Noite violenta em Santa Luzia nesta quarta-feira: homem é executado a tiros de 12 no bairro Natolândia

Por volta das 21:30 hs desta quarta-feira, 03, um homem até agora identificado apenas pela alcunha de "Maluquinho" foi brutalmente assassinado a tiros de espingarda calibre 12 no Bairro Natolândia, popularmente conhecido como "Baixada", nas proximidades da invasão do Cabeça de Porco. De acordo com as poucas informações que chegaram até o blog, Maluquinho tinha uma ficha extensa com várias passagens pela polícia por roubos, furtos e outros delitos, tanto que estava preso há alguns dias e deixou a cadeia na segunda-feira, 01.

O crime aconteceu no final da rua José Cirino. A vítima foi surpreendida no momento em que trafegava sozinha por um beco escuro, e até o momento dessa postagem nenhum suspeito ainda havia sido preso pela polícia, que trabalha com a suspeita de acerto de contas, pelas caraterísticas do crime: execução sumária sem chances de defesa para Maluquinho que veio a óbito no local.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------
Atualização às 07:37 hs: A vítima foi identificada pela polícia, chamava-se José Nazareno, cuja ficha consta algumas prisões por pequenos furtos e outros delitos.

Nota: O blog recebeu via aplicativo de mensagens virtuais várias fotos da vítima no local do crime, mas em respeito aos leitores, tais imagens foram disponibilizada em segundo plano. Caso o leitor queira acessá-la, clique na imagem abaixo.

Comentários

Anônimo disse…
Jesus Santa Luzia tá muito perigoso. Deus proteja meus amigos e familiares
Anônimo disse…
Meu amigo, Rei.
Como leitor e grande admirador de seu belíssimo trabalho com este blog, que, sem dúvidas, é o maior portal de informações de nossa querida cidade, deixo neste comentário uma pequena sugestão. Quando você for divulgar, mesmo em "segundo plano" imagens como esta, coloque uma tarja na face do "de cujus" para não expor totalmente o cadáver, uma vez que, isso é crime, tipificado no art. 212 do Código Penal, denominado de "Vilipêndio a Cadáver", que é um crime que se configura quando há a falta de respeito ao morto.