Coloque a sua foto aqui: seja um seguidor do Santa Luzia Online

No blog do Parsifal - Vereadores de Santa Luzia do Pará formalizam ao TJE-PA pedido de providências por suposto suborno


Rende além das fronteiras de Santa Luzia do Pará a ação que o Ministério Público ofereceu em desfavor do prefeito municipal, Louro do PT, e outros, que resultou em busca e apreensão de documentos na Prefeitura de Santa Luzia e em residências de secretários, e ontem [27] com o afastamento do prefeito.

Ao mesmo tempo que o juiz de Santa Luzia decretava o afastamento do prefeito, o vice-presidente Luis Oliveira, o 1º secretário Fernando Vieira, o 2º secretário Robson da Silva, o vereador Sebastião Neto e a vereadora Maria do Socorro Saldanha, todos da Câmara Municipal de Santa Luzia do Pará, protocolavam, à presidência do Tribunal de Justiça do Estado [TJE-PA], pedido de providências tendo como objeto suposto pagamento de propina de R$ 300 mil a um membro do TJE-PA, para que fosse concedida liminar destituindo a busca e apreensão efetuada no município.

Narra o pedido de providências que Gedson Xavier [filho do prefeito e secretário de Administração e Finanças do município, agora afastado] revelou na cidade que “teria entregue R$ 300 mil reais [sic] para um cidadão de prenome SÉRGIO , assessor de uma desembargadora, como contrapartida para a concessão de uma liminar que beneficiasse a si e seu genitor na supracitada Ação de Busca e Apreensão”.

Clique aqui e leia a petição assinada pelos vereadores retro citados, protocolada ontem [27] pela manhã no TJE-PA.