disponibiliza água uma única vez por dia: somente pela manhã.

A propósito dos serviços prestados pela Cosanpa, hoje a realidade de Santa Luzia poderia ser bem diferente, por que quando ocupava uma cadeira na Assembléia Legislativa, o ex-deputado Adamor Aires destinou para o município, através de emenda parlamentar ao orçamento, por duas vezes, R$ 2 milhões para serem investidos na rede de dsitribuição de água potável, mas o ex-prefeito petista, "Louro do PT", e seu desastrado governo, nunca requisitaram esses recursos, por se tratar de uma emenda do ex-deputado Adamor, que acabaram retornando para os cofres do estado. Isso na minha terra chama-se... burrice.

Pelo que parece o nosso "inverno amazônico" chegou pra valer durante o mês de março que tem apresentado chuva acima da média para o período: chove diariamente na City, e de vez em quando, rola um temporal daqueles com direito a raios e trovoadas. São as águas de março fechando o Verão, já dizia o poeta...

Mesmo com tanta chuva nos últimos dias os igarapés da região apresentaram até agora um tímido acréscimo nos seus volumes d'água: é o caso do rio Caeté, o balneário mais badalado da City, que ainda está bem abaixo do esperado para essa época do ano.

O luziense gente boa Edinaldo Lucena, que há tempos reside na terra de Sarney, passou o final de semana na City revendo familiares e os muitos amigos que conquistou e preserva na sua terra natal.

A propósito, Edinaldo Lucena que é sócio-proprietário de uma empresa do setor de terraplanagem está realizando no Maranhão, em parceria com empresas do bilionário Aike Batista, várias obras de infraestrutura, empregando como mão-de-obra mais de 40 luzienses.

Em recentes contatos com o governador e secretários de estado, o incansável ex-deputado Adamor Aires abriu caminhos para o governo Zaqueu Salomão, que por intermédio seu conseguiu para Santa Luzia a regularização do Bairro da Paz através do Iterpa [Instituto de Terras do Pará], beneficiando os proprietários das terras e moradores; 4 quilômetros de asfalto pelo programa "Asfalto na Cidade"; a construção de uma escola com 12 salas de aula, equipada com quadra de esportes, laboratórios e sistema de refrigeração e de um ginásio coberto para práticas esportivas.

Com o primeiro escalão todo montado e o segundo dependendo apenas de algumas definições, o governo Zaqueu Salomão começa a tomar forma e mostrar a que veio: pagamento realizado, diálogo aberto e direto com o funicionalismo, análise rigorosa da situação encontrada na prefeitura e, principalmente, respeito com os recursos públicos.

Inconsoláveis por terem perdido a vaquinha leiteira os companheiros estão um poço de mágoas com o único culpado pela tragédia, segundo os próprios: o ex-todo poderoso primeiro ministro, que tem sido alvo das críticas mais ácidas dos seus ex-comandados, inclusive coisas impublicáveis. Saravá...

A propósito, enquanto a petezada chora o leite derramado o ex-poderoso chefão parece não está muito preocupado: tem sido visto se esbaldando nas mais badaladas e exclusivas casas noturnas da capital paroara, muito bem acompanhado, diga-se de passagem.

Saúde - novos tempos

A Secretaria Municipal de Saúde, agora sob o comando do competente ex-vereador Nego Carmino, está a todo vapor: na próxima semana, tão logo sejam desbloqueadas as contas bancárias da pasta, será quitada a folha de pagamento referente ao mês de fevereiro e no início de abril a de março.

E mais, médicos estão sendo contratados para atender a população na UBS [Unidade Básica de Saúde], leia-se Sespa, com plantão 24 hs, coisa que não tinha na administração anterior, e uma ambulância já foi requisitada ao governo do estado e brevemente estará chegando no município que atualmente dispõe de uma única ambulância em funcionamento, por que as demais estão quebradas a muito tempo.

A mala preta está de volta

A orgia política financiada com dinheiro público, prática recorrente no finado governo petista, parece que está longe de terminar: um emissário dos companheiros, exímio negociador de propinas, circula na City com uma mala preta recheada com 500 mil motivo$ assediando vereadores da base de apoio do governo Zaqueu. Caso o apedeuta seja beneficiado pela aquisição de uma liminar e retorne ao comando do município, o ladino não seria afastado pela câmara, onde os petistas são minoria absoluta.

Recurso - a petezada ainda doidinha pra roer o osso

Depois de 17 [dezessete] dias afastado do comando do município pelo juiz da Comarca de Santa Luzia, o prefeito mais ladrão do interlã paraense, a marionete também conhecida por “Louro do PT”, deu o ar da sua graça hoje, 15/03, no TJE [Tribunal de Justiça do Estado] e protocolou, por volta do meio-dia, recurso denominado de Agravo de Instrumento [Proc. Nº 201230054285], requerendo o seu retorno, e por conseguinte o restante do bando, ao cargo de prefeito.

Para a perplexidade daqueles com pouca intimidade com o mundo jurídico, como este blogueiro que vos escreve, inclusive, o recurso foi direcionado exatamente para a desembargadora DIRACY NUNES ALVES, que está sendo investigada pelo próprio tribunal por conta da denúncia de que seu ex-chefe de gabinete SÉRGIO AUGUSTO teria recebido, como pagamento de uma LIMINAR, R$ 300 mil das mãos de GÉDSON XAVIER, ex-secretário de Administração e Finanças do municipio, filho do ladrão Louro, e, segundo a promotora de justiça da Comarca de Santa Luzia, Dra. Adriana Passos Ferreira, o mentor da organização criminosa instalada no seio do finado governo petista, responsável pelo desvio de milhões de reais dos recursos destinados à prefeitura.

Como noticiado aqui neste blog, SÉRGIO AUGUSTO, o então assessor da desembargadora DIRACY NUNES já foi demitido pela presidente do TJE, desembargadora RAIMUNDA NORONHA, através da Portaria 0815/2012-GP, tão logo os vereadores de Santa Luzia protocolaram a denúncia, desnudando o esquema revelado pelo próprio GÉDSON, também conhecido como “o bocudo”.

Como o interesse público nesta questão é indiscutivelmente relevante, já que o retorno do ladino ao cargo de prefeito poderá ocasionar prejuízos irreparáveis à municipalidade e ao próprio processo que responde na comarca local, o atual gestor, ZAQUEU SALOMÃO, na condição de legítimo representante do município de Santa Luzia do Pará, ingressou, incontinenti, COM EXCEÇÃO DE SUSPEIÇÃO CONTRA A DESEMBARGADORA DIRACY NUNES, sob o fundamento de que a mesma não possui imparcialidade para julgar o recurso, já que antes de ter despachado “um agrado” ao prefeito ladrão em um recurso anterior [Proc.nº 201230019172], tinha conhecimento do esquema armado por GÉDSON, para pagamento de propina, e, mesmo alertada, NÃO TOMOU NENHUMA PROVIDÊNCIA.

Na prática, segundo consulta a um advogado da região, dotado de notório saber jurídico, a desembargadora DIRACY, mesmo que quisesse, não poderia “ajudar” novamente o prefeito ladrão, antes que a SUSPEIÇÃO seja julgada pelo Tribunal de Justiça. É a lei.

Por outro lado, para o desgosto dos roedores da coisa pública, O RECURSO DA QUADRILHA FOI APRESENTADO FORA DO PRAZO LEGAL, ou seja, na linguagem forense o recurso é INTEMPESTIVO, porque o agravo de instrumento tem um prazo de 10 [dez] dias, já se passaram 17, e diante do “vacilo” dos advogados de Louro e do resto da quadrilha, o recurso não poderá ser conhecido. É como disse o advogado amigo do blog: “O direito não protege os que dormem”.

Na nossa linguagem cabocla, nós aqui dizemos: “TOMA-TE CANALHAS”.

Lixeira suja

A sujeira nas entranhas da finada administração petista era prática corriqueira usada para desviar dinheiro da prefeitura para o bolso dos integrantes da organização criminosa liderada pelo Gedson Xavier, filho do prefeito, que causou um prejuízo de milhões de reais ao município através de esquemas fraudulentos em contratos públicos e licitações de bens e serviços.

Para justificar a hemorragia de dinheiro que era saqueado dos cofres da prefeitura o mentor da quadrilha, Gedson Xavier, repita-se, utilizava-se das mais sórdidas práticas, e a mais conhecida era o uso de notas fiscais frias, como neste caso do pagamento referente ao uso do caminhão basculante responsável pela limpeza pública contratado à peso de ouro.

Em anexo, estão a cópia da nota fiscal nº 082, sem data, da firma de Bragança M. G. MARQUES & GOMES LTDA - ME, contratada para fazer a coleta de lixo domiciliar. Para espanto, o aluguel mensal é de R$ 44.000,00, o triplo do valor de mercado para esse serviço. Além do absurdo montante pago, o que chama a atenção é o bilhete em anexo à nota fiscal encaminhado pelo proprietário a uma pessoa de nome EDIONE, para que esta o entregue ao tesoureiro Edir, fazendo alusão ao número da nota fiscal do mês de agosto [085], portanto, maior que a do mês de setembro, numa demostração de que se emite a nota conforme às circunstâncias.

Para provar a roubalheira, está também a cópia do cheque nº 851928 do Banco do Brasil, assinado pelo então prefeito Lourival Fernandes de Lima, no valor da nota fiscal [R$ 44 mil], datado de 10 de outubro de 2011. Porém, estranho mesmo é o recibo totalmente em branco, inclusive sem a assinatura do proprietário da firma encontrado junto com a nota fiscal reforçando a teoria de fraude.

Para maior esclarecimento deste caso, segundo a "Rádio Cipó News", o aluguel verdadeiro pago à empresa era no valor de R$ 15.000,00 [quinze mil], dos quais apenas 11.000,00 [onze mil] eram verdadeiramente destinados ao proprietário do veículo coletor já descontados R$ R$ 1.500,00 [mil e quinhentos] para o Felipe e R$ 2.500,00 [dois mil e quinhentos] para o Gedson que embolsava os outros R$ 29.000,00 [vinte e nove mil] restantes.

Nota: Clique aqui para ver a nota fiscal, o recibo, o cheque e o bilhete citados no pôster.

Jogo das Estrelas

Será realizado amanhã, sexta-feira, 16, na quadra de esportes da escola Florentina Damasceno, às 19 hs, o "Jogo das Estrelas" em comemoração pela passagem dos aniversários dos amigos Leandro Siqueira e Jheferson Araújo.

Abaixo a lista dos convocados:

  1. Dieguinho
  2. Binho
  3. Léi
  4. Gleiciano
  5. Sérgio Leal
  6. Neison
  7. Anderson Passos
  8. Kayk
  9. Heleno Neto
  10. Faguinho
  11. Emmerson Passos
  12. Railson
  13. George
  14. Júnior
  15. Ederson
  16. Nenem Mata Bode
  17. Walberson
  18. Jheferson
  19. Leandro
Apoio: Blog Santa Luzia Online e Chpperia Zang's Bar

Comunicado

O prefeito Zaqueu Salomão comunica a todos os trabalhadores da educação municipal que o salário referente ao mês de fevereiro já encontra-se depositado na conta de cada um, com um abono de 1000 reais para cada professor.

O prefeito Zaqueu pede desculpas pelos transtornos que atrasaram o pagamento e afirma que agora está tudo regularizado assumindo o compromisso de que tal fato nuca mais acontecerá nesse governo, e mais, o PCCR unificado para todos os trabalhadores está sendo analisado pela assessoria jurídica da prefeitura e em breve será sancionado sem nenhum prejuízo para os trabalhadores.

O prefeito Zaqueu Salomão comunica ainda que o Piso Nacional da Educação, de R$ 1.451,00 será implantado na sua administração beneficiando todos os professores do município.

Diretoria Municipal de Comunicação


-----------------------------------------------------------------------------
Atualizando

O pagamento estará disponível para saque somente à partir de amanhã [sexta-feira], por que hoje a tesouraria ainda está transferindo o dinheiro para as contas dos funcionários.

Ex-deputado Adamor Aires e deputado Márcio Miranda garantem apoio do governador Simão Jatene ao prefeito Zaqueu Salomão

Como anunciado na semana passada, o deputado Márcio Miranda [Dem] e o ex-deputado Adamor Aires acompanharam o prefeito Zaqueu Salomão [PSD] em audiência com o governador do estado, Dr. Simão Jatene [PSDB], nesta quarta feira, 14/03. Semana passada, Zaqueu e os vereadores de sua base de apoio estiveram com o secretário de estado Sérgio Leão, também acompanhados de Márcio e Adamor, numa reunião preparatória ao encontro efetivado hoje.

Na audiência com o governador Jatene, o prefeito Zaqueu fez um relato dramático da situação administrativa e financeira encontrada ao assumir o cargo em 27/02, dando destaque para o sumiço dos documentos, atos e contratos da prefeitura, aproveitando, também para fazer uma explanação da caótica situação financeira/contábil herdada da gestão criminosa do ex-governo petista capitaneado por Louro, Gedson e a organização criminosa denominada "Quadrilha Solidária". No encontro, mesmo reconhecendo as dificuldades do prefeito Zaqueu, o governador, em momento de descontração, disse: “Prefeito Zaqueu, a nossa situação é bem parecida. Eu também, quando assumi o governo do estado, das mãos do PT, tive que descascar um abacaxi danado. A diferença Zaqueu, é que agora tu tens um ombro pra chorar, coisa que eu não tive há 01 ano atrás”, concluiu o governador.

