A Informação Passada a Limpo

A Informação Passada a Limpo

Helder Barbalho deverá perder o emprego de ministro, arranjado pelo pai, com a reforma ministerial que Dilma Rousseff irá promover em breve


Recém-chegado de um périplo de quase duas semanas pela Rússia e Polônia, com tudo pago pelo distinto contribuinte, é claro, o ministro da Pesca, Helder Barbalho - cuja maior credencial para ocupar o cargo é o sobrenome do pai, famoso nas instâncias judiciais superiores - recebeu uma notícia nada agradável para quem usa a visibilidade do inexpressivo ministério para fazer política no varejo de olho no governo do Pará e bater perna mundo a fora: perder o emprego em Brasília que o pai lhe arranjou com Lula e Dilma após a derrota humilhante nas eleições do ano passado.

Helder ficou sabendo que entrou na fila do aviso prévio por que a pasta que ocupa será fundida com o ministério da Agricultura, que inclusive já tem dono, ou melhor, dona, a senadora tocantinense Kátia Abreu, "mui amiga" de Dilma que continuará à frente do novo superministério.

Porém, graças aos apelos do papai senador e da mamãe deputada o menino chorão não deverá ficar ao relento por que os amigos petistas já estão pensando em um novo empreguinho para o filhote de Barbalho em um desses bancos do governo ou quem sabe em umas dessas estatais tipo a Petrobrás que fez a alegria do PT e do PMDB por muitos anos.

Sem emprego é que o menino do papai Barbalho não vai ficar...

Um comentário:

Naldo Blandtt disse...

Ja vai tarde, nunca pescou na vida, um menino de berço de ouro, é uma ação antidemocrática....

Tecnologia do Blogger.