WHAT'S NEW?
Loading...

Em tempo

Diplomação: Aconteceu na manhã desta quinta-feria, 15, a diplomação do prefeito eleito de Santa Luzia, Edno Alves e da sua vice Lúcia Machado, bem como dos 11 vereadores eleitos para a próxima legislatura. A cerimônia realizada na Câmara Municipal de Ourém foi presidida pelo juiz Omar José Miranda Cherpinski, titular da 41ª Zona Eleitoral. No mesmo ato, em sessão conjunta, também foram diplomados os eleitos para comandar os destinos de Ourém a partir de 2017, prefeito, vice-prefeito e vereadores.

Estrutura: Até onde se sabe o prefeito Eleito Edno Alves deverá manter praticamente a mesma estrutura do governo atual, inclusive, o mesmo número de secretarias apenas com algumas mudanças pontuais para dá espaço aos aliados em postos-chaves do alto clero do novo governo.

Secretariado: Segundo uma fonte do blog ligada ao prefeito eleito Edno Alves o secretariado está praticamente definido, faltando apenas alguns ajustes entre o alcaide e sua base política para definir os últimos nomes. Porém, ainda de acordo com a mesma fonte, a lista completa do primeiro escalão só deverá ser divulgada oficialmente no dia da posse.

Segundo escalão: Nesta mesma linha, os cargos de segundo e terceiro escalões - diretorias de órgãos e, principalmente, as diretorias, vice-diretorias e secretarias das escolas - também já foram definidos.

Pastas-chaves: A secretaria de Saúde deverá ser comandada pelo vereador Nando Vieira, que não conseguiu se reeleger. Obras, segundo fontes do blog, teria sido entregue de "porteira fechada" para o PT da vice-prefeita Lúcia Machado e deverá ter no comando um ex-candidato do partido, enquanto que o futuro titular da Semed [Secretaria Municipal de Educação] continua indefinido, apesar das muita especulações em torno de dois possíveis nomes. A Semed, é a pasta mais importante e dona do maior orçamento, com mais de R$ 30 milhões por ano, e juntamente com Saúde e Obras compõe o tripé da espinha dorsal de qualquer administração.

Solidariedade: O empresário Macaxeira's Lucena, luziense, radicado em São Luís, mas que nunca esquece das suas origens, realizará no próximo dia 21 a sexta edição do já tradicional "Bingão Solidário" cujo objetivo é a arrecadação de alimentos para serem distribuídos em forma de cestas básicas para a população carente do município durante o período natalino. A premiação deste ano terá 10 bicicletas e R$ 500,00. As cartelas já encontram-se a disposição nos postos autorizados e podem ser trocadas por um quilo de alimento não perecível.

A crise é braba: A crise financeira que assola o país e aniquila a já combalida saúde fiscal dos municípios continua fazendo suas "vítimas", os prefeitos, que diante do atual quadro de penúria são obrigados a privarem a população de algumas regalias com as quais já estava acostumada, como por exemplo as festas de comemorações de aniversários das cidades. Capanema, famosa na região por patrocinar eventos nababescos com shows de cantores renomados todos os anos, puxou a fila e no último dia 05 de novembro sequer fez uma queima de fogos para comemorar os 106 anos do município. Na mesma linha e também pelo mesmo motivo, Santa Luzia não comemorou os 25 anos de emancipação política completados na última terça-feira, 13. Fechando o clube dos sem festa de aniversário, pelo que se desenha, os municípios vizinhos de Cachoeira do Piriá [21 anos dia 29/12] e Capitão Poço [55 anos dia 28/12] também deverão deixar a população a ver navios.

Prioridades: Em tempos de dinheiro curto os prefeitos preferem aplicar os parcos recursos em prioridades inadiáveis como a folha de pagamento do 13º salário do funcionalismo, que aliás, poucos são os gestores que irão conseguir tal feito sem fazer nenhum sacrifício.

Câmara I: A disputa pela presidência da Câmara Municipal promete esquentar os bastidores políticos após a diplomação. A oposição, liderada pelo vereador Orley Soares, com maioria na casa, 06 vereadores, não abre mão de disputar o cargo. Por outro lado, Edno Alves também vai lançar candidato e tentar costurar acordos com alguma dissidência da oposição para conseguir emplacar o comando do parlamento, conquista fundamental para trazer tranquilidade para o seu futuro governo.

Câmara II: De acordo com informações - extra-oficias, diga-se de passagem - o candidato governista na disputa pela presidência da câmara seria o vereador eleito Sávio do Cecéu, preferido do novo prefeito e nome de consenso entre seus pares. Sávio, como o próprio nome o denuncia é filho e herdeiro político de uma das maiores lideranças políticas que este município já teve, o saudoso Cecéu, que foi vereador por três legislaturas, com uma passagem pela presidência da câmara, e vice-prefeito, seu último cargo eletivo antes da tragédia que ceifou-lhe a vida ainda no primeiro ano de mandato em 2005.

Competência: Para finalizar esta coluna o blog parabeniza a professora Juliana Patrizia, titular da cátedra de Língua Inglesa nas redes estadual e municipal de ensino de Santa Luzia que está em vésperas de concluir mestrado em Cultura Amazônica pela Universidade Federal do Pará onde vai defender tese sob o tema "As narrativas fantásticas de Quintino Lira". A propósito, Juliana Patrizia que se prepara para ingressar no doutorado também atua como docente em diversas instituições de ensino superior da rede privada [Icla, Fpa e Fibra] além da sua intensa atuação acadêmica na Ufpa e no Ifpa [Instituto Federal do Pará] em bancas de defesa de graduação das referidas instituições.

0 comentários: