Imagem do dia - Prefeito Adamor reúne com ex-integrante da oposição que recentemente aderiu ao Governo

Na manhã desta sexta-feira, o Prefeito Adamor Aires recebeu em sua residência o líder comunitário Márcio da Estiva, expressiva liderança política daquela comunidade, que na semana passada desembarcou do PMDB e atravessou a linha da fronteira da oposição para aderir ao Governo Adamor após filiar-se no PR com as bênçãos do presidente estadual da legenda, o deputado federal Lúcio Vale, que fez questão de prestigiar o ato de filiação e abonar sua ficha juntamente com Vereador Orley Soares, presidente municipal do PR.

A imagem abaixo é um recorte do perfil do Prefeito Adamor no Facebook, onde ele fez questão de registrar o encontro de próprio pinho:


Aconteceu - polícia impede tentativa de resgate de presos da Cadeia Pública de Capanema nesta sexta

Com informações da Polícia Civil de Capanema

Edivaldo Sobreira - motorista que iria resgatar os presos
David Macambira Campelo e Cleiton Silva Benício - presos que seriam ser resgatados
Veículo que seria usado no resgate e os documentos falsos do motorista

Na manhã desta sexta-feira, 12, em uma ação rápida e articulada, policiais civis e agentes da Susipe [Superintendência do Sistema Penal do Pará] conseguiram desarticular uma tentativa de resgate de presos da Cadeia Pública de Capanema.  Os detentos pretendiam fugir no momento da visita de familiares e um elemento identificado como EDIVALDO SOBREIRA, 35 anos, estava em uma rua por trás da cadeia em um veículo Volks Wagen, modelo Gol de cor vermelha, com placas de Belém, esperando o momento para dar prosseguimento ao plano de fuga.

Os policiais identificaram o carro e passaram a seguir-lo, porém o criminoso ao perceber a aproximação da viatura saiu do local e foi alcançado em um posto de combustível na saída da cidade, próximo ao bairro Almir Gabriel onde foi abordado. Edivaldo Sobreira que estava usando documentação falsa é foragido da justiça e possui mandado de prisão preventiva pelos assaltos às farmácias Big Ben de Capanema e Castanhal, Extrafarma de Castanhal, e da loja Y. Yamada de Capanema.

Os presos que seriam resgatados foram conduzidos para a delegacia para prestarem depoimento, DAVID MACAMBIRA CAMPELO ARAÚJO, 23 anos, que responde a vários roubos de farmácias em Capanema, Castanhal e Região Metropolitana de Belém; e CLEITON DA SIVA BENÍCIO, 29 anos, preso por homicídio em Bonito.

Trata-se de uma associação criminosa especializada em roubos a estabelecimentos comerciais localizados na capital e no interior do estado.

Prefeito Adamor quita salários de todas as secretarias nesta sexta-feira

O Prefeito Adamor Aires quitou nesta sexta-feira, 12, os salários dos trabalhadores, efetivos e temporários, de todas as secretarias - cujas folhas de pagamentos são vinculadas aos recursos do FPM [Fundo de Participação dos Municípios] - referentes ao mês de janeiro já com base no novo salário mínimo que é de R$ 880,00.

O dinheiro já encontra-se devidamente depositado na conta-salário de cada servidor e estará disponível para saque na agência do Banpará de Santa Luzia amanhã, sábado.

A propósito, apenas a título de informação vale ressaltar que o Prefeito Adamor Aires quitou os salários da Educação - Fundeb 60% e 40% - no início do mês de fevereiro incluindo o adicional de férias de dois terços para os professores e o novo valor do salário mínimo para os demais servidores, isso sem falar em um abono extra pago no final de janeiro para todos os professores.

Portanto, ao contrário do que pregam as más línguas, que torcem de modo ferrenho contra o povo de Santa Luzia, o Governo Adamor Aires está rigorosamente em dia com as obrigações salariais, inclusive com os direitos trabalhistas referentes a férias, adicionais e abonos, e nada deve.

Carnaluziense 2016 - o melhor carnaval da história de Santa Luzia

"Este foi o melhor carnaval da história de Santa Luzia!"

A frase acima é a mais ouvida em toda Santa Luzia nesse pós-carnaval e define muito bem o sentimento geral de todos que participaram do Carnaluziense 2016, que contemplou os foliões luzienses com uma programação eclética - com atrações que foram do forró ao brega, passando pelo axé sem deixar faltar as velhas e tradicionais marchinhas - organizada pelo Governo Municipal especialmente para a Praça de Eventos Lucas Cavalcante, o mais novo point festivo da City, que pela primeira vez recebeu uma edição da folia carnavalesca.


O prefeito Adamor Aires e o Vice-prefeito Robson, foram sem dúvidas os foliões mais empolgados que participaram das três noites de festa - domingo [07], segunda [08] e terça-feira [09] - divertindo-se no meio do povão e receberam muitos elogios por conta da organização impecável do evento que em nada deixou a desejar, agradando em cheio "gregos e troianos". O público presente, mais de 5 mil pessoas por noite, segundo a organização, se esbaldou ao som das melhores bandas do estado com muita segurança, que fez jus ao lema da festa "Carnaval da paz, é Santa Luzia que faz!".

Um batalhão de seguranças particulares, as polícias Civil e Militar e o Conselho Tutelar garantiram a tranquilidade da festa sem nenhum registro relevante de violência, por que os agentes estavam atentos ao menor sinal de alteração no meio da multidão e agiam rapidamente para conter um ou outro exaltado que passava da conta motivado pelo consumo de bebida alcoólica. Além do esquema de segurança, os foliões tinham a disposição um posto de atendimento montado pela Secretaria de Saúde com vários profissionais de plantão, distribuição de preservativos e ambulâncias a postos para qualquer emergência.

Mais uma vez os blocos deram a tônica do Carnaluziense com arrastões que levaram centenas de pessoas para o corredor da folia: os que tiveram maior expressividade, pelo grande número de integrantes, foram "Os Deserdados" [o mais longevo do carnaval de rua em Santa Luzia], "Bloco do Chapéu" [o mais cor de rosa da City, integrado apenas por mulheres] e o "Play Elétrico", que apesar de ainda está engatinhando, foi o bloco que colocou o maior número de foliões na avenida na sua terceira participação superando de longe outras agremiações famosas e badaladas que já foram marcas registradas do carnaval em anos nem tão distantes.

Som para todos os gostos

No palco, a Prefeitura de Santa Luzia procurou valorizar os djs locais e as bandas regionais. Fizeram a alegria do povão os tops djs luzienses Kácio Mix, Gean Sousa, Judson Siqueira, Gabriel Neto e Junynho Oliveira, juntamente com as bandas Fruta Quente, Cabra no Forró, RP2, Xeiro Verde e Forró do Bacana. E claro, não poderia faltar o melhor forrozeiro do Pará, Daniel do Acordeon e sua inseparável sanfona, que abriu o evento e botou todo mundo pra dançar com sua voz marcante logo no primeiro dia.

O carnaval acabou na madrugada da quarta-feira, mas ficou aquele "gostinho de quero mais" para as centenas de foliões que insistiam em não acreditar que a folia tinha chegado ao fim e por isso ainda permaneceram na Praça de Eventos até o raiar do sol apesar do cansaço, com aquele sentimento de "acabou-se o que era doce"...

Fotos: Portal Dia & Noite Por Aí

O apetite de Jordy


O PPS [Partido Popular Socialista], cujo comandante-em-chefe em solo paraense é o deputado federal Arnaldo Jordy, está fortalecendo a sua horta eleitoral com novas adesões e filiações de peso, na sua maioria oriundas dos principais partidos de esquerda, PT e Psol, que fazem oposição ferrenha ao governador tucano, Simão Jatene, aliado de todas as horas de Jordy.

Arnaldo Jordy já arrebanhou quadros importantes das duas legendas para lançar na campanha deste ano. No apagar das luzes de janeiro o prefeito de Bragança, Padre Nelson Magalhães deixou o PT e se filiou no PPS, partido pelo qual vai tentar a reeleição, e em Viseu, Mauro Brito abandonou o PSOL e se mudou de mala e cuia para disputar a prefeitura também pelo PPS.

Em Augusto Corrêa, a prefeita Maria Romana, também eleita pelo PT, tem o apoio do PPS para se reeleger.

Praia de Ajuruteua, em Bragança, sofre com ações das marés e oferece sérios riscos de desabamentos

O Ministério Público Federal recomendou ao prefeito de Bragança, Padre Nelson Magalhães, providências urgentes no sentido de interditar imediatamente os imóveis na praia de Ajuruteua que estão sob risco de desabamento, isolar essas construções e abrigar os moradores. O MPF também pediu atenção redobrada durante o carnaval, quando aumenta o número de banhistas.

O procurador da República Bruno Valente alertou na semana passada que, além de já muito expostas à erosão as estruturas sofreram fortes impactos pela ação das marés e na última terça-feira ocorreu a maior maré de todo o mês de fevereiro, exatamente como tinha previsto a Marinha.

A erosão da praia de Ajuruteua, tema de análises e denúncias de cientistas, vem sendo investigada pelo MPF desde 2015. Dados do Corpo de Bombeiros, do Serviço Geológico do Brasil, da UFPA e da Universidade Federal Rural da Amazônia apontam a urgência de medidas para resguardar as vidas dos moradores e frequentadores do local.

Vídeo - centenas de jovens luzienses participam do Carnaval com Cristo

Pelo oitavo ano consecutivo muitos jovens luzenses resolveram passar o carnaval de maneira diferente, aproveitando a folia de momo para fazer da festa, claro que tem festa, um grande momento de reflexão e aproximação com DEUS. Os foliões de Cristo, participaram do Luzifest - o tradicional Carnaval com Cristo - organizado pela Paróquia de Santa Luzia, no Sítio do Padre, com uma programação especial que incluiu atividades religiosas e culturais durante os três dias de retiro espiritual comandado pelo pároco Elias Sousa.

A ideia da organização do Luzifest é oferecer aos jovens de Santa Luzia uma nova forma de curtir o carnaval sem perder a alegria. O ponto alto da programação do Luzifest foi o tradicional arrastão do bloco Somos de Deus no corredor da folia embalado pelos acordes de cantores de músicas católicas no trio elétrico Uirapuru.

Vídeo: Dinho Oliveira

Mais uma importante liderança vinda da oposição adere ao Governo Adamor Aires

No último sábado uma das mais expressivas lideranças do interior do município, que sempre militou ao lado da oposição, aderiu ao grupo político liderado pelo Prefeito Adamor Aires em Santa Luzia, a Família 22. Trata-se do líder comunitário Márcio da Estiva que nas últimas eleições municipais concorreu a uma vaga de vereador, sem êxito mas com votação significativa, ao lado do candidato derrotado, Edno Alves, pelo PMDB.

Márcio assinou ficha de filiação do PR [Partido da República] abonada pelos presidentes estadual, deputado Lúcio Vale, e municipal, vereador Orley Soares, da legenda e pelo Prefeito Adamor Aires, principal fiador de mais essa adesão, que iniciou as conversas com o ex-integrante da oposição ainda no ano passado. A cerimônia de filiação de Márcio e de alguns apoiadores da sua pré-candidatura à vereador aconteceu na manhã do último sábado [06] na residência do Prefeito Adamor.

A adesão de Márcio da Estiva ao Governo Adamor Aires é mais significativa ainda por que ele foi um dos principais quadros do PMDB na campanha de 2012 e esteve na linha de frente da campanha do empresário Edno Alves, fragorosamente derrotado pelo Prefeito Adamor. Essa nova aquisição do Governo Adamor, escancara a liderança do Prefeito e sua capacidade de administrar que deu outra cara ao município com excelentes serviços prestados ao povo luziense, sem falar nas dezenas de obras que estão transformando a paisagem de Santa Luzia e conquistando até quem antes lhe fazia oposição.


Ônibus que faz transporte para o Guajará sofre acidente na estrada do Japim na tarde desta segunda-feira

Um ônibus de propriedade de um senhor conhecido como Horácio que faz linha diariamente entre a localidade do Guajará - no município de Viseu - e Capanema, passando por Santa Luzia, onde fica boa parte dos passageiros, tombou próximo a localidade do Japim na tarde desta segunda-feira por volta das 14:30 hs.

De acordo com informações da Polícia Militar do posto de atendimento da localidade do Km 74 da Pará/Maranhão não houve vítimas fatais, apenas feridos com escoriações leves que receberam atendimento no posto de saúde do 74 mesmo.


Prefito Adamor Aires quita folha salarial da Educação - Fundeb 60 e 40 - integralmente, já com os novos valores do Piso Nacional do Magistério e o novo reajuste do salário mínimo e injeta mais de R$ 1,3 milhão na praça


O Prefeito Adamor Aires quitou integralmente nesta sexta-feira, 05, a folha de pagamento referente ao mês de janeiro de todos os servidores da Educação cujos salários são vinculados aos recursos do Fundeb - 60% [professores] e 40% [pessoal de apoio e operacional] - com os salários já corrigidos pelo Piso Nacional do Magistério [para os professores], cujo novo valor é de R$ 2.135,64, e pelo novo valor do salário mínimo [para o pessoal de apoio e operacional] que é de R$ 880,0 injetando na praça mais R$ 1,3 milhão [um milhão e trezentos mil reais] durante a festa de carnaval.

Na contramão da crise e para desespero daqueles que torcem contra o povo luziense, o Prefeito Adamor mostra que é possível trabalhar honestamente e com muita competência driblar as dificuldades para trabalhar em prol do seu povo.

Confirmado - Prefeito Adamor Aires quita salários dos servidores da Educação que recebem pelo Fundeb-40 neste sábado

A tesouraria da Semed [Secretaria Municipal de Educação] entrou em contato para informar que os salários dos trabalhadores da Educação que recebem através dos recursos do Fundeb-40 [pessoal de apoio e operacional, efetivos e temporários] já estão devidamente depositados na conta-salário de cada servidor e disponíveis para saques na agência do Banpará de Santa Luzia na manhã deste sábado, 06.

Apenas a título de informação, a folha de pagamento dos professores, cujos vencimentos são vinculados aos recursos do Fundeb-60, está sendo quitada nesta sexta-feira, 05.

Prefeito Adamor quita salários de janeiro dos professores - mais adicional de férias - nesta sexta-feira já com o novo Piso Nacional do Magistério


O Prefeito Adamor Aires quitará nesta sexta-feira, 05, a folha de pagamento dos professores referente ao mês de janeiro já incluídos os 15% de adicional de férias e com o novo valor do Piso Nacional do Magistério que é de R$ 2.135,64.

Com mais essa ação, o Prefeito Adamor demonstra o respeito do seu Governo com a classe do magistério que no finalzinho do mês de janeiro também foi contemplada com um abono. Vale ressaltar que Santa Luzia é um dos pouco municípios paraenses que seguem à risca a política salarial do governo federal pagando integralmente o Piso Nacional do Magistério, desde o início do Governo Adamor em 2013.

Os valores já foram depositados na conta-salário de cada servidor e estará disponível para saque amanhã na agência do Banpará de Santa Luzia.

Jader Barbalho deverá ser o próximo alvo da operação lava Jato


Grandes veículos de comunicação que cobrem o dia a dia da política em Brasília dão como certo que os senadores Jader Barbalho e Renan Calheiros, presidente do Senado, e o senador licenciado e ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga - todos do PMDB - são os próximos alvos da operação Lava Jato.

A aposta de uma visita do "Japonês da Federal", o agente Newton Ishii, às empresas de Jader Barbalho em Belém é grande.

Em tempo

Já é carnaval
O clima de carnaval já é reinante na City com a movimentação dos blocos e dos foliões que esperam anciosamente a folia de Momo que será embalada pela mega programação montada pela Prefeitura Municipal - Governo Adamor Aires - para o tradicional Carnaluziense que em 2016 chega à vigésima edição. Serão três dias de muita festa na Praça de Eventos Lucas Cavalcante com as melhores bandas do circuito musical paraense.


O melhor carnaval da região
As atrações do Carnaluziense 2016 foram escolhidas a dedo pelo Governo Municipal e sem sombras de dúvidas será o melhor carnaval de toda a região da Pará/Maranhão, quiçá do nordeste paraense, graças aos muitos esforços do Prefeito Adamor preocupado em fazer um carnaval de qualidade para o seu povo, apesar da grave crise econômica que afeta mortalmente as finanças do município. Se comparada com municípios vizinhos - Capanema, Cachoeira do Piriá, Ourém, Capitão Poço e Bragança - Santa Luzia está anos luz à frente proporcionando uma grande programação carnavalesca para o seu povo, com atrações infinitamente superior às dos municípios citados.

A crise é grave
Grande parte dos municípios vizinhos deixou de fazer o carnaval alegando a falta de dinheiro por conta da crise, o que é uma grande verdade. A propósito, a choradeira não é de hoje: no finalzinho do ano passado enquanto Santa Luzia comemorou aniversário de emancipação política com uma festa de arromba, sob os acordes da maior aparelhagem sonora do Pará, o Super Pop, Cachoeira do Piriá e Capitão Poço que comemoram aniversário na mesma época, geralmente com atrações de relevância nacional, contratadas a peso de ouro, não foram além de uma tímida programação com atrações praticamente caseiras.

Apesar da crise
Santa Luzia além de proporcionar o melhor carnaval da região também é um dos poucos municípios que está honrando seus compromissos salariais com a folha de pagamento rigorosamente em dia - incluindo o 13º salário e um abono pago aos professores no finalzinho de janeiro - enquanto muitos municípios tiveram dificuldades para quitar o pagamento de dezembro e até o presente momento ainda têm pendências financeiras com o funcionalismo por conta da crise que todos alegam. Como pode se ver, apesar das mentiras da oposição que ataca o Governo Adamor injustamente com boatos caluniosos, Santa Luzia está em melhor situação que muitos e ainda executando mais de uma dezena de obras de grande importância para o povo luziense.

O choro é livre, mas...
O exercício da oposição é salutar e necessário em qualquer regime democrático de direito exateamente para que se tenha um equilíbrio na correlação das forças políticas em qualquer ambiente, porém é de extrema importância destacar que fazer oposição de maneira irresponsável baseado na mentira e na calúnia apenas com o objetivo de desqualificar o "inimigo" a qualquer preço é uma ato criminoso que merece ser repudiado, até por que a mentira tem pernas curtas e a verdade dos fatos sempre vem à tona desnudando o mentiroso caluniador. Em Santa Luzia, as viúvas do finado governo petista de Louro, Gedson, Lúcia Machado & Cia, ávidas pelo retorno para a sua zona de conforto - de onde foram apeadas primeiro pela justiça e depois pelo voto dos luzienses - agora falam, comem e respiram pela boca de certa figurinha de conduta nada ilibada [escondida atrás da covardia de um fake] que sobrevive fazendo negócios escusos no silêncio das horas tardias da noite, mas que durante o dia vive a destilar todo o seu ódio espalhando boatos e contando mentiras nas redes sociais na tentativa de desconstruir o excelente trabalho conduzido pelo Prefeito Adamor, que tanto incomoda os inimigos do povo luziense. Porém, as investidas da mula do tráfico não tem surtido efeito por que o povo não é bobo e não acredita nas mentiras forjadas sob o efeito de substâncias proibidas...

Inverno
Finalmente o tão esperado inverno amazônico chegou e já está dando a tônica em Santa Luzia com chuvas praticamente quase todos os dias, e o dia todo. Apesar das precipitações pluviométricas de grande intensidade que atingem Santa Luzia desde a última semana de janeiro, todas as previsões meteorológicas indicam chuvas muito abaixo do normal para a região nordeste do estado do Pará, na qual Santa Luzia está inserida, em 2016. O registro abaixo foi feito no final de semana passado no centro financeiro de Santa Luzia.


Filho de peixe...
O jovem e competente advogado Pedro Oliveira, primogênito do também não menos competente advogado, Adamor Aires, que vem a ser o Prefeito de Santa Luzia, foi empossado na semana passada na presidência da Comissão Especial de Direito Eleitoral da OAB-PA [Ordem dos Advogados do Brasil, seção Pará], que tem entre as suas atribuições a prerrogativa de acompanhar, auxiliar e fiscalizar os procedimentos da Justiça Eleitoral. Pedro, é especialista em Direito Eleitoral pela PUC-MG [Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais] e está cursando mestrado na mesma área na Escola de Direito do Cesupa [Centro Universitário do Estado do Pará], além de integrar, à convite, o corpo docente do curso de Especialização em Direito Eleitoral da Unama [Universidade da Amazônia]. Currículo e competência é o que não lhe faltam...



Pede pra sair!
Padre Nelson Magalhães, prefeito de Bragança, abandonou a nau petista no último dia 15, quando assinou sua desfiliação, e atravessou a linha da fronteira da oposição para se abrigar de mala e cuia no PPS, aliado de primeira hora dos tucanos. O que se comenta nos bastidores é que agora fora do PT o padre-prefeito vai pedir o lugar dos antigos companheiros de legenda para abrigar os novos aliados, o que é natural em momentos de transição política, e neste caso, ideológica também. Aí surge a pergunta que não quer calar: - Como fica a situação da petezada de Santa Luzia que correu para se pendurar nas tetas da prefeitura de Bragança após ser escorraçada nas urnas em 2012? Pelo que se sabe meio mundo de ex-integrantes do finado governo petista de Louro, Gedson, Lúcia Machado & Cia está aboletado em cargos comissionados ou de direção sob o guarda-chuva da administração Nelson Magalhães.

E ainda vai piorar
A situação das prefeitura que já não é nada boa só tende a piorar, e muito ainda em 2016, por conta da queda nos repasses de recursos da União para os municípios que desde o ano passado quando foi deflagrada a crise, vêm enfrentando sérios problemas financeiros. Só para se ter uma ideia o repasse do FPM [Fundo de Participação dos Municípios] no mês de janeiro caiu 20,15% em relação ao mesmo período do ano passado. Não é nada, mas isso representa menos dinheiro para os municípios o que obriga os prefeitos a adotarem medidas drásticas e impopulares, como demissões e cortes em investimentos em setores vitais como Saúde e Educação, por exemplo, tão caras à população. É importante ressaltar que a queda nominal dos repasses é extremamente prejudicial aos gestores, pois reduz efetivamente o valor repassado aos municípios já que apenas as prefeituras têm o ônus de lidar com a inflação.