A Informação Passada a Limpo

A Informação Passada a Limpo

Bandido é executado dentro do hospital da Unimed em Belém

Um homem, identificado como Tomaz Nogueira Junior, vulgo "Pocotó", foi morto a tiros dentro de um apartamento do hospital da Unimed, em Belém, localizado na rua Domingos Marreiros com a travessa Castelo Branco. Velho conhecido da polícia por tocar o terror nas ruas da capital e da crônica policial, que o intitulava garbosamente de "indivíduo de altíssima periculosidade", Pocotó participou de uma tentativa de assalto que resultou na morte do PM Vitor Cezar de Almeida Pedroso, na noite de domingo, 25, no bairro da Cremação.

Baleado durante a troca de tiros com a polícia, Pocotó - que tinha plano de saúde da Unimed, uma das melhores operadoras do país - foi internado ainda no domingo e ontem à noite, aproveitando uma troca de plantão médico, seis homens entraram encapuzados no local até o quarto em que estava o marginal e na mais perfeita tradução do mudus operandi da máfia siciliana fizeram ecoar tiros por todo o luxuoso hospital. Executaram Pocotó.

Suspeita-se que a execução de Pocotó seja uma resposta à morte do PM da Rotam, em meio a uma guerra sangrenta entre policiais e bandidos travada na capital do estado que somente esse ano já vitimou mais de 20 integrantes da polícia. Um famoso locutor de rádio de Belém está chamando o caso de "Operação Pocotó no inferno".

Clique na imagem abaixo para acessar as fotos de Pocotó morto dentro do hospital, porém o blogger adverte que se trata de imagens fortes:

8 comentários:

J.P.diger disse...

menos um pra atormentar a vida dos cidadaos de bem dessa cidade.

grana disse...

Menos um

Anônimo disse...

Pra servir de exemplo

Jjjdjjdjjfjf Hjjdnnftu disse...

Foi tarde esse lixo desgraçado foi abraçar o Satanás

Jjjdjjdjjfjf Hjjdnnftu disse...

Foi tarde esse lixo essa praga essa desgraça foi muito trade essa vagabundo ,foi pro inferno

Adriana Silva disse...

menos um bandido!!!

Anônimo disse...

Sou de Belém e vi as fotos do pocotó morto estirado no quarto do hospital, bandido que mata um homem da Rotam assina a própria morte, mas tipo assim o Vitor Cezar que faleceu o PM só morreu por que foi reagir ao assalto, se ele tivesse entregado a sua moto, depois ele pegava os bandidos o cara é da Rotam ele é o fodão, só quei os cara vingaram a morte do PM, ficaram puto por que o pocotó tinha plano hospitalar!!!

Anônimo disse...

Como acaba com o crime se quem e pago pa manter a ceguransas fornece armas pa bandidos toca terro vc pença so pq eles vert farda eles sao honestos vai pença q o mundo e rosa vai

Tecnologia do Blogger.