Prefeitura de Capanema lança concurso para 362 vagas com salários que podem chegar a R$ 2.040,00


A Prefeitura de Capanema lançou novo concurso público [nº 001/2016] para contratação de 362 novos servidores de ensino fundamental, médio e superior, mais o cadastro de reservas.

Os salários ofertados vão de R$ 880,00 a R$ 2.040,00 em carga horária de até 40 horas por semana.

Os cargos com vagas são: Auxiliar de Mecânico, Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar de Serviços Urbanos, Carpinteiro, Coveiro, Pedreiro, Servente de Pedreiro, Soldador, Vigia, Eletricista Predial, Encanador, Mecânico de Máquinas e Veículos, Motorista, Operador de Máquinas, Pintor, Agente de Vigilância Sanitária, Auxiliar de Saúde Bucal, Motorista de Caminhão, Recepcionista, Agente de Fiscalização, Agente de Tributos, Assistente Administrativo, Auxiliar Técnico em Computação, Guarda Municipal, Secretário de Escola, Técnico Agrícola, Técnico em Computação, Técnico em Edificações, Técnico em Enfermagem, Técnico em Laboratório Médico, Técnico em Radiologia Médica, Assistente Social, Enfermeiro, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Civil, Farmacêutico/Bioquímico, Fisioterapeuta, Médico, Médico Veterinário, Odontólogo, Psicólogo, Técnico Pedagógico e Professor Educação Básica I.

INSCRIÇÕES E TAXAS
As inscrições serão aceitas no período de 11 de outubro a 7 de novembro de 2016, pela internet, no endereço eletrônico, e valor da taxa varia de R$ 50,00, R$ 70,00 e R$ 90,00.

Os candidatos devidamente inscritos no concurso público 001/2015 da Prefeitura Municipal de Capanema e que não solicitaram a restituição da taxa de inscrição, deverão revalidar sua inscrição pelo site, no período de recebimento das inscrições.

O concurso será composto de prova escrita objetiva e análise de títulos. A realização da prova objetiva está prevista para ser aplicada nos dias 19 e 20 de novembro de 2016, em local e horário a serem oportunamente divulgados.

A validade do concurso será de dois anos, contados da data da homologação de seu resultado, prorrogável por até dois anos.

Fonte: Diário do Pará Online

Comentários