WHAT'S NEW?
Loading...

Prefeito mais jovem do país é do Maranhão e pertence a uma oligarquia política do interior do estado

Do blog Marrapá


Leonardo Caldas [PRB], 21 anos, vai dirigir a cidade de Milagres do Maranhão - Município de pouco mais de 7.500 habitantes às margens do rio Parnaíba, na divisa com o estado do Piauí - a partir de 1º de janeiro de 2017. Será o prefeito mais jovem do país.

Com 20 anos de emancipação, Milagres está sob o controle da família Caldas desde sua criação, em 1996. O município reproduz o regime oligárquico dominante no Maranhão há mais de cinco décadas que tem chamado atenção da imprensa do país por causa do domínio absoluto da família Sarney.

Com IDH [Índice de Desenvolvimento Humano] 0,563, Milagres é um dos municípios mais pobres do Brasil. “Fui eleito para dar continuidade ao trabalho da família”, admite Léo, diplomado no último dia 14 ao lado da namorada, estudante em Parnaíba, no Piauí. Ele tem ensino médio incompleto.

A professora Claudete Rodrigues [PCdoB] de 46 anos disputou pela terceira vez a prefeitura de Milagres em outubro deste ano através da coligação "União pela Libertação", formada por sete partidos, mas perdeu. Teve apenas 2.218 votos, contra 2.446 votos dados a Léo, enquanto que 32 pessoas votaram em branco e 213 anularam o voto. O vereador mais votado do município, Bernardo Pupa [PCdoB], com 332 votos, foi da coligação de Claudete.

Léo é sobrinho do atual prefeito, Augusto Caldas, e filho do ex-prefeito Miguel Caldas, enquanto que sua mãe, Arlene Caldas é secretária de saúde de Milagres há 12 anos. Léo tem mais parentes ocupando cargos importantes na cidade: a atual primeira-dama, Ana Rosa, é secretária de Ação Social e a Educação é dirigida por Aline Caldas, ambas suas tias.

O prefeito eleito completou 21 anos em maio, dois meses antes do encerramento do prazo das convenções partidárias, e na campanha adotou o slogan “Vote no Menino, que ele é 10”, uma referência ao número do seu partido - o PRB - e ao mesmo tempo sugerindo que apesar da pouca idade era preparado para o cargo.

Pela lei, a idade mínima para disputar eleições para cargos executivos é 21 anos. Apenas 25 dos 5.506 prefeitos eleitos este ano são jovens, com até 25 anos de idade, segundo o TSE [Tribunal Superior Eleitoral]. A maioria tem entre 46 e 65 anos – 3.063 dos eleitos.

0 comentários: