WHAT'S NEW?
Loading...

Prestígio

Ontem a noite fui até a lanchonete Macaxeira's e encontrei muitos dos meus diletos amigos da city.

Passei por várias mesas bati papo e tomei uma cervejinha gelada com vários deles e entre uma conversa e outra sempre alguém elogiava este blog dizendo:

- Olha, o fulano de tal lê o blog todo dia.

Outro emendava: - Meu irmão de São Paulo também lê e gosta muito...

E assim foram surgindo vários comentários confirmando o que eu já sabia desde que me embrenhei nessa jornada prazerosa que tem como objetivo principal divulgar nossa cidade para todos que, assim como eu, amam a Cidade Morena.

Eu sei que Tião Oliveira (Vereador eleito - PR) lê este blog, assegura-me o próprio. A assessoria do deputado Adamor (PR) nos acompanha diariamente seja do seu gabinete em Belém ou aqui mesmo na cidade. O vereador Nenenzão (PTB) sempre dá uma passadinha por aqui desde que conheceu este espaço. E não poderia deixar de citar o empresário Edinaldo Lucena que lá do Maranhão sempre nos honra com suas visitas. A maioria dos professores da Florentina também estão sempre antenados com o que rola neste blog assim como boa parte dos intelectuais de Santa Luzia, outras lideranças menos importantes e o povão, é claro.

O apedeuta? Bem ele nem sabe o que é isso, mas membros graduados do alto escalão nos prestigiam diariamente com suas visitas para saber das últimas novidades.

Todos, sem exceção, gentilíssimas.

Tragédia

Isso mesmo. Foi o que aconteceu ontem no final da tarde com o aluno Francisco Melo do 1° ano do ensino médio da escola Florentina Damasceno. Depois de uma discussão banal com outro aluno, de nome Adriano, também do 1° ano da referida escola foram às vias de fato no momento em que chegavam na comunidade da Estiva onde residem.

Segundo informações de outros alunos que testemunharam o episódio Adriano, que é praticante de artes marciais, começou a insultar verbalmente um garoto primo de Francisco Melo que também se ofendeu e foi tirar satisfações com Adriano que lhe deferiu vários socos no rosto e na cabeça vindo a quebrar-lhe o pescoço provocando o óbito instantâneo de Francisco.

Toda a comunidade escolar está enlutada e perplexa com a fatalidade, pois até então Adriano (menor de idade) nunca tinha apresentado desvio de comportamento e tamanha agressividade. Sendo descrito por alguns colegas que o conhecem de longa data como um garoto calmo e até tímido.

Indo pelo ralo

Um importante burocrata, daqueles que adora um gabinete com ar condicionado, da prefeitura municipal de Santa Luzia em conversa informal falou a uma fonte fidedigna do blog que não sabe mais onde buscar notas fiscais (frias é claro) para justificar o sumidouro dos escassos recursos municipais que foram usados na campanha de reeleição do apedeuta.

Realmente deve ser muito difícil conseguir recibos para "cobrir a fortuna" que foi gasta nas mais vis negociatas que compraram o maior patrimônio do povo: o respeito à sua vontade soberana de escolha.

Os tucanos apóiam Juvenil de olho em 2010. Com Jader.

Do excelente blog paraense Espaço Aberto, agora pela manhã:

Engana-se quem pensa que a adesão dos tucanos à candidatura do deputado peemedebista Domingos Juvenil a presidente, em segundo mandato, vai se limitar aos restritos círculos de uma eleição para escolher a nova Mesa Diretora da Assembléia Legislativa (na foto acima, o plenário da Casa).

Engana-se redondamente quem pensa assim. Essa aliança é um aperitivo para o que ainda virá. E o que virá, tudo indica, é uma aliança entre PSDB e PMDB para o governo do Estado em 2010.

Uma aliança que teria Simão Jatene (PSDB) para o governo do Estado, o atual prefeito peemedebista de Ananindeua, Helder Barbalho (PMDB), para vice e o deputado Jader Barbalho, presidente regional do PMDB, como candidato a uma vaga ao Senado Federal.

Para ontem à tarde, aliás, especulava-se que Jader e Jatene se encontrariam. Oficialmente e primordialmente, tratariam sobre os últimos detalhes acerca da eleição para a Mesa da Assembléia.

Quando acabassem de tratar sobre esse assunto específico, falariam sobre o quê? Vocês acham que Jader e Jatene falariam sobre o quê? Sobre um meio de salvar Remo e Paysandu, condenados à bancarrota? Sobre a última pesquisa referente às conseqüências do efeito estufa na estrutura geológica do fundo dos mares? Sobre a possibilidade de o Íbis, o pior time do mundo, vir um dia a disputar o campeonato mundial de clubes? O que vocês acham que Jader e Jatene discutiriam antes, durante e depois de conversarem sobre a questão da Assembléia?

O blogger, vale dizer, não conseguiu confirmar se o encontro houve e se ambos se encontraram pessoalmente ou se falaram apenas por telefone.

Mas não há dúvidas de que Jader e Jatene, mais cedo ou mais tarde, se encontrarão. Se é que já não se encontraram mesmo.

Os bigodes são apenas um detalhe

Os deputados do PSDB não embarcaram na candidatura Carmona porque se encantaram, digamos, com os bigodes bem aparados do atual presidente da Assembléia. Pode até ser também por isso, mas não simplesmente por isso. É que o apoio a Juvenil sinaliza os meios que vão garantir a viabilização das despesas com a eleição de candidatos tucanos em 2010.

É que o apoio a Juvenil sinaliza os meios que vão garantir receita para as eleições de 2010, afinal o já gordo orçamento da Assembléia Legislativa vai aumentar ainda mais no ano que vem.

- “Quando Ana Júlia acordar, será tarde demais. A bancada do PT é totalmente desagregada, cada um por si e Deus por todos”. Diz uma fonte antenadíssima ao blogger.

E ainda cita um exemplo, apenas um:

- “O Faleiro [Airton Faleiro, líder da bancada do governo na AL] é simpático, mas não lidera ninguém, menos ainda as ditas bancadas de sustentação ao governo”.

Registre-se. Para que se possa conferir mais tarde.

I Encontro dos Internautas de Santa Luzia

Por motivos de compatibilidade de agenda dos participantes, o I Encontro dos Internautas de Santa Luzia será realizado nesta sexta feira 28.

I Encontro dos Internautas de Santa Luzia do Pará, sexta feira 28 de novembro, na lanchonete Ki bom.

Hora: 20 hs

Obs.: Convites com a coordenação

Apoio: Blog Santa Luzia On-line


Jamilson - um ano de saudades

Nesta sexta feira 29, estará completando um ano de falecimento de um dos filhos mais queridos desta Terra. Foi exatamente nesta data, num trágico acidente, que o velho amigo JAMILSON nos deixou.

Sua saída brusca deste plano ainda causa muita dor nos seus familiares e amigos que ainda não aprenderam a conviver com a saudade.

Jamilson! O sonho não acabou...

Política

Dia desses em conversa com uma velha raposa de várias políticas, ouvi essa:

- Nesta eleição o grupo da Família Oliveira saiu mais fortalecido do que nunca e soube bem conquistar o coração dos luzienses durante a campanha. Mas faltou um pouco mais de agressividade (política é claro) contra o adversário permitindo-lhe usar os artifícios mais escusos para conquistar a prefeitura numa traição jamais vista com o povo.

É meus amigos quando eles gritam aos quatro cantos do município que a oposição é desonesta, na verdade estão querendo transferir para os outros aquilo que todo mundo sabe que é a qualidade exclusiva deles.

Vaqueijada

Nos dias 12 e 13 de dezembro, por ocasião do arraial, estará acontecendo a I vaqueijada de Santa Luzia do Pará num parque montado ao lado do club da Piscina especialmente para o evento.

É uma realização da pecuarista D. Vera e amigos que acalentavam esse sonho antigo agora transformado em realidade.

Já tem dezenas de cartazes espalhados pela cidade, presenças confirmadas de amantes do esporte de toda região e expectativa grande dos cowboys luzienses que vão disputar a primeira vaqueijada 'em casa'.

D. Vera é uma mulher à frente do seu tempo e com grande visão empreendedora.

Parabéns pela iniciativa.

Parque

O clima de arraial definitivamente já tomou conta da cidade. Aquele parque velho e horrível de todos os anos já desembarcou na praça da Matriz como sempre.

Mas como já virou tradição o nosso velho e bom arraial não seria o mesmo sem ele para animar um pouco mais nossa pacata Santa Luzia do Pará.

Inauguração

Neste último final de semana foi inaugurado mais um empreendimento comercial na Cidade Morena.

Genuinamente luziense, a loja de móveis e eletrodomésticos "Santa Luzia" é de propriedade do empresário Henrique (vulgo Bode) e foi inaugurada em grande estilo com direito a uma seresta com Wellinton dos Teclados, o melhor seresteiro da cidade.

E o blogger estava lá para conferir, é claro.

Capitão Poço

Durante toda semana passada estive na Terra da Laranja por motivos profissionais e o que se pode observar na população é a euforia nesse período pós eleitoral onde os pocensses elegeram a primeira mulher que vai comandar seus destinos pelos próximos quatro anos.

Trata-se da jovem Diana Belo de apenas 26 anos esposa do ex prefeito Raimundo Belo que já comandou o município por dois mandatos.

Aliás, Raimundo Belo está com toda corda por lá depois deste feito inédito e muito provavelmente sairá candidato a deputado estadual em 2010 com reais chances de alcançar uma vaga no legislativo estadual.

Feira de ciências

A escola Florentina Damasceno realiza nesta sexta feira sua "VII Feira de Ciências" do ensino médio com o tema: A vida e os saberes escolares no contexto do mundo da globalização.

É uma iniciativa das direções passadas e atual e dos professores que deu tão certo que agora chega a sétima edição com muitos projetos a serem mostrados ao público que se fará presente ao evento.

Parabéns à direção, alunos e professores que a cada dia fazem a educação acontecer neste município.

Milionários

Conforme declarações de bens apresentadas à Justiça Eleitoral, os cinco prefeitos eleitos mais ricos do Pará são do sul e sudeste do Estado.

São eles: Antônio Levino (São Félix do Xingu) com patrimônio de R$ 24 milhões, Waltinho do Ouro (Rio Maria) com R$ 13 milhões, Luciano Guedes (Pau D’Arco) com R$ 11 milhões, Celso Cardoso (Tucumã) com R$ 10 milhões e Joaquim Eldorado (Dom Eliseu) com 3,9 milhões.

Primo pobre

Entre os prefeitos mais pobres, apenas um da região: Manoel Josino (PT), de Sapucaia, com patrimônio declarado de apenas R$ 12 mil. Os dados foram levantados por um jornal da capital e publicados no último domingo.

É bom lembrar que, apesar do rigor da legislação eleitoral, deve haver ainda, muita gente declarando menos do que realmente possui.

Somos exemplo

Parece até piada mas não é que o Pará é um exemplo no Congresso, pelo menos no que diz a troca de partidos, ou fidelidade partidária.Segundo uma revista semanal nenhuma das nossas excelências corre o risco de perder o pescoço por conta da infidelidade.

Carta de Gerson Perez (dep. federal) para Ana Júlia (governadora)

Vale a pena ler o artigo do deputado federal Gerson Peres (PP-PA), publicado em O LIBERAL deste domingo.

O título é “Carta a Ana”.

Ana, no caso, é Ana Júlia Carepa, governadora do Estado.

Ana, no caso, é Ana Júlia Carepa, a governadora que, presume-se, não estaria sabendo do que se passa nos escalões médios e inferiores de seu governo.

Mas, sinceramente, você acredita mesmo que ela não saiba? Leia antes, responda depois.

Carta a Ana
GERSON PERES
Como é difícil falar com você. Pensei muito antes de abordar o delicado assunto das exonerações na administração ao Estado.
É, na realidade, uma ação que decorre de ordem judicial, intentada pelo zelo do Ministério Público no cumprimento do art. 37 da Constituição Federal (CF), pelo qual os temporários devem ser substituídos pelos concursados. Ficaria silencioso, cara governadora, se não me chegassem ao gabinete, na Câmara, dezenas de reclamações provando-me que a burocracia de seu governo está tirando temporários e contratando para o mesmo lugar, por prazo determinado, outros temporários.
Quero acreditar no seu desconhecimento de atos tão graves não só contra o preceito constitucional como desrespeitoso à determinação judicial, à sua própria imagem e ao que você fala e nos agrada, que seu governo é transparente, correto, operante e sem perseguição.
Creia-me que estas poucas linhas substituem o que milhares de pessoas gostariam, respeitosamente, dizer-lhe. Acorde. Estão demitindo temporário e para o mesmo lugar nomeando temporário.
É preciso esclarecer isso, pois ante as provas que possuo, é que os atos de demissão e de nova contratação retratam, em muitos casos, o que você tanto combate e demonstra com sinceridade que abomina: a perseguição política. Acorde. Os que estão fazendo isso em seu governo e lhe afirmam ser seus amigos.
Sim, acorde. Você não precisa mais ter inimigos. Estes que o cercam, praticando atos dessa natureza, ficariam melhor distantes de você. É deprimente. Em conta-gotas, estão fazendo esses atos, enquanto você está realizando concursos para atender ao preceito constitucional e, desse modo, ir acabando com a politicagem das perseguições.
Essa fase está sendo ultrapassada. Mande levantar os atos de demissão e contratação de temporários sobre temporários. Há fatos, governadora, em que se tira o servidor somente para perseguir por não ter seguido a orientação política das últimas eleições municipais.
Sei que é uma conversa que a irrita. Resolvi, mesmo irritando-a, escrever-lhe, respeitosamente e francamente, para pedir-lhe: não concorde com estas ações, sobretudo às vésperas do Natal e Ano-Novo!
Penso que os servidores temporários já estão conscientes e sem mágoas, para receber em seus lugares os concursados. São, porém, humilhados e injustiçados quando constatam que em seu lugar entra um novo temporário.
Cara Ana, ponha o dedo no suspiro desses tipos de ações em seu governo. Seu silêncio será doloroso.
É bom vê-la tão entusiasmada por ações superiores de trabalho e justiça social. Na realidade, os que lhe falam que ajudam seu governo neste caso solapam-lhe a credibilidade em nome da vingança furiosa pela primeira derrota. Não permita.
Gerson Peres é professor e deputado federal

Fora do ar

Caros leitores!

A partir dessa quarta feira até o próximo final de semana o blog ficará sem atualizações.

Motivo: o poster estará fora da cidade por motivos profissionais.

Novas postagens somente a partir do próximo domingo...

Obrigado.

I Encontro dos Internautas de Santa Luzia



Vem aí o I Encontro dos Internautas de Santa Luzia do Pará

Categorias

- Blogs

- Fotologs

- Orkut's

- Comunidades


Data: 29 de novembro de 2008

Local: Lanchonete Ki Bom

Hora: 20 hs

Apoio: Blog Santa Luzia On-line

Para começar bem a semana...

Para matar a saudade dos filhos desta terra que encontram-se distantes. Nossa velha e boa feira.

Happy hour

O restaurante e lanchonete Ki Bom está de vento em popa nas tranquilas noites luzienses e finais de semana atraindo um público bem diversificado.
O ambiente transformou-se no point favorito da nova geração e da velha guarda para horas descontraídas de bate papo embalado pela boa música e regado à muita cerveja "redonda".
Também pudera, o lugar é excelente, o atendimento é de primeiríssima sem se falar no cardápio que traz maravilhas como tira-gosto.

Trilha

O proprietário da loja de motopeças Gavião Motos, o Gavião, juntamente com amigos está organizando mais uma trilha de motociclismo em Santa Luzia que será realizada no último fim de semana do mês pela ocasião do Círio da comunidade do Tentugal.
Essa modalidade já faz parte da vida desportiva da cidade há pelo menos uns quatro anos quando o saudoso Jamilson, Didi, Edno e amigos do antigo Motão organizaram a I Trilha das Cinzas que se repete todos os anos no final de semana subsequente ao Carnaval e a realização de outras esporadicamente ao longo do ano, assim como essa.
Como um dos esportes mais democráticos a trilha atrai praticantes de todas as idades e classes sociais numa verdadeira celebração à liberdade onde a única lei é quanto mais sujo de lama melhor.

Falando em Círio

No último final de semana do mês de novembro a comunidade do Tentugal celebra o Círio mais antigo do município e um dos mais tradicionais da região atraindo milhares de pessoas de cidades vizinhas numa grande romaria pela estrada que liga a BR-316 à vila em homenagem dedicada à Mãe do Salvador.
As dezenas de ônibus que chegam ao Tentugal lotados de pessoas, vindas principalmente de Bragança, não vêm apenas venerar Nª. Srª. de Nazaré, mas curtir o lado profano da festa que acontece às margens do rio Caeté onde rola muita música nas aparelhagens de grande porte nas festas dançantes e nos vários sons automotivos espalhados pela faixa de areia que margeia o rio.
Tudo isso regado com muita cerveja.

Comentário

Na caixinha de comentários do artigo "Ensaio sobre a cegueira - em Santa Luzia", recebi um comentário do amigo Tião Oliveira, vereador eleito e membro do G-5 na próxima legislatura. Transcrevo logo abaixo o excelente comentário:

"Amigo Reinaldo:

Neste excelente texto, acrescento que o PT é fruto de uma grande mentira orquestrado por um grupo de controladores do poder que, infinitamente, fazem uma lavagem cerebral na cabeça dos mais humildes.

O negócio Petista é repetir uma mentira até que ela se torne verdade. A mentira do PT é abrangente e tem origem numa ideologia meio perturbada. Por exemplo: mostre um acampamento do MST com crianças descalças e depois uma grande área com soja e diga que o agronegócio rico fez aqueles pobres. É mentira. A origem, no entanto, é a suposição estúpida, mas convicta em sua estupidez, de que, se todo mundo tivesse um pedaço de terra, o mundo seria um paraíso. Não seria: a humanidade estaria reduzida à metade, vitimada pela fome.

Santa Luzia, infelizmente, ainda sucumbe à estas mentiras e se entrega à promessas de uma dúzia de bandidos que, munidos do dinheiro público, compra e ameaça a nossa população. Espero que, em futuro próximo, possamos nos livrar deste mal que teima em governar nosso Município.

Tião Oliveira."

De panfleto político à condição de maior - jornal O liberal completa 62 anos

Quem leu a edição do jornal O Liberal de hoje conheceu toda a sua histaória desde a fundação nas várias reportagens que foram publicadas em comemoração ao seu aniversário de 62 anos. Abaixo transcrevo uma que conta um pouco da saga do maior jornal impresso do estado.

O 62º aniversário de O LIBERAL tem a marca da ousadia dos homens e do avanço da tecnologia. Criado para ser apenas 'o órgão oficial do PSD', em 1946, o jornal foi além de seu destino e se transformou no mais importante veículo da mídia impressa no Norte e Nordeste do País. Nas mãos de Romulo Maiorana, que o adquiriu do engenheiro Ocyr Proença, em 1966, O LIBERAL não demorou para conhecer as maravilhas da modernidade. Foi o primeiro jornal do Pará a ser impresso no sistema off-set e pioneiro na utilização da informática.

Administrado, há 22 anos, pelo filho mais velho de Romulo Maiorana, Romulo Maiorana Jr., e por seus irmãos, O LIBERAL vive seu terceiro ciclo histórico, depois de 20 anos com os baratistas e mais 20 com o criador das Organizações RM, escrevendo, todos os dias, a história de nossa terra e imprimindo-a com uma qualidade que apenas os grandes jornais do planeta podem exibir.

Parte da história de O LIBERAL está contada a partir da tecnologia empregada - ao longo desses 62 anos - para a confecção do jornal. Para contá-la, foi convidado o professor e jornalista João Carlos Pereira. Ele começou sua vida profissional, em jornal, no ano de 1982, em O LIBERAL. Aqui, trabalhou como copidesque e, logo depois, como repórter e editor. Hoje, assina, às segundas-feiras, a crônica da coluna 'Bom Dia', e faz reportagens especiais.

João Carlos é professor universitário e pertence ao Conselho Estadual de Cultura do Pará e à Academia Paraense de Letras (APL). No momento, a convite da empresa, está escrevendo a história de O LIBERAL, o jornal que, como ele sempre diz, mudou a sua vida.

FATOS

No ano em que O LIBERAL veio ao mundo, a Terra ainda se refazia das mazelas da Segunda Guerra. A colônia nipo-brasileira negava-se a crer na derrota do Japão e nem acreditava na bomba atômica. Em 1946, o País ganhou uma nova Constituição, que dirigiu a nação até 1964. Também em 1946, o sisudo Eurico Gaspar Dutra acabou com a alegria do povo, ao fechar os cassinos e ao proibir o jogo do bicho. Os bicheiros e os apostadores sequer tomaram conhecimento da proibição. Mais ou menos assim como hoje.

A jogatina foi proibida, mas as loterias oficiais continuaram funcionando. No Rio de Janeiro, a Polícia abriu fogo contra uma manifestação comunista. Nesse ambiente, surge o partido socialista brasileiro. Os industriais paulistas conseguem que o presidente Dutra crie o Sesi. O mesmo Dutra, com sua cara de poucos amigos, suprimiu o direito de greve. O ano de 1946 viu nascer a Fundação 'Getúlio Vargas' e Artur Bernardes - ex-presidente da República - eleger-se deputado para lutar pela Amazônia.

Nesse mesmo, Francisco Meireles, do Serviço de Proteção aos Índios, conseguiu pacificar os Xavante-Akwe. No Ceará, Antônio Bandeira e Aldemir Martins se preparavam para seduzir Paris e São Paulo. João Guimarães Rosa escolheu 1946 para lançar o livro de contos 'Sagarana'. Monteiro Lobato ganhou reedição de suas obras completas pela Editora Brasiliense. No cinema, Vicente Celestino protagonizou o filme 'O Ébrio', dirigido por sua mulher, Gilda de Abreu.

O grande sucesso do ano trouxe a assinatura de João de Barro e Alberto Ribeiro. Tratava-se de 'Copacabana', interpretada por Dick Farney, que inaugurou o samba-canção, com estes versos: 'Copacabana, princesinha do mar/ pelas manhãs, tu és a vida a cantar/ e à tardinha, o sol poente/ deixa sempre uma saudade na gente...'. No carnaval, ninguém cantava outra coisa a não ser 'O cordão dos puxa-saco', de Roberto Martins e Trajat.

Ocupado com outras informações, sobretudo as políticas, O LIBERAL vivia uma realidade diferente. Os passos de Magalhães Barata e de Moura Carvalho faziam mais sucesso do que qualquer marchinha de carnaval.

PT e PMDB - Rumo a 2010

Sempre por dentro, o jornalista Ronaldo Brasiliense conta em sua coluna Por Dentro, em O LIBERAL deste domingo, que o governo Ana Júlia - ou antes a Democracia Socialista, tendência que dá as cartas no governo petista – está em processo de desembarque da aliança com o PMDB de Jader Barbalho.

Os motivos são aqueles bastante conhecidos e que se resumem em apenas um número, ou melhor, em um ano: 2010. A DS caiu na real e percebeu o que era previsto desde 1º de janeiro de 2007, quando Ana Júlia Carepa tornou-se a primeira mulher a governar o Pará, desbancando 12 anos de sucesivos governos tucanos: que a aliança entre PT e PMDB, como os amores cantados nos versos de Vinicius, seria eterna enquanto durasse, posto que é chama.

E assim está sendo. As eleições municipais de outubro passado, quando Ana Júlia ficou na dela, muitíssimo na dela, enclausurada numa suposta neutralidade que favoreceu o prefeito Duciomar Costa, em desfavor de seu adversário, o peemedebista José Priante, sinalizaram que o governo petista nada faria para encorpar o pirão de Jader.

Pois o que Ronaldo informa é justamente isto: a DS já percebeu que se o rompimento do PT com Jader não ocorrer agora e já, o cacique peemedebista continuará cevando sua influência no governo do Estado por meio dos cargos que o PMDB detém até chegar 2010, quando ele, Jader, se aliará aos tucanos para disputar o governo do Estado com quem... quem... quem...? Para disputar, é claro, com o PT de Ana Júlia, com o PT da DS. Para disputar com o PT, enfim.Esse é mais ou menos o enredo.

Extras

G-5

Em conversas com alguns luzienses bons de política assim como este blogger, surgiu espontaneamente, o nome do bloco de oposição dentro da Câmara Municipal. O G-5. Por que não? É uma analogia ao G-10 na Assembleia Legislativa, do qual o deputado Adamor faz parte, por integrar os cinco vereadores eleitos pela oposição que terão a tarefa de fiscalizar a administração e proteger o povo dos excessos. São eles: Franço (PR), Tião Oliveira (PR), Socorro Saldanha (PR), Neguinho Côco (PMDB) e Nando (PSB).

Política

Já tem gente indo às compras em Santa Luzia, mas calma, não é para o Natal não. Essa gente "séria" está com trinta moedas de ouro tentando comprar vereador eleito pela oposição para reforçar a base de sustentação do (des)governo na eleição da mesa diretora da Câmara Municipal para o exercício 2009/2010. Mas o problema, para o bem do povo, é que eles não estão conseguindo encontrar Judas Iscariotes para comprá-lo dentro do G-5.

Balada

Para os baladeiros de plantão, neste sábado é dia de agito na danceteria Beleza Pura com o Dj Júdson no comando de mais uma grande festa. Fazer o quê? Estaremos por lá...

Clima natalino

Estive hoje na querida e vizinha Capanema onde pude observar que todo o comércio já respira o clima natalino com praticamente todas as lojas e afins decoradas exibindo os símbolos da maior festa cristã no mundo. Muito bonito, mas aqui na Cidade Morena parece que os comerciantes nem sabem o que é o Natal.

Festividade

Mas em compensação aqui já se respira o clima da NOSSA maior festa religiosa, a Festividade de Santa Luzia, que se aproxima. Os cartazes já estão espalhados pela cidade inteira, as novenas estão acontecendo todas as noites nas residências das famílias católicas e as quintas e domingos na Igreja Matriz preparando a família luziense para a grande festa em homenagem à nossa padroeira. E viva Santa Luzia...

O que rola na blogosfera paraense hoje

01- Estou Chegando

O vereador (da cidade de Belém) Alfredo Costa (PT) mandou preparar o terno e a camisa, e já comprou gravata nova para tomar posse na SEDUC, a partir de janeiro. O pessoal que trabalha no seu gabinete na Câmara tem certeza da mudança. O vereador iniciou sua vida política como militante do movimento secundarista no Centro Cívico Honorato Filgueiras, no Paes de Carvalho. Este grande colégio continua sendo a origem de muita gente na política paraense.

02- Tudo é festa

Usando um terno de linho branco já um tanto passado, mas muito sorridente, o agora deputado Bira Barbosa (G9+1) tomou posse hoje de manhã, e declarou estar no Parlamento paraense para fortalecê-lo, juntamente com seus novos colegas. Não passou despercebido o fato de que o novo deputado recebeu efusiva saudação da tribuna do líder do Governo, Aírton Faleiro.

Agora falo EU:

- Bira Barbosa ressurge na Assembleia Legislativa, depois de ostracismo de quase dois anos. Petista na origem, peemedebista enquanto lhe foi conveniente, ingressou no PSDB no governo Jatene por puro fisiologismo, quando os tucanos ainda estavam no poder. Após o fracasso eleitoral de 2006, amargou a suplência da bancada do PSDB. Isso depois de ter presidido a Assembleia e ter sido líder do governo na casa.

Por isso os blogueiros e ninguém confia nele, sabe como é essa gente ligada ao Jáder. Daí a referência ao G9+1 que era o antigo G10 por que somente 9 realmente são fiéis ao grupo, já Bira...

N. P.: Abração ao amigo vereador eleito Tião Oliveira que sempre nos honra com suas visitas e comentários nesse espaço. Uma das pessoas mais lúcidas na política luziense, Tião sem dúvidas é uma grande liderança do G-5.

Frase

Intelectuais que elogiam governos têm algum problema. Provavelmente querem um emprego”.

Gramsci não teria dito melhor a frase acima, mas quem falou foi Demétrio Magnoli, sociólogo e doutor em geografia, nas páginas amrelas da Revista Veja, edição de 05/11/2008.

Agora falo eu: Mas aqui em Santa Luzia eles elogiam por que já têm emprego. E dos bons. Agora são emergentes da nova classe burguesa da cidade.

Oposição e G-10 apresentam as suas credenciais

Acabo de ler no blog Espaço Aberto do Juvêncio Arruda o seguinte artigo:

Oposição e G-10 – ao todo, quase 20 deputados – têm dado uma pequena, pequeníssima demonstração de como serão as coisas para o governo Ana Júlia, daqui para a frente, na Assembléia Legislativa.

Ontem, estavam em pauta para ser votados vários projetos de interesse do Executivo. Um deles pede autorização legislativa para que seja contraído pelo Estado um empréstimo de US$ 26,4 milhões junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para um programa que vai beneficiar vários pólos com potenciais turísticos no Estado, inclusive Santarém e Belterra.

Quantos projetos foram votados? Nenhum. Nem meio. Não houve quórum. A oposição e os integrantes do G-10 se retiraram do plenário na hora agá, diante de um pedido de verificação de quórum feito pelo deputado Alexandre Von, que também subiu para o gabinete.

O G-10 ainda está com o coração – ou corações – por aqui de ressentimentos, depois da vassourada que mandou para a rua mais de 40 assessores ligados aos parlamentares do grupo. A hora do troco está chegando agora.

E ainda vai ter mais, muito mais emoção.Será na eleição para a presidência da Assembléia.

