WHAT'S NEW?
Loading...

Inaugurações

Neste final de semana estarão abrindo suas portas mais dois ambientes para a boemia luziense aproveitar as noites quentes da Cidade Morena.

Santa luzia que é carente nesse quesito dispondo somente dos tradicionais bares, locais não adequados para muitos, está progredindo no segmento que já conta com uma lanchonete/bar (Maresia) inaugurada há pouco mais três meses tornando-se o único point da galera mais descolada da city.

Os novos empreendimentos do setor estarão sendo inaugurados no próximo sábado, dia primeiro, prometendo páreo duro na disputa pela clientela vip da cidade.

São eles:

Restaurante e Lanchonete Kibom

Localizado no prédio do antigo Motão e de propriedade do popular Macacheira's, o novo ambiente promete cardápio refinado durante toda a semana dando destaque especial para as sextas feira quando haverá música ao vivo para embalar os amantes de uma boa noitada na companhia dos amigos para um bate papo descontraído regado com muita cerveja gelada.

Casa Mix

O novo point que está localizado próximo à Escola Florentina Damasceno sob administração do Wanderly é um ambiente alternativo dedicado mais aos baladeiros que gostam de uma boa curtição sem abrir mão do bom gosto.
Além da música de qualidade, ambiente é claro, o espaço é dedicado àqueles que curtem todos os estilos principalmente as últimas novidades do mundo baladeiro.

O blogger, como sempre marcará presença por lá para conferir.

Coisas da política

Hoje pela manhã ao ler alguns blogs paraenses me deparo, na maioria deles, com postagens comentando a decepção de Priante (candidato do PMDB derrotado no 2º turno na capital) com a governadora Ana Júlia (PT) que segundo ele manteve neutralidade ou simplesmente não fez nenhum esforço para ajudá-lo a conquistar a prefeitura deixando livre o caminho para o atual prefeito Duciomar Costa (PTB) se reeleger sem maiores dificuldades.

Priante está magoado com Ana por que em 2006, segundo ele, seu apoio e do PMDB foram fundamentais na conquista do governo do estado pelo PT, e agora que ele precisou ela [Ana Júlia] virou-lhe as costas afirmou Priante, lembrando que na eleição passada ele se empenhou pessoalmente para conduzi-la ao palácio do governo enquanto Duciomar estava empenhado em derrotá-la.

Agora comento eu:

- Bem feito. Lembro muito bem que no primeiro debate para o governo do estado em 2006 o candidato do PSDB, Dr Almir Gabriel, liderava com folga todas as pesquisas de intenção de votos enquanto Ana Júlia figurava em segundo bem atrás e Priante em terceiro com um minguado percentual.

Qual a estratégias deles [Ana e Priante]? Bater em Dr Almir afim de desqualificá-lo diante da opinião pública. E conseguiram. Priante era o mais afoito, esbravejava como se fosse o dono da verdade e o político mais sério do mundo que logo era seguido por Ana sem dá chance para Dr Almir. Despejaram enxurradas de calúnias, criaram factóides e falácias sem sentido, mas que surtiu efeito. Pronto, ali já estava gerado o embrião da Cruzada do Mal (PT e PMDB) que viria governar o estado sob as bênçãos de ninguém menos que Jader Barbalho, o mesmo Jader que o PT tantas vezes o esconjurou e agora vêm de mãos dadas falar de seriedade, ética, ideologia e todas essas baboseiras que a esquerda adora vomitar mas que não tem moral sequer de lamber as botas da direita.

Só para reforçar não custa nada lembrarmos do ptismo luziense (o mais sério, o mais ético, a verdadeira corrente ideológica do socialismo) que tantas vezes usou os mais baixos adjetivos para qualificar Jader Barbalho e agora dividem o mesmo palanque.

- É PT, quem te viu e quem te ver. Cadê a ideologia de outrora? Cadê a seriedade? E o Jader não é mais ladrão?

- Ah, não. Ideologia é o poder. Seriedade é tudo o que se faz para manter-se no poder, os conchavos, as negociatas e a lei de que tudo é permitido em nome do poder.

- E quanto ao Jader? Ele é um velho "cumpanhêro" que está a serviço do povo e dos interesses do estado.

- Ah, tá.


PMDB x PT

Do blog Espaço Aberto que menciona o desgaste de Jader Barbalho com o posicionamento do governo do Estado em relação ao pleito deste ano em Belém:

"Ele está tendo o que merece e não podia ser diferente. Ele gosta de dar rasteira, mas não gosta de levar. Isso é o troco pela derrota do Luís Cunha pro TCM, até então vaga garantida por Ana a Luís. E se continuarem brigando (PT-PMDB), os dois morrem abraçados.

A próxima briga anunciada é a eleição da presidência da Alepa. O Jader com Juvenil e Ana com carmona, ambos do PMDB.

Carmona com mais chances. Como Carmona apoiou Dudu, leva PTB e PV , mais a oposição, pois era do PSDB. O resto da Alepa é garantido por Ana.
Ana sai na vantagem".

Novo layout do blog

Cheguei a conclusão que o layout anterior estava muito carregado e esteticamente feio. Portanto, resolvi mudar o visual do blog para este mais prático e dinâmico, por achar que fica com ar de mais sério e melhor "desenhado" dando mais credibilidade à página. A cor predominante é a mesma da coluna central anterior, dei uma repaginada em alguns itens da aba lateral para evitar excessos, retirei o antigo contador de visitas perdendo mais de 5.000 visitas em relação ao outro contador, deixando somente aquilo que considero extremamente necessário para uma página da web, como mural de bate papo, previsão do tempo enquetes e etc.

Isso custou-me uma madrugada inteira do meu precioso sono, mas acho que valeu a pena.
Desculpas se alguém não gostou por já está acostumado com a aparência antiga. Deixem seus comentários dizendo o que acharam desse novo modelo.


REJEIÇÃO

Uma pesquisa realizada pelo Ibope às vésperas do 2º turno, revelou que 40% dos eleitores paulistanos rejeitam o PT e afirmam não votar nele de jeito nenhum. A rejeição dos paulistanos ao PT só é superada pela rejeição a sua candidata Marta Suplicy - 50% dos entrevistados afirmam que não votam nela de jeito nenhum. O Ibope listou os quatro principais partidos envolvidos no segundo turno para aferir a rejeição a cada um. O DEM de Kassab foi rejeitado por 15% dos entrevistados; o PMDB, por 10%; o PSDB, por 12%.

O PT tem essa altíssima rejeição apenas em São Paulo, o estado que concentra a maior população do país, onde estão os maiores índices de riquezas e de pessoas com alta escolaridade, e o que é pior: São Paulo que é o berço do petismo surgido nos pátios das metalúrgicas sob o comando dos poderosos sindicatos rejeita o PT de tal forma que nas últimas duas décadas só conseguiu eleger duas prefeitas que não tiveram mais sucesso nas urnas dando ampla vantagem à direita (PSDB e DEM) que mantém-se no poder todo esse tempo com poucos sinais de desgaste. O declínio do PT em São Paulo reflete a confiança daqueles que mais conhecem o partido, ora o núcleo duro da sigla esquerdista é toda de São Paulo, assim como a do PSDB que é bem avaliado por quem o conhece muito bem.

No Rio de Janeiro, o partido não recebe o voto de apenas 14%, menos que o DEM (rechaçado por 15%); em Belo Horizonte, a rejeição foi de 18%, igual à do DEM.

Deputado Adamor

Acaba de chegar até este blogger a informação de que o nosso deputado estadual Adamor Aires foi designado para assumir a presidência da Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa. É mais uma prova de prestígio do parlamentar luziense e um dos membros mais atuantes do G-10.

Santa Luzia

Faltando pouco mais de um mês para nossa maior festa religiosa, a Festividade de Santa Luzia, a população já deu início às noites de orações nas residências das famílias católicas luzienses conduzindo a imagem da padroeira nas peregrinações de bairro. O intuito da coordenação da festa e do Pe Elias, é que a imagem de Santa Luzia frequente todas as casas até a festividade. É sempre muito bom receber a padroeira da cidade em nossas casas...

Política

Tá hora do PT vestir a camisa da humildade e reconhecer que perdeu e muito com o resultado das eleições municipais, pois o partido foi praticamente excluído das capitais das regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste, locais de maiores concentrações de população e riqueza do País. Com exceção de Vitória, onde venceu no primeiro turno, o PT levou algumas capitais apenas no Norte e Nordeste onde o partido do presidente faz a farra com os programas "bolssistas".

Halloween

No post da semana passada reclamei da ausência das festas de halloween que já foram febre na Cidade Morena. Pois bem, o Dj Júdson não esqueceu da data e está promovendo no próximo sábado o Hallowdance que premiará a fantasia mais autêntica do baile das bruxas, isso mesmo, o público deve comparecer vestido à caráter dando um toque especial ao evento. Vale à pena conferir...

Vaqueijada

Para quem já estava com saudades, assim como o blogger, este fim de semana vai acontecer a tradicional vaqueijada de Capanema no parque JM, suspensa há dois anos. Na verdade já começou, pois a abertura oficial foi no final de semana passado e encerrará no próximo domingo. Mas antes na sexta terá a aparelhagem O Poderoso Rubi e no sábado show da banda Casadões do Forró, uma das grandes representantes do gênero no país. Como a família Martins está felicíssima com a conquista da prefeitura capanemense pelo Eslon Martins, o público só pagará aquilo que consumir, pois a entrada no parque e o estacionamento serão inteiramente grátis.

Nosso abração

Para o jovem luziense e empresário Edinaldo Lucena, atualmente residindo no estado do Maranhão, mas jamais sem esquecer da sua cidade natal. Edinaldo que sempre nos honra com sua presença nos mais diversos acontecimentos da cidade, agora está patrocinando a "I Copa Nenem do Valdemar" de futebol com premiação de R$ 5000,00. É uma demonstração sincera de amor pela terrinha e uma iniciativa que vem suprir a ausência do poder público na política de esporte e lazer para o município.

Valeu Edinaldo...

Ilusões

Como era verde meu o meu vale, diz o povo de Santa Luzia queixando-se sobre a mudança, não mais que de repente, da paisagem em nossa cidade. Antes das eleições, o município era um imenso canteiro de obras, com as ruas cheias de tratores, caçambas e homens trabalhando por toda parte. Eram obras que poderiam ter sido feitas ao longo de três anos sem realizações desse governo que "inexplicavelmente" em pelno ano eleitoral ressuscitou obras como a construção do matadouro, do ginásio de esportes, do estádio municipal, asfaltamento das ruas e a orla do Caeté que tem verba liberada desde 2006, mas foi iniciada somente este ano depois de tanto alarde em um informativo denominado "Revista Luziense", que nada mais é do que marketing de promessas.
Agora as máquinas e os trabalhadores sumiram, deixando somente as placas indicativas de tais obras, contrariando as mais recentes promessas de campanha que precisavam de mais uma chance para continuar esses serviços.

Mais denúncias de irregularidades nas eleições em Santa Luzia

Mesário votou por eleitores

SANTA LUZIA

Declarações de índios reforçam as suspeitas de fraudes.

Novas provas juntadas ao pedido de decretação de nulidade de votação em duas seções do pleito que reelegeu Lourival Fernandes de Lima, o Louro do PT, em Santa Luzia do Pará, jogam mais lenha na fogueira que ilumina as suspeitas de fraudes na eleição daquele município. Declaração reconhecida em cartório do mesário do indígena Marcelo Oliveira Souza Tembé reforça os indícios de facilitação da fraude promovida pelo prefeito petista.

O índio Tembé decidiu negar as declarações feitas em documento no último dia 13, quando alegou que as acusações da coligação 'Muda Santa Luzia', do candidato Aldemir da Conceição Aires de Oliveira, 'eram apenas choro de candidato derrotado'. Em nova declaração, Marcelo Oliveira, mesário na seção 190 da aldeia São Pedro, desqualificou o documento, dizendo que o assinou sem ler o conteúdo e que o fez a pedido ameaçador de 'Louro do PT'.

Na nova declaração, o mesário admite, conforme ditam as denúncias da coligação 'Muda Santa Luzia', que votou por muitos eleitores e ainda orientou tantos outros a votar no candidato petista. 'Assinei aquela declaração sob a advertência de que eu deveria ocultar a verdade, pois, do contrário, poderia ser preso por crime eleitoral', afirmou o mesário, acrescentando que Louro do PT foi o autor das ameaças. Disse ainda que sua ação foi também facilitada pela ausência absoluta de fiscais do candidato Aldemir da Conceição.

O candidato da coligação 'Muda Santa Luzia' perdeu a eleição por uma diferença de apenas 69 votos. Ele tenta reverter o resultado pedindo a nulidade de votação nas duas seções que funcionaram na aldeia São Pdero, palco das supostas fraudes. Essas duas seções, de números 189 e 190, reúnem 176 eleitores. Em ambas, para surpresa e desconfiança da 'Muda Santa Luzia', não foi registrada uma sequer abstenção e um sequer voto em branco. Mais grave: todos os 176 eleitores voltaram no Louro do PT. A fraude ganha evidência com a declaração do mesário, quando diz ter votado 'por muita gente', crime comprovado na folha de votação, onde aparecem vários nomes assinados com a mesma grafia.

ASSINATURA

A denúncia da existência de fraude nas duas seções da aldeia São Pedro aguarda apreciação da juíza titular da 41ª Zona. No último dia 17, foi reforçada pela inclusão da declaração do índio mesário Marcelo Oliveira, cuja assinatura foi reconhecida em cartório.

De acordo com o deputado estadual Adamor Ayres (PR), advogado eleitoral e irmão do candidato da coligação 'Muda Santa Luzia', a fraude veio à tona depois que o índio mesário concedeu entrevista a um professor que fazia um trabalho na aldeia. A entrevista foi gravada. Indignado com a auto-acusação, o professor decidiu procurar os adversários do prefeito reeleito, para quem entregou cópia da entrevista gravada. Na entrevista, o índio mesário, que é líder na aldeia, revela que agiu em troca de prometido benefício de concessão das secretarias municipais que seriam ocupadas por índios Tembé.

Ainda segundo o advogado, tão logo Louro do PT tomou conhecimento da denúncia do professor e soube que a oposição tinha a fita com as declarações, ele procurou o mesário, no dia 13 de outubro passado, obrigando-o a assinar uma declaração desmentindo o conteúdo da gravação.

Denúncias também comprometem membros das polícias Civil e Militar

As denúncias da coligação 'Muda Santa Luzia' de que houve fraudes na votação em 5 de outubro passado, no município de Santa Luzia do Pará, também comprometem as polícias Militar e Civil como facilitadoras das irregularidades. O deputado Adamor Ayres (PR) afirma que a ausência de fiscais na aldeia aconteceu em função da apreensão de 85 credenciais para o exercício da função. A apreensão, comandada pelo capitão Leomar Costa de Aviz e sem razão que a justificasse, aconteceu no final da noite do dia 4. A eleição foi no dia seguinte. 'Assim, muitos fiscais da nossa coligação não puderam fiscalizar no dia da eleição porque tiveram suas credenciais estranhamente apreendidas no dia anterior', declara o advogado.

