Prefeito eleito de Marabá renuncia 02 dias antes de assumir o cargo

Do jornal Diário do Pará


O prefeito eleito de Marabá, Tião Miranda [PTB], protocolou nesta sexta-feira [30], na Câmara Municipal o pedido de renúncia ao cargo. A carta foi recebida pelo atual presidente da casa, Miguel Gomes Filho, “Miguelito” [PP].

Na carta, Tião justifica o pedido por motivos de saúde, devido a desgaste da campanha eleitoral. “Os desgastes dos compromissos diários me fizeram enxergar claramente que com o passar dos anos não temos mais a mesma vitalidade, e depois de 45 dias de caminhada, de diálogos, de gravações de programas, de viagens pelo município, de discursos, de reuniões e demais compromissos o abalo à minha saúde física e esgotamento foram além do que eu jamais imaginava, e então me defrontei com minhas limitações”, diz carta.

Tião destaca ainda, que a atual situação financeira do município exigirá entrega no próximo mandato e que por isso, está “ciente de que este desafio está acima do que minhas limitações geradas pela idade e saúde, neste momento, podem oferecer”.

Clique na imagem para vê-la em tamanho ampliado


HISTÓRICO NA POLÍTICA

Sebastião Miranda Filho teve sua primeira experiência com a política ao assumir, a convite do então prefeito de Marabá, Haroldo Bezerra, o cargo de secretário Municipal de Obras e Viação. Ele também foi um dos coordenadores da campanha que levou o médico Geraldo Mendes de Castro Veloso a vencer o pleito municipal de 1996, na qualidade de vice-prefeito, acumulando a função de Secretário de Obras.

Veloso e Tião foram reeleitos em 2000 com 27.253 votos. Tião assumiu interinamente a prefeitura de Marabá com a morte do então prefeito Geraldo Veloso em fevereiro de 2002. Nas eleições municipais de 2004, Tião Miranda e seu vice-prefeito Ítalo Ipojucam foram eleitos pela coligação "União Pelo Trabalho", obtendo 37.625 votos dos 82.954 apurados.

Em sua segunda gestão iniciada em 2005, Tião foi afastado por mais de cinco meses da administração municipal enquanto era investigado por abuso de poder econômico e compra de votos. Em 2010, Miranda se elegeu deputado estadual pelo estado do Pará. Em 2012 candidatou-se novamente ao cargo de prefeito de Marabá, pleito no qual tinha como principais concorrentes o seu ex-aliado, o deputado João Salame, e o então prefeito Maurino Magalhães de Lima. Com 41,14% do total de votos válidos, Miranda fica somente em segundo no pleito. Após a eleição retornou ao seu mandato como parlamentar. Tião Miranda [PTB] foi eleito nas urnas em Marabá em outubro de 2016 com 59.416 votos, 51,64% dos votos.

POSSE

Com a renúncia, o vice-prefeito Toni Cunha Sá, de 34 anos, deve assumir o cargo. Ele é filiado a Rede Sustentabilidade e há 10 anos atua como delegado da Polícia Federal.
Prefeito eleito de Marabá renuncia 02 dias antes de assumir o cargo Prefeito eleito de Marabá renuncia 02 dias antes de assumir o cargo Reviewed by Reinaldo on 14:59 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.