Ensaio sobre a cegueira - em Santa Luzia do Pará


Aquela máxima de que a justiça é cega nunca esteve tão atual em Santa Luzia quanto agora, onde não foi enxergada a vontade do povo declarada através de votação expressiva contra a nova classe burguesa do município negando à população o maior dos direitos democrático, o respeito à sua escolha, pois aqui até as pedras sabem das atitudes ilícitas praticadas com a finalidade de continuarem bebendo da fonte maravilhosa do poder.

O cerceamento do direito da população de exercer sua cidadania através do voto, a falsidade ideológica praticada na comunidade dos nativos e em nome de portadores de óbito, a pressão e ameaças contra beneficiários de programas sociais foram práticas comuns utilizadas para manterem-se no controle da cidade e do seu rico orçamento contrariando um histórico de ideologia que até recentemente mantinham no discurso e que juntamente com a ética foi varrido para baixo do tapete da inescrupulosidade.

Em face dessa situação só restou uma saída, recorrer à justiça para corrigir os erros e devolver ao povo o seu maior bem, o respeito à sua vontade soberana. Aí mais uma vez prevaleceu a vontade dos donos do dinheiro que em parcerias viciadas com quem deveria expressar lisura mas cedeu ao assédio de uma estrutura muito bem montada envolvendo várias hierarquias dos poderes municipal e estadual via interferências das respectivas assessorias jurídicas dando valor legal a uma série de arbitrariedades cometidas contra a boa fé popular ferindo gravemente a democracia com um golpe letal entregando o comando do município ao parasitismo político.

Foi de uma perversidade tamanha entregar Santa Luzia para mais quatro de uso da máquina pública com o único objetivo de manter no poder a estupidez ideológica que tomou conta do país depois que o petismo de mãos dadas com o que restou das guerrilhas armadas das décadas de 60 e 70 se abrigaram nos palácios vendendo sonhos de um governo estruturado na ética e na seriedade. Mas fizeram exatamente o contrário assumindo posições distintas da sua doutrina tornando-se hábeis mensaleiros e clientes assíduos do toma lá dá cá nas casas legislativas, de um modo geral, com a finalidade de defenderem seus interesses e manter privilégios.

Mas para a felicidade geral da nação e o bem do povo, percebe-se que a "onda vermelha" tem prazo de validade com movimentos sinalizados pelo sul e sudeste do país onde o agora fisiológico Partido dos Trabalhadores amargou derrotas históricas nas últimas eleições, exatamente nos estados de maior IDH. E em Santa Luzia não foi diferente, o povo disse um sonoro BASTA ao fisiologismo destilado pela peçonha da Cruzada do Mal (PT/PMDB) arquitetada por Ana Júlia e Jáder, a quem o petismo luziense adjetivava com as piores palavras e agora beija-lhe a mão.

São os novos tempos da esquerda que agora respira o odor burocrático dos gabinetes em detrimento dos ideais pregados nos tempos da clandestinidade que não faz nenhum paralelo com seu jeito de governar, principalmente em cidades interioranas como Santa Luzia, onde o principal objetivo é atender a demanda dos "cumpanhêros" famintos por cargos e tudo mais que o poder oferece. Para isso vale tudo: ganhar eleição de modo fraudulento, recorrer ao tapetão se fazendo de injustiçado, criar factóides para ludibriar a justiça, a opinião pública e principalmente o povo que teve seus direitos lesados de forma criminosa num pleito manchado por manobras oblíquas orquestradas pelo "sério" esquerdismo luziense.

Ora, eles não têm substância moral para criticar quem quer que seja e muito menos para acusar como nos tempos de oposição, pois tornaram-se guardiões do amoralismo abrigando sob sua égide figuras de comportamento nada recomendável para o exercício da vida pública. Essa observação é válida para todas as instâncias comandadas pelo esquerdismo, desde o Palácio do Planalto até os rincões do Nordeste e municípios como Santa Luzia onde a irracionalidade administrativa mistura-se com a coloração ideológica definindo o jeito petista de governar.

O amor de Lula por Cuba e Fidel

O artigo abaixo foi extraído do excelente blog do clunista da revista Veja, meu xará Reinaldo Azevedo:

Os cubanófilos brasileiros — e o maior de todos eles, como sabemos, é o presidente Luiz Inácio Lula da Silva — querem revogar a Lei da Anistia. Apenas para um dos lados, é claro. Aqueles que aplicaram o Manual da Guerrilha, de Carlos Marighella, continuariam por aí — ou melhor: por lá. Alguns dão expediente no Palácio do Planalto. O manual de Marighella fazia a defesa do terrorismo. Segundo a Constituição brasileira, terrorismo é crime imprescritível.

O apedeutakoba, que deixou prosperar esse debate bizantino, lembrou de pedir a Barack Obama o fim do embargo a Cuba. Embutiu a sua reivindicação nas primeiras palavras de saudação ao presidente eleito dos Estados Unidos. Lula quer uma espécie de “anistia” histórica para o regime criminoso de Fidel e Raúl Castro sob o pretexto de que está defendendo os interesses do sofrido povo cubano. O embargo, hoje, já não tem efeito prático nenhum. A ditadura e a miséria em Cuba são obras dos facínoras que a governam e nada tem a ver com o dito-cujo. Seu fim, sem a exigência da contrapartida democrática, seria admitir a tirania como aceitável.

Não! Os cubanófilos não querem saber de anistia política em Cuba. Tampouco de condenar torturadores — porque, claro, teria de começar pelo seus dois maiores homicidas: Fidel e Raúl Castro. Ao contrário, não é? Lula está empenhado em garantir a sobrevida da ditadura desses dois humanistas, que são 2.700 vezes mais homicidas — considerando-se os mortos por 100 mil — do que a ditadura militar que houve no Brasil.

Assim, segundo os critérios do PT, as 424 (¹) mortes havidas durante a ditadura brasileira fazem os facínoras, mas as 95 mil (²) havidas em Cuba fazem os heróis. Essa gente pouco séria tem, no entanto, de ser levada a sério e combatida.

(1) - Os números não são meus. Estão no livro Dos Filhos Deste Solo, do petista Nilmário Miranda. Mas atenção! Pessoas mortas ou desaparecidas efetivamente ligadas a organizações de esquerda somam 293 (ver lista abaixo), incluindo guerrilheiros e terroristas que morreram de arma na mão e quatro justiçamentos (esquerdistas executados pelos próprios “companheiros”).

Para se chegar a 424, incluem-se supostos casos, mas sem comprovação. A lista é esta:
ALN-Molipo – 72 mortes (inclui quatro justiçamentos)
PC do B – 68 (58 no Araguaia)
PCB – 38VPR – 37
VAR-Palmares – 17
PCBR – 16
MR-8 – 15
MNR – 10
AP – 10
POLOP – 7
Port - 3

(2) - Fidel mandou matar em julgamentos sumários 9 479 pessoas. Estima-se que os mortos do regime cheguem a 17 000.

Segundo O Livro Negro do Comunismo, dois milhões de pessoas fugiram do país – 15% dos 13 milhões de cubanos. Isso corresponderia a 27 milhões de brasileiros no exílio. Dados esses números, Fidel matou, pois, 130,76 indivíduos por 100 000 habitantes; Pinochet, o facínora chileno, 24; a ditadura brasileira, 0,3.

O Coma Andante é 435,86 vezes mais assassino do que a ditadura brasileira, que encheu de metáforas humanistas a conta bancária de Chico Buarque. A história dirá quem foi Fidel? Já disse! Permaneceu 49 anos no poder; no período, passaram pela Casa Branca, lá no "Império" detestado por Niemeyer, dez presidentes!