As acusações também listam o delegado Glauco Valentim do Nascimento, titular do município, que teria, segundo o advogado, fraudado o Boletim de Ocorrência de número 194/2008.000335-0, omitindo o número de credenciais apreendidas. Citou apenas dez. Essa atitude serviria para facilitar a defesa do prefeito petista. 'Noutro documento, o Ofício de Nº 245/2008, enviado ao juíz eleitoral, o mesmo delegado refere-se à apreensão de 85 credenciais, num prova de que se contradiz na apresentação dos números quantitativos de credenciais apreendidas'.

O causídico revela que, além da representação eleitoral visando à anulação da votação nas duas seções, a coligação vai ainda representar contra os policiais Civil e Militar, não só na Polícia Federal como também nas corregedoria das respectivas corporações. 'São evidências entrelaçadas, armadas e articuladas pelo prefeito e suas polícias que acabam levando ao descrédito essas entidades', avalia Ayres. No último dia 21, a Assembléia Legislativa do Estado decidiu constituir uma Comissão de Representação, com seis deputados, para acompanhar a apuração das denúncias.

Fonte: Jornal "O Liberal", Edição de 23/10/2008, caderno "Poder".

Assembléia Legislativa vai acompanhar as denúncias de irregularidades nas eleições em Santa Luzia

CASO RARO
Em duas seções no município, todos os votos foram para um petista.

A Assembléia Legislativa aprovou ontem, por unanimidade, a formação de uma comissão parlamentar temporária externa para acompanhar as denúncias sobre possíveis irregularidades na eleição ocorrida no município de Santa Luzia do Pará. O pedido partiu do deputado Adamor Aires (PR). Também assinam o requerimento os deputados José Megale (PSDB), João Salame (PPS), Márcio Miranda (DEM), Junior Hage (PR) e Eduardo Costa (PTB).

De acordo com Adamor, em duas seções situadas no interior de uma reserva indígena tembé a apuração revelou que não houve votos nulos, brancos ou abstenções. Além disso, todos os votos sufragados foram para o candidato à reeleição Louro do PT.

'Não que se queira discriminar o povo indígena, que merece todo nosso respeito. Todavia, o resultado da eleição naquele município destoa das estatísticas que compõem a realidade de nosso Estado sobre eleições, na qual, por força de alto grau de analfabetismo de nossa população e de abstenção, bem como o número de votos nulos e brancos, sendo sempre alarmante, talvez nem países do Primeiro Mundo a performance do eleitorado atinja índices como os registrados nestas duas seções de Santa Luzia', explicou Aires no documento.

Ele também ressalta que já está em poder da juíza da 41ª Zona Eleitoral uma gravação na qual o mesário da seção 190, Marcelo Oliveira Sousa Tembé, relata a um professor, 'em tom de deboche', os detalhes da votação viciada. Outro indício de irregularidade pôde ser constatado, segundo o deputado, em um boletim de ocorrência policial registrado pela coligação adversária de que o PR foi impedido de fiscalizar a votação por conta de uma apreensão de credenciais feita às vésperas do pleito por policiais militares.

PRECEDENTES

Apesar de ter sido aprovado por unanimidade, a bancada petista na Casa vê com restrições as denúncias formuladas pelo republicano. A preocupação do líder do PT, Carlos Martins, é de que a criação da comissão externa para apurar o processo eleitoral em Santa Luzia do Pará possa desencadear novos pedidos à Mesa da Assembléia.

'Se todos os 41 deputados resolverem questionar o processo eleitoral em seus municípios, o Legislativo terá que trabalhar apenas para acompanhar as investigações. Por isso, precisamos trabalhar com bom senso e muita cautela', argumentou Martins.

Em nota à Imprensa, ele informou que os membros da bancada aguardam a notificação da mesa Diretora sobre a criação da comissão. A partir daí, a bancada petista vai se reunir para indicar qual petista integrará a comissão, como determina o regimento interno da AL, já que a bancada é composta de seis membros e é a terceira maior do Legislativo estadual.

Fonte: Jornal "O Liberal", edição de 22/10/2008, caderno Poder.

EXTRAS


Balada
Atenção forrozeiros de plantão: nesta sexta, 24/10, tem mega show da banda Cavaleiros do Forró no Club da Oásis em Capanema. É uma excelente pedida para começar bem o final de semana baladeiro.

Por falar em Capanema
Quando estiver na Capital Paraense do Cimento, na hora do almoço, não esqueça de ir ao Anexo's. Ponto de encontro dos vip's daqui e de lá, ambiente agradável, serviço eficiente sem se falar na ótima comida caseira que é servida. Vale a pena conferir...

Templo
A construção da igreja dedicada á mãe de Jesus, está bem adiantada e pelo que se pode observar será um templo suntuoso bem a altura do que Nossa Senhora de Nazaré merece. Ponto para o Pe Elias que trabalha incansavelmente nesse projeto.

Halloween
Está terminando o mês de outubro e consequentemente se aproximando o tradicional dia das bruxas e ninguém vê falar em nenhuma festa de halloween na Cidade Morena. Há poucos anos esse período não passava despercebido, inclusive com mais de um evento alusivo a essa data. Parece que esqueceram de uma das maiores invenções do ocidente que é febre nas sociedades modernas. Mas aqui... é Santa Luzia.

Saudades
No próximo dia 25, estará completando cinco anos de falecimento do jovem Alex Meireles (amigo pessoal do blogger) filho dos comerciantes Nelson e Marineide que lutou bravamente contra a morte por 21 dias após um trágico acidente. Alex, de onde você estiver saiba que seus amigos nunca o esqueceram e que você continuará sempre vivo em nossa memórias.

Renovação
A câmara municipal de Santa Luzia teve um terço dos seus quadros renovados. Dos atuais nove vereadores três não foram reeleitos, com destaque para o vereador Nenenzão um dos mais atuantes na atual gestão. A sua não reeleição causou espanto até nos mais céticos pois esse nobre vereador tem uma gama de serviços prestados à sociedade em vários segmentos, com ênfase maior para a saúde onde trabalhou incansavelmente ao longo desses quase quatro anos especialmente em favor dos menos favorecidos. Não dá para entender como é que um dos vereadores que tem mais serviços prestado à população foi preterido pelas urnas enquanto outros que passaram todo esse tempo escondidos atrás do próprio mandato sem nenhuma atividade de destaque em favor do povo e muito menos sem nenhum projeto apresentado na câmara conseguiu se reeleger e com votação expressiva. Dá para entender?

Vereadores não eleitos em Santa Luzia do Pará

Abaixo a relação dos candidatos a vereador não eleitos com seus respectivos números de legenda que concorreram bem como a quantidade de votos que receberam. Em negrito, atuais vereadores não reeleitos:

ANTONIO JOAQUIM - Nº 22111 - PR - 421 votos

NENENZÃO - Nº 14444 - PTB - 421 votos

ZECA DO BENTO - Nº 13123 - PT - 419 votos

MARINHO - Nº 22456 - PR - 414 votos

NALDO TEMBÉ - Nº 13500 - PT - 379 votos

ORLEY - Nº 13130 - PT - 371 votos

ZÉ LUÍS - Nº 12222 - PDT - 356 votos

CAREQUINHA - Nº 13333 - PT - 332 votos

DE ASSIS - Nº 13131 - PT - 249 votos

SÉRGIO TATAJUBA - Nº 12555 - PDT - 221 votos

MARIA RAIMUNDA - Nº 17456 - PSL - 208 votos

NONATO DA SUCAM - Nº 13100 - PT - 204 votos

MARCOS VENÍCIO - Nº 13111 - PT -156 votos

SOANE CASTRO - Nº 15234 - PMDB - 145 votos

REGINA - Nº 12123 - PDT - 130 votos

JACÓ - Nº 22444 - PR - 124 votos

GODÔ - Nº 22222 - PR - 120 votos

REINALDO DO FORUM - Nº 12000 - PDT - 116 votos

ZÉ DENTISTA - Nº 15123 - PMDB - 95 votos

BENA DO CAETÉ - Nº 40444 - PSB - 92 votos

DALVA DO CONSELHO - Nº 40446 - PSB - 79 votos

HELENA FARIAS - Nº 36555 - PTC - 66 votos

ADILSON CRENTE - Nº 36123 - PTC - 55 votos

NENÉM DO CORREIO - Nº 40555 - PSB - 54 votos

MAURIVAN CAMILO - Nº 15111 - PMDB - 52 votos

FRANCIDALVA - Nº 14789 - PTB - 50 votos

CARLOS BARBOSA - Nº 17222 - PSL - 38 votos

NONATO - Nº 40111 - PSB - 28 votos

MARCOS DO RAUL - Nº 15888 - PMDB - 27 votos

NAZA - Nº 14000 - PTB - 23 votos

MARIO DO BIRA OU MARÃO - Nº 36000 - PTC - 22 votos

JOÃO DA FARMÁCIA - Nº 36222 - PTC - 17 votos

PROFESSOR ANTONIO - Nº 36111 - PTC - 14 votos

CURIÓ - Nº 36789 - PTC - 13 votos

EDI DA LOTÉRICA - Nº 17777 - PSL - 9 votos

Fonte: Portal Terra

EXTRAS

Violência
Final de semana violento em Santa Luzia com dois homicídios, ambos ocorridos no sábado, ainda não esclarecidos pela polícia. Um aconteceu aqui mesmo na sede em plena luz do dia onde um rapaz pouco conhecido foi assassinado a tiros dentro da obra abandonada do mercado bem no centro da cidade sem o conhecimento das motivações do crime e o outro aconteceu no interior sendo consequência de assalto a um rapaz que ia do Peritoró para o Broca que foi interceptado na estrada que liga as duas comunidades por elementos fortemente armados que dispararam contra o motoqueiro provocando-lhe a morte para em seguida levarem o veículo utilizado pela vítima.

Parabéns
No domingo do Círio quem completou idade nova foi o filho mais ilustre de Santa Luzia, isso mesmo, o deputado Adamor Aires que comemorou a data em Belém curtindo nossa maior festa religiosa ao lado de familiares e amigos.

Círio
A maior procissão católica do mundo aconteceu no último domingo em Belém, o Círio de Nossa Senhora de Nazaré, reunindo mais de 2 milhões de fiéis e entre eles é claro tinha muitos luzienses que não dispensam o pato no tucupi e a maniçoba no segundo domingo de outubro. Era fácil dá de cara com um habitante da Cidade Morena onde quer que fosse, nas casas de shows, nos shoping's ou qualquer outro lugar badalado da capital paraense.

Esta chegando
Estamos no meio do mês de outubro faltando pouco menos de dois meses para nossa maior festa religiosa, a Festividade de Santa Luzia e juntamente com ela o aniversário de emancipação do município que nos últimos anos tem sido comemorado com grandes shows em praça pública. Tomara que este ano a festança se repita.

Para relaxar
Assim pode ser descrito o bar do amigo Wanderli próximo ao cartório. Um ambiente descontraído com cerveja geladinha ideal para as noites calmas de Santa Luzia e finais de semana antes das baladas com a galera. Vale a pena conferir...

N.E.: Ultimamente recebi reclamações de que alguns comentários, enviados por leitores do blog questionando algumas postagens, não estariam sendo liberados por mim. Isso é verdade, mas as motivações que me levaram a essa atitude não foi por discordar deles, segundo alguma pessoas acharam, mas por se tratar de comentários anônimos com alto teor de agressividade onde seus autores assinaram com pseudônimos ocultando sua verdadeira identidade e é claro que comentários desse tipo não serão liberados.
O espaço é democrático, está aberto a todos independentemente de coloração partidária, mas desde que o autor assuma as responsabilidades pelo que escreveu, pois todas as postagens deste blog são de minha autoria e portanto de minha responsabilidade como é do conhecimento de todos.
Portanto, para tornar o ambiente salutar com discussões equilibradas, identifiquem-se com suas verdadeiras identidades e aí TODOS os comentários (eu concordando ou não) serão liberados para uma ampla discussão de ideias como nos propõe os princípios democráticos de uma sociedade moderna.

Minhas sinceras desculpas a todos e sejam bem vindos, vamos construir esse espaço que é de todos.
Abraços...

Aos mestres com carinho...

Obs.: Para visualizar melhor, clique na imagem para ampliar.

Coisas da política

Em alta
Sinais dos novos tempos. Nessas eleições no nordeste paraense alguns políticos merecem destaque, uns consolidaram-se como líderes absolutos em seus municípios e outros despontaram no cenário como novas lideranças ganhando destaque desbancando velhos caciques que naufragaram nas urnas.
*Raimundo Belo - ex prefeito de Capitão Poço por dois mandatos elegeu seu sucessor em 2004, que foi cassado por compra de votos, candidatou-se para o pleito desse ano tendo seu nome indeferido na reta final lançou sua esposa Diana Belo que venceu a disputa sobre mais três concorrentes sendo que a diferença para o segundo colocado, o atual prefeito, foi mais de 2000 votos. Isso é que é moral.
*Edson Oliveira - atual prefeito de Bragança depois de perder a disputa em 2004 para o radialista Celso Leite, que foi cassado por compra de votos, assumiu a prefeitura e agora conseguiu uma vitória expressiva numa disputa acirrada com o petista Pe Nelson consolidando seu nome no cenário político de um dos maiores colégios eleitorais paraenses.
*Eslon Martins - derrotado em 2004 em uma eleição tida como ganha, o irmão do deputado Zé Neto, consegue uma vitória esmagadora sobre dois ex prefeitos de Capanema tornando-se a mais nova expressão política do município.
*Elias Oliveira - agora prefeito eleito de Ourém depois de três tentativas frustradas, Elias Oliveira derrota o atual prefeito Zoé com uma votação significativa tendo como vice o atual vice de Zoé, Nôca Oliveira, filho do ex deputado Antenor Bararu.

Em baixa
Assim como houve vencedores, também houve derrotados, embora não literalmente no sentido da palavra mas por se tratar de políticos de tiveram sua importância diminuída diante do seu domínio eleitoral que com certeza lhes garantirá sérias sequelas políticas.
*Albenor Pontes - embora reeleito prefeito de Cachoeira do Piriá, Albenor obteve uma vitória apertada sobre a candidata cassada Arlete Soares.
*Alexandre Buchacra - atual prefeito de Capanema está tão desacreditado em seu município que sequer concorreu a reeleição deixando o caminho livre para seu principal adversário Eslon Martins que se elegeu facilmente.
*Louro do PT - principal adversário da Família Oliveira em Santa Luzia do Pará, eleito em 2004 com uma diferença de 1004 votos, depois de uma administração apagada reelegeu-se com uma vitória vergonhosa de 69 votos que está sendo contestada pela justiça eleitoral.

Crescimento do PDT no Pará
O PDT foi um dos partidos que mais cresceu na eleição municipal.
Saiu de dois para nove prefeitos elegendo também nove vice-prefeitos e 89 vereadores. Antes, tinha 27. Mais: onde a legenda fez coligação sem participar da cabeça de chapa, ajudou a eleger mais 60 prefeitos.
Não é por menos a alegria do deputado federal Giovanni Queiroz, presidente estadual do PDT, que sonha em criar o estado do Carajás com a pretensão de ser o seu primeiro governador.

Pela Governabilidade
Hoje, pela manhã, lendo alguns noticiários regionais eis que encontro essa declaração do todo poderoso Chefe da Casa Civil do Estado Claudio Puty:

- A governadora não apoiará nenhum candidato à prefeitura de Belém nesse segundo turno. Os dois partidos concorrentes são da base aliada. Temos uma ótima relação com o PTB e o PMDB grandes parceiros do governo. Portanto não cabe ao governo ter posição nesse cenário nem emitir opinião.

Podemos ver então que a digníssima governadora vai se manter distante dessa disputa para não ficar mal na foto nem com Dudu nem com Jáder, pois 2010 está bem aí e ela precisa de apoio para a reeleição.

Imagem do Círio

Essa é a devoção do povo paraense com a Virgem de Nazaré, a Rainha da Amazônia e Padroeira do Pará.
Foto: Sônia Araújo

Eleições em Santa Luzia - apenas uma análise...

Em Santa Luzia do Pará, falar em política, é uma tarefa delicada devido a grande paixão dos luzienses pelos seus respectivos grupos que disputam o poder local, comparando-se a um clássico de futebol entre os dois maiores times paraenses, Remo e Payssandu. Cada eleição é sempre uma disputa acirrada com muitos comentários de ambos os lados onde cada um reivindica a razão para si despertando a rivalidade que já faz parte da cultura desse povo. Mas algumas verdades precisam ser ditas para se fazer uma análise e esclarecer alguns fatos ocorridos nas últimas eleições e a principal delas que se pode observar é o crescimento do desejo de mudança na população, pois esta não aceita mais o continuismo das administrações que se repetem com sucessões de pessoas de um mesmo grupo. Essa tendência teve inicio nas eleições de 2004, quando foi interrompido um ciclo de 12 anos do grupo da direita no poder com a vitória da esquerda que elegeu-se prometendo um "novo jeito de governar" com o apoio de trabalhadores e intelectuais, éticos com o tratamento dos bens públicos e comprometidos com um governo diferente voltado para os anseios dos mais pobres e muitas outras promessas bonitas despejadas às enxurradas visando a conquista do comando dos destinos da cidade.

Daí o que se viu na prática está distante das bravatas e falácias proferidas no calor da disputa num passado recente onde defendiam a ideologia esquerdista que foi esqucida assim que beberam da fonte mágica do poder. O fisiologismo político tomou conta de todas as instâncias da administração passando a atender principalmente interesses próprios dos "comandantes" desencadeando a decepção naqueles que apesar de não serem de esquerda, mesmo assim acreditaram nas promessas e seguiram a estrela vermelha há quatro anos atrás.

Atos incompatíveis com as promessas de outrora como a perseguição de funcionários por não compartilharem com o governo, negociatas envolvendo dinheiro e cargos com integrantes do legislativo para obterem seu controle e o domínio completo do município, o não recebimento do sindicato dos servidores da educação que reivindicavam seus direitos e muitas outras atitudes que não vale a pena enumerá-las mas que é do conhecimento de todos e foram práticas recorrentes nesse governo que permaneceu três anos na inércia absoluta sem nenhuma realização de destaque vindo a despertar somente no último ano transformando a cidade num canteiro-de-obras com fins eleitoreiros, pois todas ou a grande maioria delas, encontram-se paralisadas deixando claros seus objetivos.

O uso da máquina pública foi a grande prática para manter-se no poder com o inicio e promessas de várias obras contando com o conluio do governo do estado que precisou dá uma mãozinha com falsas promessas de obras que beneficiariam a cidade para manter seu pupilo no poder.

Mesmo com tudo isso a oposição, liderada pelo deputado Adamor Aires, o ex prefeito Mico, o empresário Edno Alves e um grupo de comerciantes, soube se articular montando uma grande coalizão unindo as forças políticas mais expressivas do município com o intuito de vencer um adversário comum que até mesmo a população mostrou sinais claros que também o queria destituir.

A dimensão desse fato pode ser verificado através da grande votação alcançada pela oposição, que foi a verdadeira vencedora, utilizando-se apenas do seu discurso coerente com os anseios do povo saiu de uma derrota de 1004 votos em 2004 para uma derrota mal explicada de 69 votos esse ano. Com essa derrota da atual administração na sede pode-se afirmar que a esquerda foi expulsa para o interior, pois a vitória expressiva da oposição na cidade e redutos importantes do interior deixou sinais claros da insatisfação do povo com a atual situação do município.

A oposição saiu fortalecida dessa eleição com a vitória esmagadora obtida na sede e nos colégios eleitorais mais importantes do município derrotando o favoritismo cantado em prosa e verso e o peso da máquina administrativa que funcionou a todo vapor em prol da atual administração que buscava a reeleição. Isso dá um novo ânimo para as próximas disputas eleitorais, já em 2010 para a reeleição do deputado Adamor que é a grande força da direita luziense, e em 2012 os nomes de Mico e Edno terão forte densidade eleitoral.

Foi uma verdadeira guerra de Davi contra Golias, onde tudo fazia-se conspirar contra a oposição que lutou bravamente para consolidar-se como a grande força política para os próximos embates eleitorais, tanto que liderou todas as pesquisas e toda apuração vindo perder na reta final por uma pífia diferença de 69 votos em uma votação confusa numa seção eleitoral instalada numa aldeia indígena onde todos os votos de um total de quase 200 foram para o candidato a prefeito e um único candidato a vereador da situação não sendo computado nenhum voto branco ou nulo causando estranheza em toda a Santa Luzia e até mesmo na justiça eleitoral que abriu investigação para apurar a veracidade do caso.
Aguardemos o desenrolar dos fatos e por enquanto o resultado oficial é esse:

Para Prefeito

LOURO - 13 (PMDB - PDT - PT) - 5.658 votos - 50,31%

MICO - 22 (PR - PTB - PSL - PTC - PSB) - 5.589 votos - 49,69%

Vereadores eleitos

LÚCIA MACHADO - Nº 13456 - PT - 668 votos

LUÍS DOCA - Nº 12345 - PDT - 656 votos

SOCORRO SALDANHA - Nº 22000 - PR - 616 votos

FRANÇO - Nº 22555 - PR - 584 votos

TIÃO OLIVEIRA - Nº 22123 - PR - 563 votos

ROBSON FEDERAL - Nº 13300 - PT - 485 votos

NANDO - Nº 40123 - PSB - 463 votos

PROF. EDSON FARIAS - Nº 13789 - PT - 448 votos

NEGUINHO CÔCO - Nº 15000 - PMDB - 388 votos

EDNO - PARABÉNS...

Quem comemora idade nova nessa sexta feira dia 10 de outubro é o empresário gente boa Edno Alves.
Empresário atuante em vários ramos comerciais Edno é um luziense de coração como ele mesmo se define. Residindo na terrinha por mais de 15 anos já se adptou a vida pacata da Cidade Morena e conseguiu reunir em torno de si uma legião de amigos e admiradores tornando-se um dos novos expoentes de Santa Luzia.
Além das atividades empresariais, Edno também é um político atuante. Carismático e de sorriso fácil, foi sem dúvida o político mais fortalecido nos últimos tempos, conquistando espaços importantes arrebatando milhares de correligionários em torno de seu nome construindo uma das carreiras mais promissoras dentro da política local tornando-se um dos nomes mais influentes para as futuras disputas eleitorais no município.
A data será comemorada como todos os anos. Dia 12 de outubro, dia das crianças, com uma grande festa para as crianças carentes do município onde serão distribuídos lanches e brinquedos para elas, isso mesmo, Edno não será o grande homenageado, mas as criancinhas carentes dos bairros mais distantes da cidade que pouco são lembradas no seu dia.
Muito bem Edno, que sua atitude sirva de exemplo para muitos.
Parabéns para você e para a seu gesto generoso para com aqueles que pouco têm...

Tributo à minha terra...

Santa Luzia...

Para te homenagear, poderia começar parafraseando um grande poeta, “boa noite, pode entrar eu tive um bom dia”. Mas, prefiro falar, ainda que por escrito, que já não preciso procurar meu sonho; o encontrei, ele és tu! Linda terra querida... Portanto, seja lá onde eu for, te levarei em forma de recordação, nessa total plenitude de que és bela e até mesmo utópica, em meu coração, e nunca mais deixarei-me sair de perto de ti. E você, deverá continuar...
Continuar... Superar... Continuar... E sempre e sempre... Por mais difícil que seja o momento.
Por mais que te usem, por mais que traiam o teu povo. Estarás aí, firme como a mãe de todos nós que te habitamos. Por mais que alguns de teus filhos não te ame, continuarás mjestosa do alto de tua simplicidade cabocla amando a todos igualmente, até mesmo aqueles que não te querem bem e apenas usam-te para benefífios próprios...
Até que um dia, numa noite qualquer de céu estrelado ou mesmo numa madrugada chuvosa, a gente se encontre no meio do nada para festejar tua liberdade...
Seja numa nuvem ou numa poça d’água, mas vamos entrelaçar as mãos, em uma consolidação definitiva e, caminhar entre as outras nuvens felizes, ou, em forma de gota d’água no velho, vago e vasto oceano, fluindo suavemente em todas as marés e por todos os espaços, enfim, livres... daqueles que oprimem teu povo...

8 de outubro - dia do nordestino...

Quando fala-se em nordestino a primeira imagem que vem à cabeça das pessoas é a do flagelado fugindo da seca. Mero estereótipo, o nordestino é muito mais que isso, como dizia Euclides da Cunha: "O nordestino é, antes de tudo, um forte".
Apesar das adversidade, o nordestino conserva seus costumes, tradições e história, através do artesanato, da música e principalmente da religiosidade. É visível seu apego às coisas da sua terra. Quem nunca viu um nordestino não gostar do "Padim Ciço", de São Francisco do Canindé, das músicas de Luís Gonzaga ou da buchada de bode? Ele jamais esquece onde nasceu. Às vezes, devido às adversidades do tempo ou a situações econômicas desfavoráveis, são obrigados a emigrar para outras regiões do país. Mas sempre que podem e as condições de vida mudam, voltam para os seus familiares e amigos e para a "terrinha querida".
Posso dizer isso com toda firmeza, pois também sou nordestino e filho de nordestinos. Amo Santa Luzia de coração, mas também amo o nordeste igualmente.
Para homenagear esse povo guerreiro, transcrevo o poema "Cabra da Peste" de autoria do cearense Patativa do Assaré, o poeta matuto.
Eu sou de uma terra que o povo padece
Mas nunca esmorece, procura vencê,
Da terra adorada, que a bela cabôca
Com riso na bôca zomba no sofrê.
I
Não nego meu sangue, não nego meu nome,
Olho para fome e pergunto: o que há?
Eu sou brasilêro fio do Nordeste,
Sou Cabra da Peste, sou do Ceará.
II
Tem muita beleza minha boa terra,
Derne o vale à serra, da serra ao sertão.
Por ela eu me acabo, dou a prope vida,
É terra querida do meu coração.
III
Meu berço adorado tem bravo vaquêro
E tem jangadêro que domina o má.
Eu sou brasilêro fio do Nordeste,
Sou Cabra da Peste fio do Ceará.
IV
Ceará valente que foi muito franco
Ao guerrêro branco Soares Moreno,
Terra estremecida, terra predileta
Do grande poeta Juvená Galeno.
V
Sou dos verde mare da cô da esperança,
Qui as água balança pra lá e pra cá.
Eu sou brasilêro fio do Nordeste,
Sou Cabra da Peste, sou do Ceará.
VI
Ninguém me desmente, pois, é com certeza
Quem qué vê beleza vem ao Cariri,
Minha terra amada pissui mais ainda,
A muié mais linda que tem o Brasi.
VII
Terra da jandaia, berço de Iracema,
Dona do poema de Zé de Alencá
Eu sou brasilêro fio do Nordeste,
Sou Cabra da Peste, sou do Ceará.

Resultado das eleições em alguns municípios vizinhos.

Capanema
ESLON MARTINS - 22 (PR - PTB - PP - PSDB - PRTB - PV - PRB - DEM) - 22.329 votos - 63,23%

CHICO NETO - 23 (PPS - PMDB - PT - PDT - PSL - PMN - PTC - PSB - PT do B) 12.986 votos - 36,77%

Cachoeira do Piriá
ALBENOR PONTES - 15 (PDT - PSL - PTC - PMDB - PV - PT - PSC - PR - PSB) - 4.284 votos - 100,00%

ARLETE SOARES - 14 (PTB - PP - PRB - PPS) - 0 votos - 0,00%

Obs.: A candidata do PDT, Arlete Soares, teve a candidatura indeferida pela justiça por irregularidades, portanto os votos que foram destinados a ela são considerados nulos (4.498 votos - 50,86%).

Bragança
EDSON OLIVEIRA - 15 (PSDC - PMDB - PT do B - DEM - PSC - PPS - PSB) - 20.852 votos - 40,00%

PADRE NELSON - 13 (PT - PR - PC do B) - 15.713 votos - 30,14%

GERSON PERES FILHO - 11 (PP - PTB - PDT - PSDB - PV - PMN) - 15.561 votos - 29,85%

Ourém
ELIAS OLIVEIRA - 15 (PMDB - PR - PRB - PRTB - PP - PTB) - 4.839 votos - 48,20%

ZOÉ - 45 (DEM - PSDB - PPS) - 3.232 votos - 32,19 %

CHICO BARBUDO - 13 (PSB - PT - PT do B - PDT) - 1.969 votos - 19,61%

Capitão Poço
DIANA BELO - 11 (PP - PSB - PSDC) - 11.011 votos - 42,48%

DR. ALADIR - 15 (PTC - PSL - PMDB - PRB - PSC) - 9.614 votos - 37,09%

CHICO GREGORIO - 22 (PR - PTB - PSDB - PRP - PV - PT do B - DEM - PT) - 3.105 votos - 11,98%

TOINHO DO POSTO - 23 (PDT - PC do B - PPS) - 2.188 votos - 8,44%

Peixe - Boi
ELIA - 15 (PMDB - PTB - PT - PSB - PPS) - 3.107 votos - 53,90%

JOÃO PEDROSA - 22 (PR - PDT - PP - PSC) - 2.657 votos - 46,10%

Castanhal
HÉLIO LEITE - 22 (PC do B - PDT - PMN - PTB - DEM - PV - PT do B - PR - PSC - PSDB - PSB - PP - PPS) - 61.444 votos - 77,43%

DR. SOARES - 15 (PSL - PMDB) - 8.542 votos - 10,76%

PROF. ALDENIR ROCHA - 13 (PRB - PT) - 8.133 votos - 10,25%

SINVAL BATISTA - 50 - (PSOL) - 1.232 votos - 1,55%

Garrafão do Norte
SIMPLICIO - 15 (PMDB - PSC) - 7.687 votos - 54,38%

ZÉ MARIA - 13 (PT - PP) - 6.450 votos - 45,62%

N.E: Em breve será postado o resultado em Santa Luzia com os números finais, comentários e observações.

Novo mapa político do Pará depois das eleições

Depois desse domingo, com a eleição dos novos prefeitos, o Pará redesenhou seu mapa poilítico. O maior vencedor foi o deputado federal Jader Barbalho que ampliou seu controle dividindo com o PT a hegemonia política no estado.
O PMDB conquistou 38 prefeituras e disputa o segundo turno na capital, enquanto que o PT da governadora, comandará 27 municípios a partir de 1º de janeiro. O PSDB encolheu para 13 prefeituras, enquanto o PR avançou significativamente conquistando 16 unidades municipais, inclusive Marabá, um dos mais importantes do Pará. O PV comemora a conquista da rica prefeitura de Oriximiná. O Partido dos Trabalhadores continuará comandando dois municípios estratégicos: Santarém, no Oeste e Parauapebas, no Sudeste.
A seguir, a lista completa dos prefeitos eleitos pelos respectivos partidos:

PMDB - 38 prefeitos eleitos
01- Ananindeua - Helder Barbalho
02- Água Azul do Norte - Renan
03- Augusto Corrêa - Amós
04- Bonito - Silvio Mauro
05- Bragança - Edson Oliveira
06- Breves - Xará Leão
07- Bujaru - Maria Antonia
08- Cachoeira do Arari - Jaime
09 -Cachoeira do Piriá - Albenor Pontes
10- Curionópolis - Wanderson Chamont
11- Curuçá - Fernando Cruz
12- Dom Eliseu - Joaquim da Eldorado
13- Garrafão do Norte - Simplício
14- Goianésia do Pará - Itamar
15- Inhangapi - Feitosa
16- Maracanã - Tinô
17- Marapanim - Ribamar
18- Moju - Iran Lima
19- Monte Alegre - Jardel
20- Muaná - Raimundo Cunha
21- Oeiras do Pará - Edvaldo Nabica
22- Ourém -Elias Oliveira
23- Peixe-Boi - Elia
24- Portel - Pedro Barbosa
25- Prainha - Sérgio Pingarilho
26- Rondon do Pará - Olávio Rocha
27- Rurópolis - Aparecido
28- Santa Izabel do Pará - Marió Kato
29- Santo Antônio do Tauá - Noronha
30- São Caetano de Odivelas - Rubens Barbalho
31- São Geraldo do Araguaia - Jorge Barros
32- São João de Pirabas - Cláudio Barroso
33- São João do Araguaia - Marlene do Mário
34- Senador José Porfírio - Cleto
35- Terra Santa - Marcílio Picanço
36- Tomé-Açu - Carlos Vinícios
37- Trairão - Danilo Miranda
38- Uruará - Eraldo Pimenta

PT - 27 prefeitos eleitos
01- Almeirim - Botelho
02- Anapu - Chiquinho do PT
03- Baião - Saci
04- Belterra - Geraldo Pastana
05- Bom Jesus do Tocantins - Dr. Sidney
06- Conceição do Araguaia - Álvaro
07- Concórdia do Pará - Elias
08- Eldorado dos Carajás - Genival do PT
09- Gurupá - Moacir Alho
10- Igarapé-Miri - Pina
11- Ipixuna do Pará - Evaldo Cunha
12- Itupiranga - Benjamin Tasca
13- Jacareacanga - Raulien Queiroz
14- Jacundá - Dino
15- Juruti - Henrique Costa
16- Nova Esperança do Piriá - Nilton
17- Parauapebas - Darci Lermen
18- Salinópolis - Dr. Vagner
19- Santa Cruz do Arari - Marcelo Pamplona
20- Santa Luzia do Pará - Louro
21- Santarém - Maria do Carmo
22- São Domingos do Capim - Cristiano Martins
23- São João da Ponta - Nelsão
24- São Sebastião da Boa Vista - Laércio Pereira
25- Sapucaia - Manoel Josino
26- Soure - João Luiz
27- Xinguara - Davi Passos

PR – 16 prefeitos eleitos
01- Aurora do Pará - Márcio Duarte
02- Benevides - Edimauro
03- Brasil Novo - Carlinhos
04- Breu Branco - Alemão
05- Capanema - Eslon Martins
06- Castanhal - Hélio Leite
07- Colares - Ivanito
08- Igarapé-Açu - Sandra Uesugi
09- Itaituba - Roselito Soares
10- Magalhães Barata - Nonato
11- Mãe do Rio - Chiquinho Braga
12- Marabá - Maurino Magalhães
13- Nova Timboteua - Antonio Elias
14- Quatipuru - Denis
15- São Miguel do Guamá - Nenê Lopes
16- Viseu - Cristiano Vale

PSDB - 13 prefeitos eleitos
01- Abaetetuba - Francineti Carvalho
02- Afuá - Mazinho Salomão
03- Altamira - Odileida Sampaio
04- Brejo Grande do Araguaia - Zé Antonio
05- Curralinho - Miguel Santa Maria
06- Limoeiro do Ajuru - Norival
07- Novo Progresso - Madalena Hoffman
08- Palestina do Pará - Maria Ribeiro
09- Paragominas - Adnan
10- Placas - Negão Brandão
11- Primavera - Cleuma
12- Santana do Araguaia - Alegria
13- Terra Alta - Aroldo Pinto

PTB - 13 prefeitos eleitos
01- Anajás - Edson
02- Aveiro - Gorete Xavier
03- Curuá - Reis
04- Faro - Denis Guimarães
05- Nova Ipixuna - Alvarenga
06- Óbidos - Jaime Silva
07- Porto de Moz - Berg Campos
08- Redenção - Wagner Fontes
09- São Félix do Xingu - Antonio Levino
10- Tailândia - Gilbertinho
11- Tracuateua - Waldeth
12- Ulianópolis - Jonas dos Santos
13- Vitória do Xingu - Liber

PDT - 9 prefeitos eleitos
01- Canaã dos Carajás - Anuar Sô
02- Cumaru do Norte - Pêti
03- Chaves - Birão
04- Ourilândia do Norte - Dr. Veloso
05- Pau D'arco - Luciano Guedes
06- Ponta de Pedras - Pedro Paulo
07- São Domingos do Araguaia - Jaime Modesto
08- São Francisco do Pará - Edson Leitão
09- Tucumã - Dr. Celso

PP - 6 prefeitos eleitos
01- Abel Figueiredo - Hidelfonso
02- Acará - Francisca Martins
03- Barcarena - João Carlos
04- Capitão Poço - Diana Belo
05- Melgaço - Adiel Moura
06- Santa Maria do Pará - Marifrança

DEM - 6 prefeitos eleitos
01- Alenquer - João Piloto
02- Cametá - Waldoli
03- Irituia - Penta
04- Medicilândia - Ivo Muller
05- Mocajuba - Rosiel Costa
06- Salvaterra - Juca Araújo

PSB - 5 prefeitos eleitos
01- Bannach - Válber
02- Novo Repartimento - Bersa
03- Piçarra - Jairo
04- Rio Maria - Waltinho do Ouro
05- Santarém Novo - Pedrinho

PPS - 3 prefeitos eleitos
01- Marituba - Bertoldo Couto
02- Pacajá - Padre Edmir
03- Tucuruí - Sancler

PRP - 2 prefeitos eleitos
01- Santa Bárbara do Pará - Ciro
02- Santa Maria das Barreiras - Darci

PSC - 1 prefeito eleito
01- Floresta do Araguaia - Alsério da Ametista

PRB – 1 prefeito eleito
01- Bagre - Gordo

PV - 1 prefeito eleito
01- Oriximiná - Gonzaga

PSL - 1 prefeito eleito
01 - Vigia - Noé Palheta

Obs:
* Em Belém haverá segundo turno disputado pelo atual prefeito Duciomar Costa e o ex deputado Priante.
Veja o resultado do primeiro turno:
DUCIOMAR COSTA - 255.525 votos - 35,15%
PRIANTE - 138.379 votos - 19,03%
*Em breve será postado o resultado de Santa Luzia com os números finais, comentários e obsrvações a respeito.