Na audiência de hoje, o Governador garantiu que vai ajudar o município de Santa Luzia, e de pronto despachou dois assuntos: 1- Garantiu a implantação de 04 [quatro] quilômetros de asfalto, pelo programa Asfalto na Cidade e 2- Determinou ao ITERPA e à SEDURB que viabilize a DESAPROPRIAÇÃO/LEGALIZAÇÃO do Bairro da Paz, para dar segurança e tranquilidade às centenas de famílias que ali residem há uns três anos sem nenhuma garantia. O deputado Márcio Miranda e o ex-deputado Adamor Aires foram os avalistas do encontro, reforçando o pleito do prefeito Zaqueu.

No final do encontro, o governador disponibilizou o apoio das secretarias de estado ao município de Santa Luzia, já estando previstas para a próxima semana audiências do Prefeito Zaqueu com os secretários de educação e saúde, para a discussão de melhorias nesses setores para o município.

Ex-deputado Adamor Aires com o governador Simão Jatene, seu grande amigo e parceiro

Adamor Aires e Márcio Miranda com o governador Simão Jatene

Adamor Aires, Marcio Miranda e o prefeito Zaqueu Salomão com o governador Simão Jatene

Prefeito Zaqueu com o governador Simão Jatene

Clima tranquilo na assembleia do Sintepp hoje pela manhã

Fonte do blog que esteve na Casa Olímpia da Luz, sede do Sintepp/seção Santa Luzia, informou que a assembléia realizada hoje pela manhã terminou agora a pouco, e o clima por lá foi o mais tranquilo possível. Sindicalizados alinhados ao ex-governo da petezada compareceram em peso, mas apenas ouviram os pronuncimentos da direção e da assessoria jurídica.

Também pudera, depois que o prefeito Zaqueu Salomão anunciou uma série de benefícios para os trabalhadores da educação [sanção imediata do PCCR unificado, pagamento de abono já no próximo pagamento, cumprimento da lei do Piso Nacional...] na reunião de ontem, jogando um balde da água fria nas pretensões das viúvas do finado governo petista, que pretendiam usar a agremiação sindical, como nos velhos tempos, para afrontar o governo, os petistas tinham mais era que ficar calados mesmo: por que agora, enxotados do poder, essa gente não tem legitimidade para falar em nome dos trabalhadores, porque quando estavam montados nos recursos do Fundeb desdenhavam do Sintepp e oprimiam os servidores.

Professores fazem manifestações em todo o Brasil pelo piso salarial

Professores da rede pública de todo o País iniciam nesta quarta [14] manifestações para defender o pagamento do piso salarial por gestores municipais e estaduais. Na pauta de reivindicações, está também a garantia de mais recursos para a educação: 10% do PIB [Produto Interno Bruto], eles querem. Este ano, com o reajuste proposto pelo Ministério da Educação, o piso subiu 22% e passou a R$ 1.451.

Segundo informações das secretarias estaduais de Educação, nove Estados não pagam o valor. A CNTE [Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação] afirma que são 17 os Estados que não cumprem o valor do piso nacional do magistério. Os dados foram repassados por sindicatos da categoria em cada unidade da Federação e mostram que apenas São Paulo, Pernambuco, o Pará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Goiás e o Distrito Federal estão dentro da lei.

Segundo os sindicatos, alguns governos estão divulgando valores que não se referem ao piso, mas à remuneração total, para se enquadrar. Passeatas e assembleias estão marcadas para hoje em todo o Brasil.

Nota: Na coluna diária do jornalista Cláudio Humberto

Assessor do TJE é demitido por conta de propina petista

Teve efeito imediato a denúncia dos vereadores de Santa Luzia formalizada à presidência do TJE [Tribunal de Justiça do Estado]. Lembram da matéria editada neste blog, a respeito da propina paga [R$ 300 mil] pelo Gedson, ao assessor de uma desembargadora, de nome Sérgio, para comprar a LIMINAR que beneficiou, reconduzindo ao cargo, o Prefeito mais ladrão do interior paraense, "Louro do PT", cuja armação foi revelada pelo seu próprio filho, o bocudo Gédson, mentor da quadrilha?

Pois bem, a casa caiu: o tal Sérgio chama-se SÉRGIO AUGUSTO LOPES MAGALHÃES, e exercia a função de coordenador de gabinete da desembargadora Diracy Nunes Alves. Foi exonerado pela desembargadora Raimunda do Carmo Gomes Noronha, digna presidente do Tribunal de Justiça, através da Portaria nº 0815/2012, publicada no Diário de Justiça de 07 de março, quarta-feira passada por causa da denúncia oferecida pelos vereadores. Foi aberto também procedimento investigatório para apurar responsabilidades. Isso aínda vai render muito...

Como se vê, quem se encosta perto da "Quadrilha Solidária" acaba se arrebentando. Taí o exemplo: o pior cego é aquele que não quer ver, já diz o velho e surrado ditado popular.