Atenção: 78 mil pessoas morreram afogadas tentando fugir de Cuba. Sair de lá, como sabem, era e é proibido. Assim, o regime de Fidel matou 95 mil pessoas — o que torna o tirano 2.700 vezes mais assassino do que a ditadura brasileira.

Uma ótima semana a todos

Esta foto é do centro da vizinha cidade de Capitão Poço, a Terra da Laranja.

A estátua está localizada na praça da prefeitura e faz homenagem ao trabalhador rural, a grande força desse município que é o segundo maior produtor brasileiro de laranja.


Troca de Comando

Desde semana passada só o que se lê nos blogs paraenses é a provável troca de comando na Secretaria Estadual de Educação (SEDUC) para atender interesses de candidatos a vereadores do PT não eleitos na capital.

Como esse povo do PT não sabe viver longe do poder, estão pressionando a governadora para substituir Iracy Gallo pelo vereador eleito Prof°. Alfredo Costa, um dos donos do colégio Universo, deixando assim sua vaga para Milene Lauande que o eleitor não quis colocá-la no legislativo belenense mas ela quer de qualquer jeito contrariar a vontade soberana do povo usando este artifício para se abrigar no olimpo do poder.

Agora há pouco li em alguns blogs que ontem, numa tumultuada reunião, o PT chegou a uma decisão: O novo secretário de educação será mesmo o Prof. Alfredo Costa.

Agora só basta aguardar o DOE (Diário Oficial do Estado) com a confirmação da notícia que rolava há dias na imprensa.

Como já foi dito, a troca do comando teria o condão de alçar à vereança a 1ª suplente petista, Milene Lauande, a modo de garantir, à uma das DS's, mais um assento na câmara municipal.

Contudo, alguns blogs revelam que a governadora estaria insatisfeita com a recusa da secretária em atender determinadas, digamos, orientações do Palácio dos Despachos.

Ainda segundo a blogosfera, Iracy Gallo que está na SEDUC desde o início do ano, já estaria esperando a degola, mas teria se recusado a entregar o cargo na ausência da governadora, que está na China. Pode ter perdido a hora certa de descer do bonde.

Previsões

Com 12 prefeitos eleitos pelo PTB mais 15 do PR, teríamos 27 prefeituras na mão de Dudu e Anivaldo. Empataria com o PT que também fez 27 prefeitos e perderia para o PMDB que fez 39.

É bem mais que os 13 do PSDB com os 7 do DEM, que dão 20. De qualquer forma, PTB e PR empatam com o partido de Ana, perdem para o de Jader e ganham dos de Simão e Vic.

Resumindo, nunca Dudu esteve tão perto de disputar o governo do estado. Não que vá, acho até que quer, mas que tem prefeituras ensaiando tal movimentação, isso tem.

Já PT e PSDB/DEM tem uma saída, caírem no colo do PMDB. Mas consta que Ana e Simão já buscam este colo, a novidade é que Dudu, via Anivaldo, também começou a dar suas cheiradas no PMDB.

Isso são apenas previsões de futuro mas é só o que blogueiros e colunistas mais fazem nos últimos tempos. Agora que os números são reveladores e colocam Dudu na disputa, ah isso colocam, seja com tucanos, seja só - PTB e PR - seja querendo o PMDB.

Claro que tem por aí outros partidos, como o PDT que fez 7 prefeitos, mas as grandes potências por ordem de força eleitoral são essas: PMDB, PT, PTB-PR e PSDB-DEM, nesta ordem, o que pode mudar totalmente até 2010, depende dos acertos e jogos de interesses de cada grupo.

Cecéu - eternas saudades...

Faz três anos que ele nos deixou. Mas sua memória continua viva entres nós.

Durante sua breve passagem pelo mundo dos mortais Cecéu foi um grande pai, um grande homem e um grande líder.
Eternas saudades dos seus familiares e amigos...

Extras

Religião

No próximo domingo, dia 9, a cidade de Bragança estará comemorando o Círio em homenagem à Mãe de Jesus. Com certeza será uma grande festa celebrada pela nossa diocese na pessoa do bispo D. Luiz, um grande pastor no nordeste paraense cuidando do rebanho do Senhor.

Política

Li em alguns veículos de comunicação do estado que o PSDB já começou a se organizar em busca de apoios para as eleições de 2010 quando pretende voltar ao Palácio dos Despachos. Segundo a imprensa, o ex governador Simão Jatene é o líder desse movimento já tendo procurado inclusive o PP do deputado federal Gerson Peres, o prefeito reeleito de Belém Duciomar Costa (PTB), antigos companheiros da extinta União Pelo Pará, e até o PMDB de Jáder, aproveitando que o romance da Cruzada do Mal (PT-PMDB) anda meio sacudido por causa das rusgas deixadas depois que a governadora deixou Priante afundar sozinho no segundo turno da capital.

Capanema

Durante esta semana postei somente coisas boas sobre nossa vizinha Capanema que comemorou 98 anos de fundação no último dia 5. Mas fiquei profundamente triste quando me contaram que a saúde por lá está uma verdadeira calamidade por causa da incompetência do atual prefeito, que por administrar tão mal nem se candidatou à reeleição, o SUS não renovou contrato com os principais hospitais do município prejudicando toda a região que tem Capanema como pólo no atendimento médico e ambulatório. Já vai tarde Alexandre...

Curso

Está acontecendo na escola Florentina Damasceno durante a semana um curso de informática com o título de "Introdução à Educação Digital" ofertado pela SEDUC (Secretaria Estadual de Educação) aos professores da rede pública estadual com o objetivo de introduzir a educação paraense na era digital permitindo que os profissionais adquiram conhecimentos na área. É louvável a atitude do estado qualificar sua mão-de-obra afim de dá qualidade ao ensino público.

Curí FM

Por indicação de amigos comecei a ouvir a programação noturna da rádio Curí FM, que segundo eles me afirmaram, era excelente para ouvir na cama antes de dormir. Realmente, é verdade. Principalmente o programa Altas Horas do locutor Ramiro Silva que só toca músicas de qualidade, sem aqueles bregas horríveis e músicas afins que rola durante o dia. Fica a sugestão aos leitores...

Boa comida

Dias desses indiquei nessa coluna o restaurante Anexo's de Capanema como uma ótima opção de almoço na Terra do Cimento. Mas seria injusto não indicar também o restaurante especializado em comida japonesa Nara. Menos badalado, discreto e igualmente frequentado por vip's de lá e daqui dispensnado excelente atendimento e pratos que dão água na boca.

Violência

Continua a onda de assaltos a motociclista no município. Final de semana passado um motoqueiro foi a atacado e teve seu veículo levado por bandidos na estrada que liga Santa Luzia a Bragança nas proximidades da comunidade da 12. Nos últimos dois meses esse é o terceiro caso registrado, e a polícia continua sem prender ninguém. Mas para prender crachás de fiscais de votação de adversários do prefeito, impedindo-os de realizarem seu trabalho, nas últimas eleições eles agiram com eficiência jamais vista.

Novo blog na cidade.

Que a blogosfera é a febre do momento na internet todo mundo sabe. Por isso mesmo é que foi inaugurado hoje mais um blog na Cidade Morena. É o blog da Escola Florentina Damasceno que agora entra de vez na era da tecnologia.

O blog pode ser acessado pelo endereço http://www.florentinadamasceno.blogspot.com/ que será administrado pela direção, professores e alunos que postarão diariamente assuntos relacionados à cultura e educação bem como assuntos da vida cotidiana da cidade.

Em breve estará disponível na página um grande conteúdo sobre a memoria da mais tradicional escola de Santa Luzia.

Capanema: 98 anos de fundação.

Cibrasa: a fábrica de cimento que dá o título à cidade de "A Capital Paraense do Cimento".

Histórico da cidade

Capanema, originalmente denominado de Quatipuru, foi desmembrado do Município de Bragança, em 1879. O marco inicial do povoamento de Quatipuru é atribuído ao sítio de Joaquim da Silva, pois foi onde, posteriormente, se localizou a sede municipal. A Lei nº 934, de 31 de julho de 1879, elevou Quatipuru à categoria de Vila e criou o respectivo Município. O Capitão Raymundo José da Trindade Marinho foi o primeiro presidente da Câmara de Quatipuru, instalada em 1º de julho de 1883.

Dentre os principais atos que afetaram a circunscrição legal do Município, convém salientar: a constituição de Quatipuru em Distrito de Paz, de acordo com a Lei nº 432, de 31 de dezembro de 1863; a elevação de Quatipuru à categoria de freguesia, pela lei nº 591, de 26 de outubro de 1868; a criação do Município de Quatipuru, segundo a Lei nº 934, de 31 de julho de 1879, cuja instalação ocorreu em 1º de julho de 1883; a extinção da Câmara Municipal, em 1890, através do Decreto nº 83, de março desse ano e, na mesma data, a criação do Conselho de Intendência Municipal pelo Decreto nº 84, fatos esses ocorridos durante a vigência do Governo Provisório do Estado, advindo do regime republicano; a extinção do Município de Quatipuru e a anexação do seu território aos de Salinópolis e Bragança, mediante a Lei Estadual nº 729, de 3 de Abril de 1900; o restabelecimento do município com seus antigos limites, pela Lei nº 823, de 24 de outubro de 1902; a transferência da sede municipal para Mirasselvas, de acordo com a Lei Estadual nº 1052, de 28 de outubro de 1908, por causa da localização geográfica dessa vila em relação à Estrada de Ferro de Bragança que, na época, se encontrava em construção.

O retorno da sede Municipal para Vila de Quatipuru, em 1913, pela Estadual nº 1327, de 21 de outubro do mesmo ano; a transferência da sede municipal para a Vila de Capanema, segundo a Lei nº 1802, de 4 de novembro de 1919, a alteração da denominação do Município para Siqueira Campos, de acordo com o Decreto Estadual nº 68, de 27 de dezembro de 1930, nome esse que permanecera até 1938, quando lhe é restabelecido o topônimo Capanema, através do Decreto Estadual nº 2.972, de 31 de março desse ano; a tentativa de desmembramento territorial de Capanema para constituir o Municipal de Quatipuru, segundo a Lei Estadual nº 1.127, de 11 de março de 1955, ato esse que resultara anulado, devido à inconstitucionalidade da Lei, decretada pelo Supremo Tribunal Federal; e o desmembramento de parte do território de Capanema para a criação do Município de Primavera, pela Lei nº 2.460, de 29 de dezembro de 1961.

Quatipuru foi o primeiro nome dado ao Município, devido à abundância de roedores - coatipuru ao acutipuru "sciurus aestucus" - existentes na região.

Posteriormente, recebeu a denominação de Siqueira Campos e, a partir de 1938, passou a ser designado de Capanema que, na língua indígena, significa "Mato Infeliz".
Mas a origem real do nome Capanema, se deu por ocasião da construção da da rede telegráfica construida pelo engenheiro Guilherme Schücho, mineiro da freguesia de Antônio Pereira, município de Mariana, nascido em 17 de janeiro de 1825, filho de austríacos. Estudou engenharia na Escola Politécnica de Viena, e voltou ao Brasil com todas as credenciais que a moderna formação científica lhe permitia. Sob os auspícios do imperador, em 11 de maio de 1852 fundou o Telegrapho Nacional, do qual foi o primeiro e único diretor. O nome Rio Capanema foi dado também em homenagem a ele, pois era a beira do rio que Guilherme Schücho e sua equipe paravam para descansar nos intervalos de trabalho.

Quem são os verdadeiros leões?

Após as eleições, a realidade é que Santa Luzia foi literalmente penhorada através do loteamento de cargos, financiamentos milionários e acordos dos mais vergonhosos possíveis com um único objetivo: manter-se no poder a qualquer preço não importando os expedientes usados para esse fim. Por isso precisamos debater o que aconteceu nessas eleições pelo bem da democracia e pela plenitude do nosso dever enquanto cidadão.

Os pobres e os menos esclarecidos venderam seus votos por dinheiro, trocaram-os por cestas básicas ou ficaram com medo das ameaças de serem excluídos do bolsa família pela elite dona do poder. Olhando por outro ângulo também não podemos esquecer que esta foi a hora em que esses cidadãos receberam alguma coisa do poder público pegando de volta, momentaneamente, uma coisa que é sua por direito.

Agora os ditos esclarecidos que não fazem a leitura política do jogo democrático não percebendo o quanto estão perdendo de sua dignidade diminuída diante de tantos desmandos daqueles que se acham donos do município e das instituições são passíveis de culpa tanto quanto os que batiam palmas para as mentiras, para os xingamentos, para a panfletagem anônima e difamatória. Esses têm que se envergonhar, não dos seus votos, mas de suas atitudes.

O papel desempenhado pelos que alcunham a oposição de burguesia e perseguidora é o de querer transferir para os outros seus defeitos. Ou qualidades. Para confirmar a veracidade dos fatos basta fazer um raciocínio rápido perguntando-se: Quem é a nova classe burguesa dona de dezenas de carrões e bens espalhados pela cidade? Quem foi o algoz perseguidor de muitos trabalhadores inocentes que cometeram apenas o pecado de exercer sua cidadania votando na direita? Quem tira a dignidade de técnicos, que desempenham suas funções, ameaçando-os e cobrando-lhes posicionamento eleitoral ou não permitindo que possam apoiar outros candidatos? Quem é que usa programas públicos federais, financiados com o dinheiro de todos nós, para tirar vantagens eleitoreiras?

A máxima de que em eleição vale tudo só não vale perder, atualmente é a retórica dos que se diziam acima do mal, defensores dos bons costumes e zeladores da ética. Mas não foi isso que se viu nessas campanhas onde os cordeiros vestiram suas peles de leões mostrando serem quem realmente são.

Mas a votação alcançada pela oposição mostrou que mais da metade da popualação tem capacidade de resistir a esse poderio com a sede da mudança sinalizando para o triste fim de uma esquerda que desde que chegou ao poder só mostra sua verdadeira cara onde poder e dinheiro são o sentido de tudo, não importando os meios utilizados para mantê-los.

Capanema: 98 anos de fundação da Terra do Cimento

Memorial de Frei Hermes no centro da cidade.

Capanema, localizada na região nordeste do Pará estará em festa no próximo dia 5 de novembro. Sabem porquê? Por quê na próxima quarta feira a cidade estará comemorando 98 anos de fundação.

A expectativa dos organizadores da festa é atrair milhares de pessoas ao grande evento que está sendo preparado com atrações como alvorada, a III Corrida da Avenida Barão de Capanema, a Gincana Cultural e show com apresentação da Banda Fanfarra CSA do Colégio João Santos, aquela que conquistou o título nacional em São Paulo este ano. Serão realizados também concursos de desenho, dança de carimbó e apresentações de cantores locais além de homenagens a artistas e personalidades da terra.

A corrida da Barão promete arrastar centenas de atletas capanemenses e de municípios vizinhos num percurso de 6 km e 800 metros com saída da Concha Acústica Municipal percorrendo o bairro da Caixa D'àgua retornando à Concha.

A premiação será em dinheiro distribuído entre os três primeiros colocados, nas categorias masculino e feminino.