FONTE: Portal Terra

ELEIÇÕES

Vice prefeita
Sueda, a luziense filha do Sr Heleno e D. Mercês, foi eleita vice prefeita do município de Quatipuru no nordeste paraense. Casada com o vereador Hélio e filiada ao PMDB Sueda compôs chapa com o candidato Dênis do PR contra o atual prefeito, Guilherme, ex companheiro na eleição de 2004.
Veja o resultado:

DÊNIS - 22 (PR - PP - DEM - PSC - PSB) - 3.617 votos - 51,80%

GUILHERME - 13 (PT - PTB - PMDB) - 3.251 votos - 46,56%

ARAGÃO - 45 (PSDB) - 115 votos - 1,65%

Vereador
Outro luziense que também se deu bem em outras terras nessas eleições foi o professor Nonato, irmão do comerciante Corujinha. Conhecido como Nonato do Corujinha, professor Nonato concorreu à câmara municipal de Bragança pelo PT em uma chapa que tinha Pe Nelson concorrendo a prefeitura. Pe Nelson não se elegeu, mas o professor Nonato Ceará como é conhecido na Pérola do Caeté chegou lá com 647 votos.

Tradição
A familia Oliveira como sempre teve vários membros eleitos em outras cidades nessas eleições. Isso mostra por que essa família está há mais de 50 anos na política paraense.
Vereadores:
*O Sr Ademir Oliveira (pai do deputado Adamor e ex prefeito de Cachoeira do Piriá por dois mandatos) elegeu-se pela cidade de Cachoerira do Piriá com 377 votos.
*Akyhito Oliveira (filho da ex prefeita de Garrafão do Norte e irmão do vereador eleito por Santa Luzia Tião Oliveira) elegeu-se pela cidade de Garrafão do Norte com 823 votos.
Vice-prefeitos:
Dois filhos do ex deputado Antenor Oliveira foram eleitos vice prefeitos nesse domingo. Nôca elegeu-se vice prefeito de Ourém numa chapa formada com o PMDB tendo o empresário Elias como prefeito e em Cachoeira do Piriá, Antenorsinho foi eleito vice do atual prefeito Albenor Pontes que também concorreu pelo PMDB.

É a onda azul que tomou conta de Santa Luzia do Pará...

Mico e seu filho Junior. É ele...




Edno, o vice 22






Esta é a força feminina do 22





Essa é a força do povo



Esta é a carreata do 22...

Ederson e família...
Esses, são os ciclistas 22...
Flávio e Franço, candidato a vereador...
Atamidis e Âmila
Zeca e o Ederson
A turma do Gavião...
Pelado, é 22...
Sérgio da Preta e Antonio Augusto
Adenilton e compania
Ex vereador e candidato Nando, é 22...
Vereador Nenenzão... É 22, é 22, é 22, é 22, é 22,

Depois serão postadas mais fotos...

Pense muito bem...

As campanhas eleitorais estão chegando ao fim e nesse momento faz-se necessário alguns questionamentos para avaliarmos até onde a prática política é saudável enquanto veículo propagador de ideias e projetos de certos grupos para o nosso município.

Para isso vamos começar lembrando que num passado não muito distante, algumas pessoas definiam-se ideologicamente éticas e pregavam as ideias socialistas (igualdade, fraternidade, transparência e muitas outras palavras bonitas para o sentimento popular) como a única saída para os problemas administrativos da nossa querida cidade que segundo as mesmas vivia sob uma ditadura.

Pois bem, o tempo passou e mostrou a verdadeira face daqueles que por muito tempo venderam a imagem de sérios e zelosos com o bem público, muito pelo contrário, tornaram-se senhores do poder onde tudo vale para mantê-lo, até mesmo romper com a ideologia que defenderam ao longo de toda a vida antes de acomodarem-se nas confortáveis poltronas daqueles que mandam e desmandam.

A cidade continuou estagnada, e o que é pior, sob o julgo de verdadeiros ditadores que esqueceram 'seus princípios' e as soluções brilhantes que tinham para todos os problemas transformando os ideais daqueles que neles acreditaram em vagas promessas irrealizáveis. Aí, pergunta-se: cadê os intelectuais que juntamente com " O Novo" tinham a certeza de que resolveriam todos os problemas com soluções práticas e fáceis acompanhadas de muita seriedade. Muito bem, foi exatamente isso que faltou. Seriedade.

Nestas campanhas, para manterem-se no poder foram capazes de tudo. De tudo mesmo, até do impensável apelando para todo tipo de baixarias, como panfletagem anônima e depreciativa invadindo a vida pessoal de pessoas com falácias sem provas, xingamentos, e até com palavras pornográficas que já circularam em panfletos atacando adversários literalmente com golpes baixos.
Certos atos políticos tornaram-se até impróprio para menores, tamanha a quantidade de palavrões que foram proferidas para atingir os opositores. Acreditem, houve de tudo, de palavrões a sessões de histeria com gritos e apelações.
Política é coisa séria. É exatamente nessa época, que o povo precisa ouvir propostas concretas e coerentes que certamente mudarão a cidade para melhor. Exerça sua cidadania. Procure votar consciente. Não venda seu voto. Denuncie a compra de votos e a baixaria nas campanhas.

CONVITE

"A Paróquia de Santa Luzia do Pará, convida você a celebrar conosco a Festividade de São Francisco de Assis que está acontecendo no Km 46."
Tema geral: "Caminhando com Francisco"
Programação dos últimos dias da festividade:
Dia 01 de outubro: às 19:30 Missa na Igreja de São Francisco.
Tema: "Francisco, luz e esperança para uma educação melhor".
Responsáveis: Escola Municipal São José, Escola Infantil Cantinho do Saber e Setor "I".
Animação:Grupo Renovação
Dia 02 de outubro: às 19:30 Missa na Igreja de São Francisco.
Tema: "O amor de São Francisco pela natureza".
Responsáveis: Escola Florentina Damasceno e setor "J".
Animação: Grupo Santa Luzia
Dia 03 de outubro: Missa na Igreja de São Francisco
Tema: "Francisco transforma as famílias fazendo-as instrumentos de tua paz".
Responsáveis: Setores "H" e "F".
Animação: Regina e Rosiane
Obs.: Logo após a Santa Missa haverá leilão e venda de comidas típicas
Dia 04 de outubro: às 06:00 saída da procissão da Igreja de São Francisco do km 46 para a Igreja de São Francisco do km 42, onde será celebrada a Santa Missa.
Tema: "São Francisco nos ensina a amar o criador através das criaturas".
Animação: Grupos Santa Luzia e Renovação.
*Às 19:30 Missa de encerramento na Igreja de São Francisco do km 46.
Venha participar conosco da Festividade do Santo dos Pobres.