As inscrições podem ser feitas no núcleo universitário da UFPA na Avenida Barão de Capanema por 2 kg de alimentos não perecíveis.

Maiores informações: 3462-1881.

Por Franck França. Colaborador do site Portal Capanema.

Email: franck.franca@hotmail.com

Para começar bem a semana.

Um paraíso aqui pertinho de nós. O hotel fazenda Cachoeira no município de Capitão Poço é um daqueles lugares perdidos no meio do nada que a primeira vista parece um lugar como qualquer um outro. Mas não se engane pelas aparências, este oásis encravado no meio de um capinzal tem encantos e belezas que só podem ser encontrados em poucos lugares da região Guajarina.

Associando preservação do meio ambiente, com tecnologia e conforto o hotel fazenda Cachoeira dispões de uma excelente infraestrura de bares e restaurantes visando proporcionar o bem está dos seus hóspedes e visitantes.

Mas o melhor mesmo são suas água cristalinas e geladas que escorregam pelas muralhas de pedra criando um espetáculo único.




O ato de escrever.

De vez em quando amanheço o dia com uma vontade terrível de escrever. Aí fico horas pensando o que e sobre o que escrever. Pois para mim o ato de transformar ideias, pensamentos e conhecimentos em textos é uma das coisas que mais me dão prazer na vida. É um hobby, uma terapia que me faz bem e acalma o espírito.

Hoje é um desses dias, escrevi sobre várias coisas, faltou-me assuntos e continuei com a mesma vontade. Daí pensei em escrever sobre o ato de escrever:

"Escrever não é só associar palavras, grafá-las corretamente ou usá-las de maneira aleatória, é desenvolver pensamentos.

A imaginação corre solta antes de passar para o papel. As ideias precisam ser organizadas e o conhecimento prévio sobre o assunto é necessário, por isso a leitura assídua é fundamental. A palavra de ordem para quem escreve é paciência, para estimular o cérebro a pensar e a seguir criteriosamente a gramática.

O pintor reflete seus sentimentos nos quadros, usando como matéria-prima as tintas, já o escritor reflete seus sentimentos nos livros e a matéria-prima é a palavra. O trabalho, a vontade e o dom se unem para possibilitar a boa escrita.

A arte de sentar-se na cadeira e produzir uma grande obra precisa ser reconhecida. Afinal, é um dos atos mais importantes para a sociedade que se expressa nos textos e para a construção da história mundial.

Eu amo escrever, seja lá o que for, o que vier na minha cabeça! Posso não seguir as mil regras, posso não ter um texto fascinante, mas me sacia o simples fato de preencher com palavras uma folha em branco"!

Etapa do campeonato paraense de motocross deve voltar a ser disputada em Santa Luzia.

Acabei de receber um telefonema do empresário Edno Alves que entre sorrisos me passou a informação de que ele está negociando com a Federação Paraense de Motocross para que uma etapa do campeonato estadual da modalidade volte a ser disputada em Santa Luzia como ocorreu em 2006.

Segundo Edno, está quase tudo acertado para que a final do do circuito seja disputada na sua pista particular que já foi palco de grandes eventos de motociclismo como os três torneios realizados em 2006, 2007 e 2008 além da sexta etapa do campeonato paraense em 2006.

Estamos torcendo para que isso aconteça, pois Santa Luzia é carente de opções de lazer, cultura e esporte devido o descaso do poder público que não tem nenhum projeto voltado para a área.

É de pessoas como Edno que Santa Luzia precisa, dinâmico, com visão e preocupado com o bem está social da população assumindo responsabilidades que são exclusivas de quem está no comando do poder.


I Copa Nenem do Valdemar de Futebol

Na tarde de ontem aconteceu a abertura da I Copa Nenem do Valdemar de Futebol no estádio do União com a realização de três partidas disputadas por equipes da cidade e do interior.

Esse torneio tem o patrocínio exclusivo do jovem empresário luziense Edinaldo Lucena radicado no Maranhão que distribuirá como premiação a quantia de R$ 5.000,00 aos vencedores no final da competição.

Assim como Edno, Edinaldo Lucena também é um empresário de visão que investe na qualidade de vida dos seus conterrâneos, mas com trajetórias diferentes: Edno é um maranhense que se apaixonou pelo Pará enquanto que Edinaldo fez o caminho inverso, é um paraense que foi morar no Maranhão.


Finados

O dia dedicado a saudades, amor e lembranças daqueles que já se foram foi muito movimentado no Cemitério Municipal São Raimundo. Durante a semana a movimentação de pessoas, operários e funcionários da prefeitura na limpeza, pintura e construção de novas lápides foi intensa para deixar o cemitério pronto para a visita dos parentes aos túmulos de seus entes queridos.

Uma missa foi celebrada pelo padre Elias no próprio cemitério às 17 hs para facilitar a vida de idosos e pessoas que vêm de outras cidades homenagear "seus mortos".

Os túmulos mais visitados da noite foram os do ex vice prefeito Cecéu, da ex vereadora Raimunda Reis e dos jovens Alex e Jamilson, todos mortos em acidentes violentos, atraindo milhares de pessoas pois quando em vida eram muito queridos pelos luzienses.

Badalação

Hoje a noite a cidade vai ferver com opções para todos os gostos. Escolha seu programa e caia na gandaia...

Halloween

Daqui a pouco, logo mais a partir das 22 hs, estará acontecendo a mais tradicional festa de halloween da city. É o VI Hellowdance na danceteria Beleza Pura com a marca Judson Produções.
Quem for ao baile vestido a caráter concorrerá a um prêmio de R$ 200,00 em espécie.
Estaremos lá...

Inaugaração I

Também hoje a noite a partir da 20 hs acontecerá a inauguração do restaurante e lanchonete Kibom sob organização do amigo Macacheira's com música ao vivo e tudo.
Ouvi comentários que a banda contratada para o show é uma das melhores da noite belenense.

Inauguração II

Abrindo as portas pela primeira vez em Santa, o bar alternativo Casa Mix do amigo Wanderly é com certeza uma excelente opção para quem quer começar bem a noite depois de uma dura semana de trabalho.

É isso aí, começaremos pelas inaugurações e terminaremos na festa das bruxas...

Demétrio Magnoli - Colunista da Veja

O senhor acredita que o preconceito contra a direita tende a diminuir?

Sim, e isso acontece quando um país experimenta a esquerda no poder, como é o caso do Brasil, hoje. Nos países de democracia madura, o argumento "isso é de direita" não serve para encerrar uma discussão.

Não gosto do governo Lula, mas ele está sendo bom para o nosso amadurecimento político. O PT no poder revelou a esquerda que faz o mensalão, persegue o caseiro, tenta controlar os meios estatais para os seus próprios fins e confunde estado com governo e partido. Com o tempo, os brasileiros vão se convencer de que os partidos de direita e de esquerda devem existir dentro de um mesmo espectro político, desde que aceitem a democracia.

Essa mudança de percepção pode ser verificada nas últimas eleições municipais. A classe média de São Paulo, que no passado votou em massa em candidatos do PT, agora elegeu Gilberto Kassab e não o vê como um candidato da velha direita – apesar de pertencer ao DEM, o antigo PFL. Os eleitores não compraram a idéia de que as eleições eram a luta do bem contra o mal, como a campanha que o PT tentou vender.

O PT imbuiu-se, nessas eleições, da missão de eliminar o DEM. A idéia de eliminar um partido, de centro-direita ou não, é antidemocrática. O que o discurso do PT revela é o desejo de ser partido único. Resultado: a classe média que acreditou no PT agora desconfia de sua natureza democrática.